conecte-se conosco


Mato Grosso

PM prende homens que invadiram casa e mantiveram adolescente em cárcere privado

Publicado

Policiais militares prenderam em flagrante D.C. (29 anos) e R.C.S. (35) suspeitos de invadir uma casa, no Jardim Cuiabá, e manter uma adolescente de 16 anos em cárcere privado, trancada em um banheiro. Testemunhas relatam que um terceiro homem esteve envolvido no crime e a polícia continua em busca do suspeito.

A ação ocorreu na tarde de terça-feira (03.12), por volta das 15h30, e mobilizou mais de 20 policiais do 10º Batalhão, equipe do Ciopaer e do Bope (Batalhão de Operações Especiais). Vizinhos da residência ligaram para o número 190 e acionaram a PM ao verem os suspeitos entrando da residência. A vítima também conseguiu avisar aos familiares.

Os policiais chegaram a montar um cerco em torno da casa, mas, ao perceber a movimentação, os homens fugiram pulando o muro do fundo da residência. Eles foram presos por uma equipe do Grupo de Apoio (GAp) do 10º BPM, em uma rua próxima ao local da ocorrência.

O terceiro suspeito conseguiu fugir em um Ford KA, de cor azul escura, e os agentes que atuam na localidade seguem as buscas para efetuar a prisão dele.

Leia mais:  Operação integrada combate crimes nas proximidades de rodovias federais

O comandante do 10º Batalhão, tenente-coronel César Augusto Roveri, esteve no local e acompanhou a ação policial e prisão dos suspeitos. De acordo com Roveri, os dois presos confessaram a participação no crime e relataram que chegaram a tocar a campainha da casa. Segundo eles, ninguém saiu para atender e decidiram invadi-la para roubar, pois acreditaram que não havia morador naquele momento.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Sindal vota contra os servidores

Publicado

por

Jovanildo Antonio da Silva (foto), presidente do Sindal que já tem uma atuação pífia, agora está levando porrete de todo lado dos servidores da Assembleia. É que, ao invés de sair em defesa da categoria e se manifestar contra o projeto do governo de elevar a alíquota previdenciária de 11% para 14%, o sindicato votou favorável à proposta no Conselho de Previdência. O projeto aumenta a incidência da base de cálculo da alíquota até dos aposentados de todos os Poderes e órgãos vinculados, como os do MPE. Hoje se desconta 11% sobre alíquota que excede o teto do INSS, que é de R$ 5,8 mil. A partir da aprovação do projeto na AL, o desconto subirá para 14%. Aposentado que ganha até R$ 5 mil e hoje não tem desconto, passará a ter corte de 14% do que exceder o salário mínimo (R$ 998 reais), o que significa contribuição de R$ 574 reais. Em mensagem de áudio encaminhada aos servidores da AL, Antonio Vagner se mostrou indignado com o fato do Sindal votar com o governo e classificou isso de vergonha e de traição.

Leia mais:  Escola de Saúde Pública abre vagas para curso de especialização

Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana