conecte-se conosco


Esportes

“Pensei que eu fosse burro, mas ganharam de mim”, diz Tevez sobre final em Madri

Publicado

A final da Copa Libertadores entre River Plate e Boca Juniors será neste domingo, no Santiago Bernabéu, em Madri. Mas tem jogador que ainda não se conformou com a ideia de jogar a decisão do principal campeonato sul-americano na Espanha, como o atacante Xeneize Carlos Tevez.

Leia também: Líder de barra brava do Boca Juniors é deportado ao chegar na Espanha


Guillermo Schelotto e Carlos Tevez no dia do adiamento da segundo jogo da final da Libertadores ainda no Monumental de Núñez
Divulgação

Guillermo Schelotto e Carlos Tevez no dia do adiamento da segundo jogo da final da Libertadores ainda no Monumental de Núñez

Após o treino desta quinta-feira, Tevez brincou ao ser questionado pelo diário Olé sobre a mudança e disse que os dirigentes da Conmebol conseguiram superar sua burrice. “Eu pensei que eu fosse burro, mas ganharam de mim com isso (mudança para Madri”, disse o experiente atacante.

O jogador de 34 anos ainda afirmou que os dirigentes da entidade que comanda o futebol sul-americano são “três loucos atrás de uma mesa, não entendem nada”. Já de acordo com o jornal Marca , O camisa 32 acredita que os jogadores foram os mais prejudicados pela final ser disputada na capital espanhola.

Leia mais:  Renovação de patrocínio da Crefisa pode render até R$ 410 milhões ao Palmeiras

Leia também: “Quando troquei o Boca pelo River, incendiaram minha casa com meus pais dentro”

“Não estou de acordo que se jogue o Bernabéu. Os jogadores é que saem perdendo. Tiraram o nosso sonho. Tiraram o sonho dos jogadores do Boca para o jogo de volta no campo do River. E creio que os jogadores do River também sentem o mesmo”, afirmou.

A imprensa argentina, por meio do jornal Clarín , noticiou também que o camisa 32 foi um dos principais jogadores que articularam para que o Boca Juniors não entrasse em campo no dia 24 de novembro, dia da confusão no Monumental de Núñez.

Ele teria atravessado a posição do presidente do clube Daniel Angelici e liderou a resistência contra a pressão da Conmebol.

Leia também: Torcedor do River Plate é preso por ataque ao ônibus do Boca Juniors

A decisão entre River Plate e Boca Juniors foi transferida para o Santiago Bernabéu, em Madri, após o adiamento do segundo jogo por conta do apedrejamento do ônibus do clube xeneize. O duelo será neste domingo, às 17h30, horário de Brasília. Tevez tentará seu segundo título da Libertadores, o primeiro foi em 2003.

Leia mais:  Entre sorrisos, família Brittes combina versão da morte de Daniel em shopping

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

FIFA faz reuniões secretas e avalia tirar Copa do Mundo de 2022 do Catar

Publicado

por

Gianni Infantino, presidente da FIFA
Divulgação

Gianni Infantino, presidente da FIFA,

O ex-presidente da Uefa (2007-2015) Michel Platini foi detido nesta terça-feira (18), na França, sob suspeita de corrupção na escolha do Catar como sede da Copa do Mundo de 2022, e a polêmica pode ter consequências ainda maiores.

Leia também: Catar inaugura estádio com ar-condicionado nos assentos para a Copa do Mundo

De acordo com o canal “TNT Sports”, da Argentina a FIFA realiza reuniões secretas para buscar um substituto imediato para o Catar na Copa do Mundo de 2022. A decisão não é tão simples, mas é de fato estudada.

O Catar foi eleito sede da Copa em 2010, em uma votação em que derrotou a candidatura dos Estados Unidos.

A primeira investigação sobre corrupção e conspiração criminal na escolha do Catar foi aberta pela Promotoria Financeira Nacional (PNF) da França em 2016. Em dezembro de 2017, Platini foi ouvido como testemunha e admitiu que votou no Catar em dezembro de 2010.

Leia mais:  Após 14 jogos, Carpegiani é demitido do Vitória; substituto é anunciado

Leia também: Copa de 2022 terá lugares específicos para consumo de bebidas alcoólicas

De acordo com o jornal “Le Monde”, o foco das investigações enlvolvendo a Copa do Mundo é um almoço organizado no Palácio do Eliseu, em 23 de novembro de 2010. No evento, estavam presentes Nicolas Sarkozy, Michel Platini, o Emir do Catar, Tamim Ben Hamad Al Thani, e o então primeiro-ministro do emirado, Sheikh Hamad, Bem Jassem.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana