conecte-se conosco


Cidades

Pinheiro transfere gabinete para sede do novo Pronto Socorro

Publicado

A partir desta quarta-feira (24) o prefeito Emanuel Pinheiro irá transferir seu gabinete para a sede do novo Pronto Socorro que está com as obras em andamento e em ritmo acelerado para ser entregue à população ainda este ano. Todos os despachos e atendimentos serão realizados na nova sede da unidade, a fim de realizar acompanhamento in loco da execução das ações, agilidade das obras e entrega dos equipamentos. 

A informação de repasse do recurso na ordem de R$ 100 milhões provenientes do governo federal para conclusão das obras foi confirmada pelo ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, Carlos Marun, na manhã de hoje (22), em visita técnica nas instalações do novo Pronto Socorro. “Por isso resolvi transferir meu gabinete para a nova sede para que todo cronograma saia de arco com o planejamento de trabalho da Prefeitura, estando aqui, poderei tocar a obra diariamente”, declarou Pinheiro.

O novo hospital terá 315 leitos, sendo 40 para Unidades de Terapia Intensiva (UTI), e 64 para ala pediátrica. A unidade terá 21 mil metros quadrados de área construída em um terreno com 7,5 hectares. A área destinada para construção do prédio é ampla, permite uma futura ampliação do prédio, e ainda comporta a operação futura de um heliporto.

Leia mais:  Carnaval da Gente terá “sambódromo”, desfile de seis escolas e premiação total de R$ 100 mil

O complexo terá ainda três entradas principais, uma exclusiva para pacientes com casos de urgência e emergência adulta e pediátrica referenciados pelo Sistema Único de Saúde (SUS); a segunda para casos ambulatoriais e a terceira para internações. O local contará também com dois acessos, um pela Avenida Miguel Sutil e outro pelo bairro Despraiado, além de um estacionamento para 505 vagas.

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Prefeitura publica calendário de pagamento do IPTU; veja datas

Publicado

A Prefeitura de Cuiabá estabeleceu a programação para pagamento do IPTU em 2021, que deve começar a partir de 1º de março. O Decreto nº 8.285, que determina o cronograma, foi publicado na Gazeta Municipal.

 

Assim como em outras edições, o pagamento poderá ser feito em cota única ou em até oito parcelas. O valor mínimo de cada parcela será de R$ 57,26.

 

Aqueles que não tiverem débitos de anos anteriores e optarem por quitar o IPTU em cota única até o dia 14 de abril, terão desconto de 10%. Os carnês serão enviados para todos os contribuintes que contam no Cadastro Imobiliário do Município.

 

Já as guias do IPTU de imóveis territoriais deverão ser retiradas nos postos de atendimentos do Município ou por meio do site.

 

A retirada presencial poderá ser feita no Centro Integrado de Atendimento ao Contribuinte (CIAC), nas Lojas de Atendimento ao Contribuinte (LAC-Norte e LAC-SUL), e em outros postos de atendimento que serão indicados pela Prefeitura de Cuiabá.

Leia mais:  TCE oferece 300 vagas em cursos sobre fiscalização e a gestão de contratos

 

Outra informação que o munícipe deverá ficar atento é em relação ao pedido de isenção do pagamento, que neste ano poderá ser feito no período de 1º de junho a 30 de julho, com validade até 2024.

 

Caso a solicitação seja indeferida, será concedido um prazo de 30 dias, a partir da ciência do contribuinte quanto à decisão, para que o valor seja pago sem desconto e sem a incidência de juros e multa.

 

“De acordo com os termos do art. 5º da Lei nº 5.355/2010, alterado pela Lei nº 5.797/2014, estão isentos do Imposto Predial e Territorial Urbano os imóveis residenciais com valor venal atualizado igual ou inferior a R$ 33.921, excluindo-se os imóveis territoriais, comerciais, unidades autônomas desdobradas com cadastro individualizado para fins tributários, chácaras de recreio e garagens de edifícios”, explica o decreto municipal.

 

Veja calendário de pagamento: 

 

Primeira parcela e cota única: 14 de abril

 

Segunda parcela: 14 de maio

 

Terceira parcela: 14 de junho

Leia mais:  Prefeitura de Cuiabá publica editais de convocação para a função de CAD

 

Quarta parcela: 14 de julho

 

Quinta parcela: 13 de agosto

 

Sexta parcela: 14 de setembro

 

Sétima parcela: 14 de outubro

 

Última parcela: 12 de novembro

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana