conecte-se conosco


Polícia

Polícia Civil de Sorriso prende casal que obrigava filha adotiva participar de relações sexuais

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Pai e mãe acusados de abusar sexualmente da filha adotiva há mais de 08 anos foi preso pela Polícia Judiciária Civil, nesta sexta-feira (15.03), em ação do Núcleo de Defesa da Mulher e Crimes Sexuais de Sorriso (442 km ao Norte). Na residência do casal, investigado pelos crimes de estupro de vulnerável e pedofilia, foram apreendidos aparelhos e mídias digitais relacionadas ao crime.

Os suspeitos, V.H.S., 51, e D.A.R.S., 46, tiveram mandados de prisão decretados pela Justiça por estupro de vulnerável, em virtude de investigação da Delegacia de Sorriso, coordenadas pelo delegado, Nilson André Farias de Oliveira.

Segundo as investigações, os pais adotivos obrigavam a filha, atualmente com 14 anos de idade, a participar de relação sexual com eles desde os 06 anos de idade. De acordo com as informações levantadas, há 20 anos, o suspeito V.H.S. também estuprou o próprio irmão, que à época ainda era criança.

Após o Ministério Público e o Poder Judiciário acatarem o pedido de prisão preventiva, os policiais do Núcleo de Defesa da Mulher e Crimes Sexuais de Sorriso diligenciaram até a propriedade dos suspeitos, no município de Ipiranga do Norte, onde foi dado cumprimento aos mandados.

Leia mais:  Setor de Desaparecidos pede ajuda para localizar parentes de mulher

Na residência do casal, foram apreendidos 10 aparelhos celulares, duas máquinas digitais e uma CPU, que passarão por perícia, para apurar o envolvimento do casal com crimes de pedofilia.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Idoso acusado de aplicar golpes em fraudes de cheques é preso em Barra do Garças

Publicado

por

Assessoria | PJC-MT

Um idoso acusado de aplicar golpes em diversos Estados do País foi preso em flagrante pela Polícia Judiciária Civil, na terça-feira (20.03), em ação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Barra do Garças (509 km a Leste). José Oliveira da Silva, 67, foi surpreendido no interior de uma agência bancária da cidade, no momento em que tentava depositar um cheque fraudado no valor de R$ 42.400.

Segundo investigações da Derf Barra do Garças, o suspeito foi preso por diversas vezes pelo crime de estelionato praticados nos Estados do Maranhão, Goiás e Distrito Federal, sendo contumaz na prática delituosa.

Após suspeitar que o cheque era fraudado, o banco acionou os policiais da Derf Barra do Garças, os quais trabalham de forma integrada com as instituições financeiras. O emitente do título creditício disse que o cheque havia sido emitido no valor de R$ 250,00 e foi fraudado, possivelmente utilizando algum tipo de lavagem sofisticada e depois foi preenchido novamente.

Leia mais:  DHPP cumpre novamente prisão contra autor da morte de mulher usuária de drogas

Durante as diligências no local, os investigadores da Derf perceberam a presença de três pessoas do lado de fora da agência, as quais pertenciam a quadrilha do suspeito, e que ao perceberem a presença dos policiais conseguiram fugir. Segundo o delegado, Wilyney Santana Borges Leal, a quadrilha do suspeito é oriunda do Estado de Goiás e Distrito Federal e geralmente age em dois momentos distintos.

Primeiro os integrantes abordam pessoas que estão nas filas das agências bancárias para trocar cheques e acabam trocando o título, ficando assim com a folha. Em um segundo momento, eles fazem a lavagem do preenchimento, alterando o preenchimento para um valor bem maior daquele que constava do cheque.

“No ano de 2011, o suspeito foi preso na cidade de Imperatriz (MA), quando tentava depositar um cheque clonado de uma prefeitura do Estado. Na época à falsificação foi considerada pela polícia como muito sofisticada e quase perfeita”, destacou o delegado

O suspeito foi conduzido a delegacia, onde após ser interrogado, foi autuado em flagrante por estelionato, e em seguida encaminhado para audiência de custódia para deliberação do Judiciário.

Leia mais:  Números de emergência receberam mais de 94 mil trotes em 2018

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana