conecte-se conosco


Mato Grosso

Parceria com unidade prisional possibilita emprego a reeducandos

Publicado

Uma parceria entre a unidade prisional de Campo Novo do Parecis (390,8 km a médio norte de Cuiabá) e outras instituições da cidade deu a chance para oito reeducandos da unidade trabalharem. Eles realizam diversos serviços urbanos no município, como limpeza de vias públicas, praças, podas de árvores, entre outros.

O número de recuperandos contratados deve aumentar nos próximos meses, já que o Termo de Cooperação firmado entre a unidade, a prefeitura do município, o Poder Judiciário e o Conselho da Comunidade prevê a contratação de 20 presos.

Conforme o diretor interino da unidade, João Paulo da Silva, um grupo de reeducandos que deverá preencher as vagas passará pela avaliação multidisciplinar. “Eles avaliarão diversos critérios como comportamento, perfil laboral, cumprimento de pena”, explica. 

Sobre a parceria

A parceria existe há cinco meses e tem o objetivo de ressocializar o reeducando e prepará-lo para o convívio social. 

Os reeducandos designados para este trabalho são remunerados com um salário-mínimo, conforme determina a Lei de Execução Penal. A liberação deles é feita por meio de autorização da Justiça local mediante alguns requisitos, como o cumprimento de 1/6 da pena e terem bom comportamento.

Leia mais:  Aluna da Escola Tiradentes ganha concurso de melhor redação do Exército Brasileiro

Os internos também ganham remição da pena, como prevê a Lei de Execução Penal que determina que a cada três dias de trabalho, um dia é descontado na pena recebida.

João informa que além do trabalho extramuro, há um grupo de 12 reeducandos que realizam  atividades laborais intramuros. Eles atuam na marcenaria, serralheria e na horta do local. Em parceria com a Prefeitura já confeccionaram 45 lixeiras para o município, além de móveis em madeira que são revendidos e o valor é revertido para a compra de materiais e uma parte vai para os reeducandos.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Servidor é preso por roubar pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras

Publicado

Foram desviados pelo menos 12 pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras, causando um prejuízo de aproximadamente R$ 35 mil.

Um servidor público suspeito de desviar pneus de veículos da prefeitura de Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá, prestou esclarecimentos na delegacia do município. Segundo a Polícia Civil, ele deve responder pelo crime de peculato.

As investigações começaram no dia 22 de março, quando o prefeito Adilson Gonçalves de Macedo registrou um boletim de ocorrência denunciando o suposto desvio.

O delegado Wilyney Santana Borges disse que várias buscas foram realizadas, até que o suspeito acabou confessando o crime. Em depoimento, ele contou que os pneus foram repassados para um comerciante como parte do pagamento na aquisição de um carro dele de luxo.

Os pneus desviados eram de veículos da Secretaria Municipal de Urbanismo.

De acordo com a polícia, nas investigações, foi apurado que pneus adquiridos para serem utilizados nas automóveis da secretaria foram desviados nos meses de novembro e dezembro de 2020, por um servidor  que exercia funções no setor de frotas da Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

Leia mais:  Preço da batata tem queda em julho, mostra levantamento da Seaf

Segundo o delegado, os indícios apontados no inquérito indicam que foi possível constatar o desvio de pelo menos 12 pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras, causando um prejuízo de aproximadamente R$ 35 mil.

A Polícia Civil informou que o investigado pela venda dos pneus deverá responder ação penal pelo crime de peculato, vez que na época dos desvios, exercia o cargo de funcionário público. Já o comerciante que recebeu os pneus desviados, em troca de pagamento, responderá pelo crime de receptação.

A delegacia de Barra do Garças continua as investigações para saber se havia a conivência ou participação de outros servidores municipais, envolvidos no caso dos pneus desviados.

Por G1 MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana