conecte-se conosco


Mato Grosso

Patrulha visa fortalecer rede de proteção a mulheres em Várzea Grande

Publicado

Até 15 de outubro de 2018 foram registrados seis homicídios contra vítimas femininas em Várzea Grande, de acordo com a Coordenadoria de Estatística e Análise Criminal (CEAC) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT). Com o objetivo de reduzir esse número, a Rede de Enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar Contra Mulheres de Várzea Grande e Nossa Senhora do Livramento oficializou a implantação da Patrulha Maria da Penha de Várzea Grande, na manhã desta terça-feira (30.10).

O projeto foi idealizado pelo Ministério Público Estadual (MPE) e conta com a parceria dos Poderes Executivos de Várzea Grande e Nossa Senhora do Livramento, da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), por meio da Polícia Militar (PM-MT) e Polícia Judiciária Civil (PJC-MT), entre outros.

O objetivo é combater casos de violência doméstica e familiar e evitar feminicídios, que são homicídios motivados pela condição de ser mulher. As vítimas que possuem medidas protetivas de urgência receberão visitas frequentes de guardas municipais e da PM-MT para acompanhamento e confirmação se os autores estão cumprindo a medida imposta pela Justiça. Posteriormente, um relatório do trabalho será enviado ao Poder Judiciário.

Leia mais:  Planejamento, trocas e garantia: o que você precisa saber para comemorar a data

A Patrulha Maria da Penha de Cuiabá também já está em funcionamento no bairro Dom Aquino, e já tem previsão de expansão para outro bairro que será definido em breve. O comandante da Regional II, coronel PM Marcos Roberto Sovinski, ressaltou a importância deste projeto para a proteção das mulheres vítimas. “A expectativa é que com o atendimento mais individualizado das equipes que foram capacitadas, nós consigamos reduzir os indicadores de crimes cometidos contra a mulher, mais especificamente aqueles relacionados à violência doméstica e familiar”.

O secretário adjunto de Integração Operacional da Sesp-MT, Coronel PM Jonildo Assis, que participou do evento de lançamento em Várzea Grande, frisou que a cooperação entre os órgãos que compõem a rede de proteção é fundamental para que as medidas sejam eficazes. “Esse projeto, por meio de uma grande rede de proteção à mulher, trará reflexos positivos na redução dos índices criminais, pois Várzea Grande é a segunda maior cidade do estado de Mato Grosso e merece um trabalho como esse. A Secretaria de Segurança Pública é parceira, tanto que criamos nossa Câmara Temática de Defesa da Mulher, instância essencial para a instalação da Patrulha em Cuiabá e que visa expandir para todo o estado”.

Leia mais:  Alvo da Operação Liber Pater se apresenta à Polícia Civil

Rodas de conversa com os agressores

Também foi lançado o “Serviço de Reflexão para Homens”, que visa atender autores do fato em cumprimento de medidas protetivas previstas pela Lei n. 11.340/06, deferidas pelo Poder Judiciário. Eles participarão periodicamente de rodas de conversa e palestras no Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS – Várzea Grande) ou Centro de Referência de Assistência Social (CRAS – Nossa Senhora Livramento) como forma de conscientização e responsabilização pelo ato. Na quarta-feira (31), às 9h, será a vez do lançamento em Nossa Senhora do Livramento, a 42 km de Cuiabá.

Também fazem parte da iniciativa o Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), Defensoria Pública, Guarda Municipal, Secretaria de Assistência Social, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/VG), Associação Brasileira das Mulheres de Carreira Jurídica de Mato Grosso (ABMCJMT), Liga das Irmãs Ofendidas em seu Sentimento (Lírios) e Conselho Municipal de Direitos da Mulher de Várzea Grande.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Novo gestor de Chapada troca todos os secretários e traz ex-prefeito na equipe

Publicado

O novo prefeito de Chapada dos Guimarães (67 km ao norte de Cuiabá), Osmar Froner (MDB) anunciou a equipe de secretários que irá compor sua gestão, com a troca de todos os nomes do primeiro escalão. Entre os nomes anunciados está o ex-prefeito do município, Gilberto Mello.

Gilberto até chegou a apresentar a candidatura para a prefeitura, mas precisou ser substituído após ser barrado pela Lei da Ficha Limpa. Ele assume a Secretaria Municipal de Governo, um dos cargos mais importantes do secretariado.

Na Secretaria de Administração, o comando será do biólogo e bacharel em direito Marcos Soares Souza. Já a Secretaria de Planejamento e Orçamento é de responsabilidade do bacharel em história e pós-graduado em Gestão de Cidades, Aislan Sebastião Cunha Galvão.

A Secretaria de Finanças foi assumida pelo ex-vereador e técnico em contabilidade Dagoberto Garcia Belufi. A Educação será comandada pelo professor Benedito Antônio de Oliveira Lechner.

A pasta de Esporte e Lazer será gerida pelo empresário e líder comunitário Mauro José Conceição de Paula. A Secretaria de Saúde terá como gestora a enfermeira e ex-vereadora, Rosa Maria Blanco Manzano.

Leia mais:  Procon estadual alerta consumidores que compraram passagens com a Avianca

Para a Assistência Social, o prefeito escolheu a bacharel em direito e ex-conselheira tutelar Fernanda Ferreira da Silva. Já a Secretaria de Turismo, Cultura e Meio Ambiente tem como titular o publicitário e empresário Alexandre Parreira Severino.

 

Luis Carlos de Freitas, que é geólogo, economista e ex-prefeito de Chapada dos Guimarães, assumiu a Secretaria de Agricultura. E a Procuradoria Geral do Município fica a cargo da bacharel em direito Rosana Costa Itacaramby. (Com informações da assessoria)

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana