conecte-se conosco


Polícia

Pedófilo é preso pela Polícia Civil de Porto Alegre do Norte

Publicado

Assessoria PJC | MT

Um homem de 49 anos foi preso em flagrante pela Polícia Judiciária Civil de Porto Alegre do Norte, no sábado (13), suspeito de abusar sexualmente de um menino de 6 anos de idade.

O crime foi denunciado por uma testemunha que estava à procura de frutos em um terreno baldio, quando encontrou o suspeito praticando sexo oral na criança e masturbando-se.

Assim que informada do ocorrido, a equipe da Polícia Civil efetuou diligência no local do fato, onde veio a localizar uma embalagem de bolacha, que teria sido oferecida para atrair a criança. Logo em seguida foi realizada a prisão de Vitor Pereira da Silva.

Em consulta à vida pregressa do detido foi verificado existir mandado de prisão em aberto na Comarca de São Félix do Araguaia, pelo cometimento da mesma modalidade de crime, estupro de vulnerável.

Durante o interrogatório, Vitor confessou ser amigo da família da criança e que teria saído com o menor com a autorização da avó. Nesta oportunidade, ele relatou que cometeu os abusos e foi surpreendido pela testemunha.

Leia mais:  Policiais localizam veículo roubado em bairro da Capital

O delegado à frente das investigações, Marcello Henrique Maidame, afirma que diante o histórico criminal do suspeito é possível que Vitor possa ter cometido abusos a outras vítimas na região, o que está sendo investigado pela Polícia Civil.

Vitor foi autuado em flagrante pelo crime de estupro de vulnerável. O suspeito foi encaminhado para a Cadeia Pública de Porto Alegre do Norte, onde aguarda audiência de custódia.

 

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Delegados de Mato Grosso ganham o maior salário do Brasil

Publicado

Um levantamento realizado pelo Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo (Sindpesp) mostrou que os delegados de Mato Grosso são os que ganham o maior salário da categoria no país. O salário mensal de um delegado da Polícia Civil no estado é de R$ 24,5 mil.

Enquanto o salário dos delegados de Mato Grosso é o maior do país, o vencimento de escrivães e investigadores – as outras carreiras da Polícia Civil-, está bem longe do primeiro lugar.

Para os escrivães, profissionais responsáveis pelo registro de ocorrências e pela documentação das investigações, o salário é de R$ 5,5 mil, o 11º no ranking brasileiro.

Já para os investigadores, policiais que coletam provas sobre os crimes, localizam e interrogam suspeitos e mantém a segurança dos locais de investigação, o vencimento inicial é de R$ 5,5 mil, o 9º maior na comparação com o mesmo cargo em outros estados.

Dados da Polícia Civil mostram que no quarto trimestre de 2020 havia 400 cargos para delegados, porém, 158 estavam vagos. Já para escrivão de polícia, são 1,2 mil vagas, mas só 2.056 ocupados. E para investigador são 4 mil vagas, com 1.944 cargos vagos.

Leia mais:  Polícia Civil prende casal de traficantes no bairro Colina Verdejantes em Várzea Grande

Por ser uma carreira típica de Estado, ou seja, que não podem ser substituída por profissional contratado, os cargos da Polícia Civil só podem ser ocupados através de concurso público. No entanto, para conseguir benefícios com o governo federal durante a crise, o Estado se comprometeu a não criar novos gastos até 2022, o que incluem os concursos.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana