conecte-se conosco


Polícia

Polícia Civil cumpre prisões de violência doméstica e estupro de vulnerável em Cáceres

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Dois mandados de prisão relacionados a crimes de violência doméstica e estupro de vulnerável foram cumpridos, pela Polícia Judiciária Civil de Cáceres (228 km a Oeste da Capital), nesta terça-feira (26.11), em ação realizada pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher (DEDM) com apoio da Delegacia Regional e Delegacia Especializada do Adolescente (DEA).

Entre os presos, está o suspeito, W.M.S.L. que teve sua prisão decretada pela justiça por ter ateado fogo na residência em que sua ex-convivente estava residindo. O crime ocorreu no dia 03 de novembro, quando o suspeito pulou o muro e ateou fogo na casa do irmão da vítima, queimando todos os móveis.

Segundo testemunhas, o suspeito só deixou o local do crime após ter certeza que a casa tinha pegado fogo. Ao sair do local, ele se dirigiu até a residência de outra irmã da vítima e colocou fogo no portão da casa. De acordo com as investigações, as ações foram motivadas pelo fato do suspeito não aceitar o fim do relacionamento.

Leia mais:  Acusado de estupro de vulnerável em Pedra Preta é preso em Rondonópolis

O segundo suspeito, V.R.C. passou a ser investigado após denúncia de estupro de vulnerável praticado contra seus dois enteados.

Durante as investigações coordenadas pela Delegacia da Mulher de Cáceres foi constatada a veracidade dos fatos, sendo o suspeito apontado como autor dos abusos contra as duas crianças. Diante das evidências, foi representado pelo mandado de prisão do suspeito, o qual foi deferido pela justiça.

A ordem de prisão foi cumprida na Cadeia Pública de Cáceres, onde o suspeito já estava preso por outro estupro de vulnerável. No caso anterior, ele estuprou uma menina, também menor de idade, nos fundos de sua borracharia, no distrito de Nova Cáceres, fato ocorrido em 2019.

 

 

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

PRF faz apreensão de drogas e causa prejuízo de mais de 53 milhões de reais ao narcotráfico

Publicado

por

Mais de 400kg de pasta base de cocaína foram apreendidos

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu aproximadamente 424,5 kg de substância análoga à pasta base de cocaína, na madrugada deste domingo (05), na BR-163, em Nova Mutum/MT.

Através de policiamento orientado pela inteligência, a PRF abordou dois veículos que trabalhavam em conjunto para realizar o transporte da droga. Um deles era uma Chevrolet/S10, com placas de Belo Horizonte/MG, conduzida por um senhor de 66 anos que atuava como batedor. O outro veículo, uma Toyota/Hilux, com placas de Uberlândia/MG, conduzida por um homem de 30 anos e que estava carregada com 410 tabletes da droga. Em ambos veículos foram encontrados rádios transmissores para comunicação durante o trajeto.

Ao ser questionado, o condutor do veículo com a droga disse que a levaria de Campo Novo do Parecis/MT para Uberlândia e que receberia certa quantia em dinheiro para realizar o transporte. O senhor que conduzia o veículo batedor, não se manifestou, mas já possuía passagem por tráfico de drogas.

Leia mais:  Cerimônia de formatura de 18 delegados de polícia será nesta sexta-feira (17)

Em 2020, a PRF em Mato Grosso, já apreendeu quase 2 toneladas de cocaína. Somente nessa apreensão, a polícia causa um prejuízo de mais de 53 milhões de reais aos cofres do narcotráfico.

SECOM PRF MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana