conecte-se conosco


Polícia

Polícia Civil cumpre mandados e fecha carvoaria na zona rural de Cáceres

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Dois mandados de busca e apreensão visando combater prática de crimes ambientais, como desmatamento e carvoaria ilegal, foram cumpridos na zona rural de Cáceres (225 km a Oeste de Cuiabá), em ação integrada deflagrada pelas forças de Segurança Pública de Mato Grosso.

O trabalho conjunto foi realizado, na sexta-feira (04.10), pela Polícia Judiciária Civil com apoio da Polícia Militar e Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), tendo como alvos das ordens judiciais endereços situados no assentamento Paiol, município de Cáceres.

No local, o suspeito, D.B.N., foi detido por crimes contra a fauna e flora, além de serem apreendidas uma motocicleta com suspeita de adulteração veicular, uma espingarda de pressão, uma motosserra, um animal abatido, e várias munições de calibre 38 e calibre 22.

Os mandados de busca e apreensão domiciliar foram expedidos pela Justiça, após investigações da Polícia Civil de Cáceres, para apurar diversos furtos cometidos em chácaras e sítios na região rural da cidade. Sendo nas diligências identificada uma área onde vinha ocorrendo desmatamento, bem como um ponto com possível funcionando de uma carvoaria ilegal.

Leia mais:  Polícia Civil apreende adolescente com 7 quilos de maconha em Cuiabá

Em posse dos pedidos de busca, as equipes foram até o local, onde durante cumprimentos foram apreendidas munições de diferentes calibres, uma motosserra, um tatu abatido, uma moto com suspeita de adulteração e uma espingarda de pressão. O suspeito D.B.N. foi conduzido para esclarecimentos. 

Logo que chegaram a propriedade, os policiais encontraram a carvoaria funcionando e ainda vários sacos de carvão, que já estavam prontos para serem comercializados. Ao perceber a chegada das equipes, um dos suspeitos que estava no local conseguiu fugir.

Participaram da operação integrada 19 profissionais, das Polícia Civil, Polícia Ambiental, Força Tática e peritos.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Polícia Civil prende integrantes de quadrilha envolvida em roubos de caminhonetes na fronteira

Publicado

por

Assessoria | PJC-MT

Quatro integrantes de uma quadrilha envolvida em roubos de caminhonetes na região de fronteira foram presos, pela Polícia Judiciária Civil, na sexta-feira (18.10), em ação das Delegacias de Pontes e Lacerda e Vila Bela da Santíssima Trindade (448 e 521 km a Oeste de Cuiabá).

Robson Costa de Araujo Vieira, 27, Jacinto Neto Barbosa dos Santos, 38, Anderson Mateus Pedroso Camargo, 26 e Daniel Gomes de Toledo, 24, foram flagrados em um ponto de venda de entorpecentes em Vila Bela e confessaram a participação no roubo de um veículo na cidade de Conquista D’Oeste.

As investigações iniciaram quando os policiais da Delegacia de Pontes e Lacerda entraram em contado com a equipe da Polícia Civil de Vila Bela comunicando o roubo de uma caminhonete Chevrolet S10, ocorrido na quarta-feira (16), em Conquista D’Oeste, em que os suspeitos estariam deslocando com o veículo com destino a Bolívia.

Durante as diligências para interceptar o veículo, os policiais receberam informações de que a caminhonete foi encomendada por um traficante da Vila Bela, para ser trocado por drogas no país vizinho.

Leia mais:  Acadepol realiza Curso de Aplicação da Lei Maria da Penha no dia 08/03

Com base na informação, os policiais passaram a monitorar pontos conhecidos por atuarem como bocas de fumo na cidade, onde foram verificadas fundadas suspeitas na casa de dois traficantes da cidade.

Após mais de 24 horas de vigilância, os policiais flagraram o momento que três suspeitos com características pessoais semelhantes às passadas pela vítima chegaram a casa. Diante das suspeitas, os policiais civis solicitaram o apoio da equipe da Polícia Militar para entrar na residência, onde surpreenderam os quatro suspeitos.

Durante a abordagem, os investigados tentaram resistir a prisão, porém acabaram detidos pelos policiais. Questionados, os presos confessaram a participação no roubo da caminhonete e disseram que o veículo foi levado para Bolívia ainda no dia 16.

Em buscas na casa, os policiais encontraram documentos pessoais de outros dois integrantes da quadrilha, que seriam os responsáveis pela boca de fumo e também por levar a caminhonete para a Bolívia. Também foi apreendido no endereço, um prato com resquícios de entorpecente, aparelhos celulares de origem duvidosa e dois botijões de gás produto de furto.

Leia mais:  Polícia Civil recupera celular e prende suspeito por receptação em Confresa

Diante das evidências, os suspeitos foram conduzidos a Delegacia de Pontes e Lacerda, onde foi lavrado o flagrante pelos crimes de roubo e associação criminosa.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana