conecte-se conosco


Polícia

PM intercepta caminhonete e encontra 69 explosivos em Aripuanã

Publicado

Policiais militares da 10ª Companhia de Aripuanã (a 1.002 km de Cuiabá) prenderam na madrugada desta terça-feira (28.07), um homem com 69 emulsões encartuchadas de explosivo.

A equipe realizava patrulhamento por uma aérea de garimpo ilegal quando solicitaram ordem de parada ao motorista de uma caminhonete.

Na vistoria dentro do carro, no banco traseiro, foram localizados os explosivos e um rolo de cordel detonante. Questionado, o homem disse que tinha pegado o material de um conhecido e, que iria usá-lo para explodir pedras em um barranco. Ele confirmou não ter nenhum tipo de autorização de transporte e uso do material.

Comentários Facebook
Leia mais:  Fiscalização averigua postos de combustíveis em Cuiabá
publicidade

Polícia

Delegados de Mato Grosso ganham o maior salário do Brasil

Publicado

Um levantamento realizado pelo Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo (Sindpesp) mostrou que os delegados de Mato Grosso são os que ganham o maior salário da categoria no país. O salário mensal de um delegado da Polícia Civil no estado é de R$ 24,5 mil.

Enquanto o salário dos delegados de Mato Grosso é o maior do país, o vencimento de escrivães e investigadores – as outras carreiras da Polícia Civil-, está bem longe do primeiro lugar.

Para os escrivães, profissionais responsáveis pelo registro de ocorrências e pela documentação das investigações, o salário é de R$ 5,5 mil, o 11º no ranking brasileiro.

Já para os investigadores, policiais que coletam provas sobre os crimes, localizam e interrogam suspeitos e mantém a segurança dos locais de investigação, o vencimento inicial é de R$ 5,5 mil, o 9º maior na comparação com o mesmo cargo em outros estados.

Dados da Polícia Civil mostram que no quarto trimestre de 2020 havia 400 cargos para delegados, porém, 158 estavam vagos. Já para escrivão de polícia, são 1,2 mil vagas, mas só 2.056 ocupados. E para investigador são 4 mil vagas, com 1.944 cargos vagos.

Leia mais:  TJ recua de reabrir fóruns em MT no dia 15, com aumento de casos de Covid

Por ser uma carreira típica de Estado, ou seja, que não podem ser substituída por profissional contratado, os cargos da Polícia Civil só podem ser ocupados através de concurso público. No entanto, para conseguir benefícios com o governo federal durante a crise, o Estado se comprometeu a não criar novos gastos até 2022, o que incluem os concursos.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana