conecte-se conosco


Saúde

Pedro Bial fala sobre depressão em nova temporada de “Quebrando o Tabu”

Publicado

Pedro Bial foi um dos convidados na nova temporada de “Quebrando o Tabu”, que estreou na última segunda-feira (05) no GNT. A atraçaõ, que teve início como uma página no Facebook, hoje reúne 14 milhões de seguidores em suas redes. Com isso, eles usaram essas ferramentas para pedir aos seguidores que propusessem temas para o novo ano.

Leia também: Pedro Bial dá selinho em Pabllo Vittar e dispara: “Estou meio Hebe hoje”

pedro bial é entrevistado
Divulgação/GNT

Pedro Bial é um dos entrevistados da nova temporada do GNT e falou sobre depressão no programa de estreia

Dentre as opções sugeridas, foram selecionados os assuntos: depressão, masculinidade, adoção, religião e política, drogas, privilégios, liberdade de expressão e discurso de ódio, e humanos versus robôs. A saúde mental foi debatida logo no primeiro episódio, que contou com Pedro Bial falando sobre sua relação com a doença.

“Chame de doença mental, chame de sofrimento psíquico, chame de patologia psicólogica/psiquiátrica, chame como quiser, mas a reconheça como um joelho quebrado, uma dor de barriga”, falou o jornalista, que afirmou ter sofrido de depressão por volta dos 40 anos.

Leia mais:  Por que quem tem doenças respiratórias crônicas está entre os mais vulneráveis ao coronavírus?

Leia também: Jornalista do SBT sobre liberdade de imprensa: “Momento muito difícil”

O rapper Baco Exú do Blues também falou sobre depressão e sua relação com raça: Baco Exu do Blues fala sobre a problemática negra: “Eu tenho uma teoria de que todo negro sofre depressão, grandes traumas, indignação. Existe um discurso de que a problemática negra é só financeira. Não, é mental. Financeira, também”, refletiu.

Leia também: Ao falar de refugiados, Pedro Bial defende política migratória brasileira

Além de Pedro Bial e Baco, a nova temporada de “ Quebrando o Tabu ”, com oito episódios, promete elevar o nível do debate com análises profundas e racionais dos assuntos escolhidos. O ator americano Terry Crews, o escritor Andrew Solomon, de “O Demônio do Meio Dia”, finalista do Prêmio Pulitzer, o jornalista Glenn Greenwald e a deputada federal Tabata Amaral, são alguns dos nomes que participarão da série.

Comentários Facebook
publicidade

Saúde

Com covid-19, apresentador está na UTI com 70% do pulmão comprometido

Publicado

por

O apresentador Alexandre Mota, do programa Balanço Geral da TV Vila Real, está internado em Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) após ter sido infectado pela covid-19. Informações de familiares apontam que o profissional de comunicação está com 70% do pulmão comprometido por conta de complicações da doença.

 

Mota foi encaminhado ao Hospital São Mateus, em Cuiabá, na sexta-feira (3). Antes disso, ele havia feito uso de antibióticos em casa, mas o avanço da doença contra seu sistema imunológico forçou a internação do comunicador.

Inicialmente, Mota ficou internado em leito de enfermaria. Porém, com o agravamento da infecção, o apresentador foi encaminhado à UTI. Em postagem no Instagram, Séfora Mota, esposa do comunicador, disse que o marido estava com muita febre e fazia uso de ventilador mecânico, mas não estaria entubado.

 

Antes da internação, Mota cumpria isolamento domiciliar. O apresentador é obeso e tem problemas respiratórios agudos, características que são consideradas comorbidades para pessoas infectadas pela covid-19.

 

Leia mais:  Hospital Regional de Sinop realiza mostra de estágio e pesquisa em Enfermagem

Sem previsão de receber alta, o apresentador segue internado. Diante da situação, a família tem pedido orações aos amigos do profissional por meio das redes sociais.

 

Mota estreou no programa Balanço Geral no dia 27 de abril deste ano, apresentando conteúdo variado e reportagens com cobertura de temas a nível estadual.

Por: gazetadigital

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana