conecte-se conosco


Polícia

Pai é preso por estupro de vulnerável de filha de 4 anos em Itiquira

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Um pai acusado de abusar sexualmente da filha de 4 anos, foi preso pela Polícia Judiciária Civil, na manhã desta sexta-feira (15.03), no município de Itiquira (357 km ao Sul).

O suspeito, A.C.C.N., 24, foi autuado em flagrante pelo crime de estupro de vulnerável. Ele também estava com uma ordem judicial de prisão decretada pela Justiça, a qual foi devidamente cumprida. 

As diligências iniciaram depois do Conselho Tutelar acionar a Polícia Civil, sobre uma criança de 4 anos, que havia dado entrada no Hospital Municipal de Itiquira com dores, sangramento e marcas de lesão na região genital.

Imediatamente os policiais civis foram até a unidade hospitalar. Na ocasião, a mãe da criança ao ver a chegada da equipe, se adiantou dizendo que o pai da menor não havia feito nada, situação que acabou levantando suspeita por parte dos policiais.

Em conversa com a vítima, a criança revelou que dorme no quarto com o irmão ainda bebê, tendo o seu pai entrado no cômodo, deitado com ela na cama e passado a mão pelo seu corpo, enquanto a mãe dormia.

Leia mais:  Polícia Civil indicia associação criminosa responsável por furtos de mais de R$ 350 mil em produtos de empresa

Diante dos relatos da menina, os policiais civis passar a realizar busca para localizar o suspeito, encontrado no bairro ONG 4. Durante as diligências a mãe da criança passou a ofender a equipe de investigadores, em defesa do marido, bem como contradizendo os fatos narrados anteriormente.

Após ser localizado, o suspeito foi levado à Delegacia de Itiquira, onde durante checagem via sistema foi descoberto um mandado de prisão contra ele. Além do mandado cumprido, o preso foi interrogado e assumiu ter tocado na filha.

A.C.C.N. foi autuado em flagrante delito pelo crime de estupro de vulnerável e posteriormente colocado à disposição da Justiça.

As investigações continuam para apurar o envolvimento da mãe da criança no crime e possível responsabilização.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Polícia Civil prende suspeitos manipulando entorpecentes que seriam comercializados em Várzea Grande

Publicado

por

Assessoria | PJC-MT

 

Em mais uma ação de combate ao tráfico de drogas, a Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), prendeu quatro pessoas que atuavam com o comércio de entorpecentes em Várzea Grande. Além da prisão dos suspeitos, a ação resultou na apreensão de porções de maconha e pasta base de cocaína e também de apetrechos relacionados ao tráfico.

A jovem Karina Letícia dos Santos, 19 e os suspeitos, Thiago da Silva Cruz,19, Altivan Calvario de Barros, 28, e Rafael Venicius Cruz Leite, 26, foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

As diligências iniciaram logo que os policiais da DRE receberam informações sobre uma residência no bairro Princesa do Sol, em Várzea Grande, em que pessoas estariam manipulando entorpecentes. Em monitoramento do endereço, os policiais constataram a veracidade da denúncia, sendo visualizado os quatro suspeitos na área dos fundos da casa.

Diante das evidências, os investigadores entraram na casa, onde foram apreendidas várias porções de pasta base de cocaína que eram manipuladas pelos suspeitos, além de diversos materiais para preparo do entorpecente, como ácido bórico, uma panela com farelos da substância, e talheres com resquícios da droga.

Leia mais:  Polícia Civil apreende os quatro menores envolvidos em incêndio de viatura em Água Boa

Na área da casa, também foi encontrado balança de precisão e envelopes plásticos utilizados para embalar o entorpecente, sendo dado voz de prisão aos quatro suspeitos que estavam no local. Em continuidade as diligências, os policiais seguiram para outros endereços indicados pelos suspeitos, em que estariam guardadas outras porções de drogas.

Em uma distribuidora, no bairro Santa Luzia, de propriedade de Altivan, foi apreendido mais um pedaço de pasta base de cocaína, dinheiro e envelopes plásticos para embalar a droga e na residência de Rafael, no bairro Jardim Alá, Várzea Grande, foi realizada a apreensão de uma porção de maconha.

No final dos trabalhos, os suspeitos foram conduzidos a DRE, onde após serem interrogados pelo delegado Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana