conecte-se conosco


Tecnologia

Para nunca mais perder: hacker implanta chave de seu carro no próprio braço

Publicado

source

Olhar Digital

Que tal nunca mais perder as chaves do carro? Este é o resultado de um experimento feito pela hacker norte-americana Amie DD, que se identifica como “engenheira, programadora de videogames e apaixonada por tecnologia”. 

Leia também: ‘Robô-barata’ quase indestrutível pode ajudar em desastres naturais

Hacker implanta chave do carro no braço arrow-options
Reprodução/Youtube

Hacker implanta chave do carro no braço em um experimento

Amie é dona de um Tesla Model 3, carro que não tem uma “ chave ” tradicional. Em vez disso, para abrir o carro e dar a partida no motor o proprietário usa um cartão plástico, similar aos usados em quartos de hotel e sistemas de transporte público.

Dentro do cartão há um minúsculo chip RFID (menor que um grão de arroz) que contém informações sobre o carro, além de uma antena que faz a “ponte” entre o chip e um transmissor instalado em um pilar no lado do motorista. 

A princípio Amie tentou copiar as informações do cartão para um chip RFID que ela já tem implantado no braço, mas não obteve muito sucesso. Então decidiu tentar outra abordagem: dissolveu o cartão em acetona e encapsulou o chip e antena em biopolímero, para impedir que fossem atacados pelo corpo.

Leia mais:  Agora dá para desenhar em realidade aumentada no Snapchat; veja como

O conjunto foi implantado no braço com uma agulha de grosso calibre, em uma loja especializada em modificações corporais.

Leia também: Conheça o BM10: um mini celular do tamanho de um pendrive

A idéia funcionou, embora Amie admita que “o alcance não é dos melhores”, seu braço tem que estar a pelo menos 2,5 cm do receptor. Ela espera que com o tempo, à medida em que o inchaço no local diminua, o alcance melhore. 

O projeto está documentado no site Hackaday, e em dois vídeos no canal de Amie no YouTube.

Fonte: The Verge

Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook
publicidade

Tecnologia

EUA pressionam Brasil para vetar entrada da Huawei no mercado do 5G

Publicado

por

source

Olhar Digital

Huawei arrow-options
Marcos Corrêa/PR

Presidente Jair Bolsonaro recebe placa do presidente-executivo da Huawei no Brasil, Yao Wei


Ao longo de todo o ano de 2019, os EUA se mostraram contrários à qualquer tipo de expansão da Huawei . A postura norte-americana não é diferente quando se trata de ações da empresa no Brasil . Por isso, o governo dos EUA intensificou o lobby contra a entrada da empresa no mercado brasileiro do 5G . O leilão da nova tecnologia está previsto para o próximo ano .

Donald Trump e seus representantes têm aproveitado reuniões com autoridades brasileiras para levantar preocupações sobre a segurança dos equipamentos da Huawei , que estariam, segundo eles, suscetíveis a ataques cibernéticos ou espionagem.

Leia também: Quando o 5G chega ao Brasil? Anatel adia abertura de edital mais uma vez

Pensando nesse tipo de postura por parte do governo americano, o novo presidente-executivo da Huawei no Brasil, Yao Wei , se encontrou com o presidente Jair Bolsonaro no Planalto, na última segunda-feira (18).

Como resposta, os americanos fizeram chegar a auxiliares do presidente brasileiro o recado de que o aprofundamento da parceria na área de defesa depende de garantias de que as telecomunicações usadas pelo Brasil sejam confiáveis.

Leia mais:  8 aplicativos Android que todo idoso deveria ter no smartphone

A Huawei é hoje a principal fornecedora de equipamentos de rede de telefonia no mundo, e protagonista no avanço da rede 5G .

Leia também: Huawei produz 5G sem componentes americanos

Em nota, o governo americano afirmou que a entrada dos chineses nessa área traz diversas “implicações de segurança “. “Permitir equipamentos de telecomunicações chineses em qualquer ponto de uma rede 5G cria um risco inaceitável para a segurança nacional, infraestrutura, privacidade e direitos humanos”, afirmou a missão diplomática.

Na primeira visita oficial a Bolsonaro , o executivo da Huawei garantiu que a empresa quer ser fornecedora para as redes 5G e que seus equipamentos são seguros.

Ontem (18) o governo americano estendeu a licença à Huawei por 90 dias, mas isso não foi suficiente para que os chineses se dessem por satisfeitos.

Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana