conecte-se conosco


Mato Grosso

Parceria entre Sema e CPP irá fortalecer gestão da água nos municípios

Publicado

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) e o Centro de Pesquisa do Pantanal (CPP Pantanal) firmaram termo de colaboração para operacionalização do Programa Nacional de Fortalecimento dos Comitês de Bacias Hidrográficas (Procomitês). O recurso de até R$ 3 milhões de reais, pelo período de cinco anos, será disponibilizado por meio de um convênio celebrado entre a Agência Nacional das Águas (ANA) e o órgão ambiental estadual.

Ao todo, 10 Comitês de Bacias Hidrográficas, que abrangem 82 municípios, totalizando uma cobertura de aproximadamente 60% do Estado, poderão acessar os recursos do programa. “As pessoas que moram na região e fazem uso daquela água são as mais indicadas para dizer como deve ser a gestão do recurso hídrico. Vemos esse processo de fortalecimento dos comitês como uma ação de descentralização que vai permitir que o cidadão participe das decisões, compartilhando as responsabilidades sobre o uso da água”, destaca o secretário de Estado de Meio Ambiente, André Baby.

Uma das regiões contempladas compreende o Vale do Rio Cuiabá, que além de concentrar o maior contingente populacional de Mato Grosso, enfrenta desafios acerca da qualidade da água por conta da falta de saneamento ambiental das cidades: tratamento de esgoto e destinação adequada de resíduos sólidos. Os comitês já formados em Mato Grosso são: dos afluentes do Alto Araguaia, do Alto Teles Pires, dos afluentes da margem esquerda do baixo Teles Pires, do Médio Teles Pires, do Rio Cabaçal, do Covapé, do Cuiabá, do Rio São Lourenço, do Rio Sepotuba e do Rio Jauru.

Leia mais:  PM apreende armas, drogas e munições em três cidades

A coordenadora administrativa do CPP Pantanal, Roseneide de Souza, explica que a instituição criou método de trabalho em que uma rede é estruturada a partir da base para olhar para os beneficiários e otimizar os processos. “Acreditamos que nossa sistemática de trabalho, a gestão do recurso, será realizada de forma que os comitês sejam atendidos, atendendo a sociedade”, completa.

Autonomia

Os 10 Comitês de Bacias Hidrográficas já criados em Mato Grosso recebem o suporte e apoio da Sema por meio da Gerência de Fomento e Apoio dos Comitês de Bacias Hidrográficas (GFAC). Os recursos que serão destinados aos comitês poderão ser utilizados para ações de capacitação, comunicação, contratação de consultorias e outras atividades necessárias para o funcionamento dos comitês.

“Nós somos os facilitadores e apoiadores no desenvolvimento dos projetos das atividades”, diz o gerente do setor, Paulo Abranches, ao explicar que os CBH´s têm autonomia para definir como o recurso será empregado ao longo dos anos. Abranches ressalta ainda que os desembolsos são condicionados ao cumprimento das metas elencadas pelos próprios comitês e estas comitês têm serão acompanhadas pela Sema e pela ANA.

Leia mais:  Concessões de MT são finalistas do maior prêmio de PPPs do Brasil

Os comitês possuem formação tripartite, ou seja, poder público, usuários dos recursos hídricos e entidades do terceiro setor possuem o mesmo peso e número de cadeiras. Cada comitê define o número de participantes, desde que respeitada a paridade, e cabe ao grupo opinar sobre quais serão os usos prioritários para a água daquela bacia hidrográfica, podendo elencar as mais diversas atividades como abastecimento público, turismo, irrigação, empreendimentos energéticos, entre outros.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Novo gestor de Chapada troca todos os secretários e traz ex-prefeito na equipe

Publicado

O novo prefeito de Chapada dos Guimarães (67 km ao norte de Cuiabá), Osmar Froner (MDB) anunciou a equipe de secretários que irá compor sua gestão, com a troca de todos os nomes do primeiro escalão. Entre os nomes anunciados está o ex-prefeito do município, Gilberto Mello.

Gilberto até chegou a apresentar a candidatura para a prefeitura, mas precisou ser substituído após ser barrado pela Lei da Ficha Limpa. Ele assume a Secretaria Municipal de Governo, um dos cargos mais importantes do secretariado.

Na Secretaria de Administração, o comando será do biólogo e bacharel em direito Marcos Soares Souza. Já a Secretaria de Planejamento e Orçamento é de responsabilidade do bacharel em história e pós-graduado em Gestão de Cidades, Aislan Sebastião Cunha Galvão.

A Secretaria de Finanças foi assumida pelo ex-vereador e técnico em contabilidade Dagoberto Garcia Belufi. A Educação será comandada pelo professor Benedito Antônio de Oliveira Lechner.

A pasta de Esporte e Lazer será gerida pelo empresário e líder comunitário Mauro José Conceição de Paula. A Secretaria de Saúde terá como gestora a enfermeira e ex-vereadora, Rosa Maria Blanco Manzano.

Leia mais:  Sema entrega barcos a 30 municípios para fortalecer fiscalização em rios de MT

Para a Assistência Social, o prefeito escolheu a bacharel em direito e ex-conselheira tutelar Fernanda Ferreira da Silva. Já a Secretaria de Turismo, Cultura e Meio Ambiente tem como titular o publicitário e empresário Alexandre Parreira Severino.

 

Luis Carlos de Freitas, que é geólogo, economista e ex-prefeito de Chapada dos Guimarães, assumiu a Secretaria de Agricultura. E a Procuradoria Geral do Município fica a cargo da bacharel em direito Rosana Costa Itacaramby. (Com informações da assessoria)

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana