conecte-se conosco


Mato Grosso

PM leva palestra sobre violência contra a mulher para trabalhadores de empresas

Publicado

Foram realizadas nesta quarta-feira (27.03), na região do Distrito Industrial, palestras orientativas sobre violência contra a mulher, promovidas pela coordenadoria de Polícia Comunitária e Direitos Humanos da PM. A iniciativa vem para estreitar a parceria entre a corporação e a Associação das Empresas do Distrito Industrial de Cuiabá (Aedic). 

Responsável por ministrar as palestras, a coordenadora de Polícia Comunitária e Direitos Humanos da PM, tenente-coronel, Grazielle Bugalho, explica que o objetivo é discutir a importância de combater a violência contra a mulher e mostrar os mecanismos atuais de proteção nas unidades da segurança pública, e também os canais na Defensoria Pública, Ministério Público e Poder Judiciário.

“Contamos com colaboradores das empresas que são essências, pois influenciam seus trabalhadores e o meio onde vivem, e juntos podemos mudar a sociedade. A iniciativa conta com parceiros como a Aedic”.

Cerca de 100 trabalhadores, entre homens e mulheres, de empresas dos setores de vendas de maquinários, eletrodomésticos e de distribuição de alimentos, já receberam a visita dos policiais. No encontro que dura em média de 30 minutos, é abordada a Lei Maria da Penha , as várias formas de violência doméstica e a importância de denunciar as agressões.

Leia mais:  CGE audita hospitais regionais e gestão de medicamentos

Sensível ao tema, a empresária e presidente da Aedic, Margareth Buzetti, disse que pretende ajudar a mudar o olhar da sociedade, com a conscientização. “Está sendo muito importante para nós, da Aedic e associados, falarmos sobre violência contra a mulher no ambiente trabalho. A maior parte do nosso público é formada por homens e ao falar com eles sobre a violência contra a mulher, podemos sensibilizá-los”, destaca Buzetti.  

A Polícia Militar realiza palestras educativas sobre violência contra mulher nas escolas estaduais e Centros de Educação para Jovens e Adultos (Ceja), e já estuda possibilidades para novas parcerias com a iniciativa privada, como forma de conscientizar e prevenir a prática de crimes contra a mulher no Estado.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Sema resgata 12 tartarugas nas Regiões do Araguaia e do Xingu; 8 pessoas foram presas

Publicado

por

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), em parceria com a Diretoria de Unidade Desconcentrada de Confresa, ONG aliança da Terra e Polícia Militar, resgatou 12 tartarugas durante operação de 10 dias, realizada no fim de julho, que  abrangeu 13 municípios de Mato Grosso. A ação envolveu áreas de preservação permanente e do Parque Estadual do Xingu.

As tartarugas foram devolvidas ao seu habitat natural. Também foram apreendidos 110 quilos de peixes das espécies matrinchã, pacu, ferrada, piau, sardinha e pirarucu, carnes de caça e apetrechos proibidos de pesca como redes, espinhéis, arpão e bóias.

A operação ocorreu nos seguintes municípios: Bom Jesus do Araguaia, Serra Nova, Novo Santo Antônio, São Félix do Araguaia, Luciara, Santa Teresinha, Vila Rica, Confresa, Porto Alegre do Norte, Cana brava do Norte, Alto Boa Vista, Santa Cruz do Xingu e São José do Xingu.

Além das ações contra a pesca predatória, os fiscais atuaram também contra as queimadas florestais, ao se depararem com um foco de incêndio de grande porte em Jacaré Valente, Distrito de Confresa, atingindo cerca de 60 hectares de mata.

Leia mais:  Pai e filho com arsenal de munições, armas e drogas são presos no Boa Esperança

Ao final da operação oito pessoas foram conduzidas para delegacia e os peixes apreendidos foram doados para o Hospital de São Félix do Araguaia.

Denúncias

O cidadão pode denunciar a pesca depredatória e outros crimes ambientais à Ouvidoria Setorial da Sema: 0800-65-3838 ou via WhatsApp no (65) 99281-4144. Outros telefones para informações e denúncias: (65) 3613-7394 (Setor Pesca), nas unidades regionais da Sema ou aplicativo MT Cidadão.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana