conecte-se conosco


Cidades

Pinheiro lança Hora Estendida e Centro de Saúde do Tijucal passa a funcionar até às 21h

Publicado

Gustavo Duarte

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro lançou nesta terça-feira (10), o Projeto Hora Estendida em unidades de Saúde da Atenção Básica. A nova modalidade que passa a ofertar atendimentos das 8h às 21h é componente do Programa Unidade de Medicina Ambulatorial em Especialidades (MAE), criado para humanizar os atendimentos objetivando a promoção em Saúde. 

O projeto piloto passa a funcionar no Centro de Saúde do bairro Tijucal na Regional Sul, com previsão de expansão para as demais regionais nos próximos meses. Além dos atendimentos inerentes às unidades básicas de Saúde, à população que buscar a Hora Estendida, terá além dos serviços inerentes aos postos de Saúde, exames laboratoriais, emergências de baixa complexidade e atendimentos odontológicos.

De acordo com Pinheiro, a exemplo do Programa Hora Estendida em creches e Centro Municipal de Educação Infantil – CMEIs (também lançado de forma inédita em Mato Grosso por sua gestão) a ampliação do horário na rede Básica de Saúde, visa, sobretudo, contemplar os trabalhadores cuiabanos que não tinham tempo de buscar os serviços na Atenção Básica.

“Eu prometi cuidar daqueles que dependem exclusivamente do poder público e, assim como humanizamos a vida dos trabalhadores estendendo o horário de atendimento nas creches e CMEIs, também escrevemos uma nova história para esses trabalhadores na Saúde. Era impossível para um trabalhador buscar os atendimentos na rede Básica, vez que o funcionamento normal é das 7h às 17h com intervalo para almoço. Mas, a partir de hoje, com o projeto Hora Estendida, damos início à virada de página da Saúde também na Atenção Básica que passa a ofertar atendimentos, inclusive da odontologia prontos para atendê-los das 7h às 21h sem intervalo para almoço”, frisou o prefeito.

Leia mais:  Mais de 5 mil alunos de rede pública de Cuiabá participam da Gincana Ecológica

Conforme o secretário de Saúde, Luiz Antônio Pôssas de Carvalho, a Hora Estendida na Atenção Básica deverá diminuir a o fluxo de busca pelas Unidades de Pronto Atendimentos 24 horas (UPAs) e policlínicas.

“O prefeito Emanuel Pinheiro esta redesenhando o fluxo de atendimento na Saúde de Cuiabá desde a média e alta complexidade à Atenção Básica. Dessa forma na reta final de entrega do HMC, o que de acordo com técnicos da área está dando um salto de 20 anos na Saúde do Estado, a Hora Estendida vem para ajudar a melhorar o fluxo de atendimento da urgência e emergência. Isso porque, além de contar com mais uma opção de atendimento, na rede Básica o paciente poderá dar sequência no tratamento perto de sua casa e com as Equipes de Saúde da Família que é quem o Mistério da Saúde preconiza para acompanhá-lo”, destacou.

A dona de casa, Quitéria Santos de 66 anos, aprovou a iniciativa da gestão. “Só de saber que se teremos o nosso posto de Saúde aberto até às 21h é um benefício enorme. As vezes, a gente só precisa trocar uma receita que não dá pra fazer na hora do trabalho e acaba tendo que em uma UPA e a gente sabe que atrapalha as pessoas que estão mais graves. Então o prefeito está de parabéns, isso beneficia quem quer cuidar para não ficar doente e quem está grave em uma UPA que terá menos pessoas em sua frente para ser atendido”, completou.

Leia mais:  Mauro afirma que vai apresentar projeto do Fethab 2 à Assembleia Legislativa assim que tomar posse

Além do MAE na Atenção Básica, o prefeito informou que Lançará o Projeto PAI para dar sequência à humanização da Saúde na rede Secundária. 

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Blocos de sustentação dos pilares começam a ser concretados na Av. das Torres

Publicado

por

Davi Valle

A obra de construção do viaduto José Maria Barbosa – Juca do Guaraná “Pai”, na Avenida Profª Edna Maria Albuquerque Affi (Av. das Torres), recebeu nesta terça-feira (12) o trabalho de concretagem do primeiro bloco de apoio dos pilares da edificação.  Com o início desse processo, o levantamento da estrutura caminha para a finalização das etapas correspondentes ao subsolo.

Conforme estabelecido no projeto executivo, o viaduto contará com 14 blocos distribuídos em sete pórticos, que são as estruturas darão sustentação ao elevado. Dos sete planejados, quatro já estão com a base perfurada e também devem passar pela fase de concretagem em breve. Concluindo o trabalho de execução dos blocos, a empresa iniciará a parte de construção dos pilares.

“A Prefeitura trabalha para melhorar a vida das pessoas e hoje acompanhamos a construção da primeira base de concreto, por onde serão erguidos os pilares. É um momento de muita emoção, pois o viaduto, a partir de agora, começa a tomar forma e população também passa a enxergar o desenvolvimento da sua região. Estou muito feliz de ser o responsável por essa transformação”, disse o prefeito Emanuel Pinheiro.

Leia mais:  Processo licitatório para instalação do sistema Faixa Verde acontece em janeiro

A edificação leva o nome do ex-vereador por Cuiabá, José Maria Barbosa, o Juca do Guaraná. Falecido em julho de 2018, Juca fez um mandato marcante na Câmara Municipal, na legislatura de 2008 a 2012. Em sua passagem pela política, prestou grande colaboração para o desenvolvimento do município, principalmente com ações voltadas para a área social.

VIADUTO MURILO DOMINGOS

Na Avenida Manoel José de Arruda, popularmente chamada de Beira Rio, também será levantada uma estrutura semelhante. No local, a empresa contratada para a execução dos trabalhos já finalizou o estágios de topografia e montagem do canteiro de obras. Nas próximas semanas, quando a última máquina finalizar o procedimento na Av. das Torres, será iniciado o trabalho de perfuração do solo.

O viaduto é batizado de Murilo Domingo em homenagem ao ex-prefeito de Várzea Grande e ex-deputado federal por Mato Grosso, falecido aos 78 anos. Além da atuação política e também na área comercial, exerceu um fundamental papel no campo ambiental. Murilo foi uma das primeiras lideranças políticas a levantar discussões e a promover ações concretas de preservação do Rio Cuiabá, como a soltura de mais de 5 milhões de filhotes de peixes.

Leia mais:  HMC: Primeiro mês de funcionamento do ambulatório registra cerca de 800 atendimentos

AS OBRAS

Com prazo de execução de 360 dias, obras fazem parte do conjunto de intervenções de infraestrutura, visando melhorar a mobilidade urbana. “Os dois viadutos terão 200 metros de extensão e 18 metros de largura. Para isso, estamos investindo o valor total de R$ 30.333.656,42, sendo R$ 16.340.726,63 para o viaduto da Av. das Torres e R$ 13.992.929,79 para o da Beira Rio”, explica o secretário de Obras Públicas, Vanderlúcio Rodrigues.

 

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana