conecte-se conosco


Mato Grosso

Parceria vai integrar dados entre Sema e Centro de Controle da Sesp

Publicado

Uma parceria entre a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) e Ministério Público Estadual (MPE) promoverá o compartilhamento de dados e informações via Centro Integrado de Comando e Controle (CICC). Os representantes das instituições visitaram, nesta sexta-feira (11.01), a Sala de Crise, Sala de Videomonitoramento, a Plataforma de Observação Elevada (POE) e demais estruturas que dão suporte ao CICC, na sede da Sesp.

Foram repassadas informações a respeito dos procedimentos adotados desde a instalação do aparato tecnológico para a Copa do Mundo de 2014. Em tempo real, servidores da Sesp-MT acompanham imagens das câmeras espalhadas por Cuiabá e Várzea Grande e demandam os atendimentos ao Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp). A POE, por exemplo, permite a observação do local a 15 metros de altura, por meio de câmeras HD e térmicas, ideal para auxiliar a segurança em eventos com grande circulação de pessoas. A Secretaria também conta com o CICC móvel, um ônibus equipado com câmeras de videomonitoramento e Sala de Crise.

Leia mais:  Mercado de produtos usados ganha força como forma de minimizar impactos à natureza

Segundo o secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, a ideia é colocar em prática a orientação do governador Mauro Mendes de otimizar os recursos públicos. “A Sema está precisando de um apoio e nós temos como acolher tudo o que eles precisam. Temos o Centro Integrado de Comando e Controle, que pode auxiliar nas operações da Sema, sem aumentar o custo. Com o que a gente tem hoje, é possível absorver esta necessidade da Sema”.

A parceria é uma alternativa para melhorar os serviços prestados sem gerar novos custos, conforme ressalta a titular da Sema-MT, Mauren Lazzaretti. “Nesta visita nós já identificamos várias oportunidades de integração de dados e serviços. Nossa perspectiva hoje é que o monitoramento das atividades que a Sema faz, principalmente no que diz respeito ao transporte de produto florestal, tenha uma interação com o trabalho que é feito pela Sesp, acredito que podemos melhorar a eficiência da nossa fiscalização com o trabalho que já existe”.

O promotor de justiça do MPE, Marcelo Caetano Vacchiano, avalia que esta integração pode contribuir para evitar fraudes nos processos conduzidos pela Sema. “A Secretaria de Segurança Pública tem uma estrutura que a Sema pode utilizar na área de Tecnologia da Informação que pode auxiliar nesse sentido e também colaborar para a conservação desses arquivos”.

Leia mais:  Políticas públicas de assistência social são discutidas durante Fórum Nacional

Com as informações apresentadas durante a visita, os órgãos envolvidos começarão as tratativas para a elaboração do termo de parceria já na próxima semana.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Seduc abre inscrições para curso de libras básico, intermediário e noções básicas de interpretação

Publicado

por

O Centro de Apoio e Suporte à Inclusão da Educação Especial de Mato Grosso (Casies), da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), lança edital com inscrição para os cursos de Língua Brasileira de Sinais – Libra 1 (básico), Libra 2 (intermediário) e noções básicas de interpretação. As inscrições começam na próxima segunda-feira (24.06) e vão até o dia 27, e podem ser feitas pela internet ou de modo presencial.

Para os candidatos que residem em Cuiabá e Várzea Grande, as inscrições serão realizadas presencialmente, no Casies, na Rua dos crisântemos, nº 16 – bairro Jardim Cuiabá. Para os candidatos dos demais municípios, as inscrições podem ser feitas via internet por aqui.

Os cursos são gratuitos e serão ofertados presencialmente no Casies de segunda a sexta-feira, com carga horária total de 200 horas, com três horas semanais. Segundo a secretária do Casies, Ângela Perrotoni, o foco dos cursos é a formação de intérpretes de libras para atuarem nas unidades escolares da rede pública de ensino.

Leia mais:  Segurança reforça operação integrada no combate à criminalidade em todo estado

Conforme explica Ângela Perrotoni, os candidatos matriculados que não comparecerem nas duas primeiras aulas do curso terão a matrícula cancelada e a vaga será disponibilizada para o cadastro reserva, obedecendo a ordem de recebimento das inscrições. “O participante que obtiver quatro faltas consecutivas durante o período do curso será considerado desistente”, explica.

A solicitação do material didático do curso deverá ser realizada no ato da inscrição. Para mais detalhes, acesse o link: https://casies.com.br/materiais-cas/

Informações: (65) 99917-4991

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana