conecte-se conosco


Mato Grosso

Ouvidoria passa a atender também pelo WhatsApp

Publicado

A Controladoria Geral do Estado (CGE-MT) disponibilizou ao cidadão mais um canal de atendimento da Rede de Ouvidorias do Governo de Mato Grosso. Agora, a Ouvidoria do Estado conta com o aplicativo WhatsApp para o recebimento de denúncias, reclamações, sugestões e elogios. O lançamento do chamado Ouv-Zap foi realizado nesta sexta-feira (15.03) como parte da programação alusiva ao Dia do Ouvidor, oficialmente celebrado em 16 de março.

O novo canal funciona pelo número (65) 98476-6548 e, com exceção de chamadas telefônicas, todas as funcionalidades poderão ser utilizadas, seja por meio de mensagens de texto, áudios, fotos ou vídeos. Após o recebimento da demanda pelo WhatsApp, a Ouvidoria fornecerá como resposta o número de protocolo para o acompanhamento da demanda no sistema Fale Cidadão.

Secretário-controlador geral do Estado, Emerson Hideki Hayashida, no lançamento do Ouv-Zap

O secretário-controlador geral do Estado, Emerson Hideki Hayashida, argumentou que a Ouvidoria não poderia mais ficar fora do WhatsApp, já que 70% dos brasileiros têm acesso à internet pelo celular e que o Brasil já tem mais de um smartphone ativo por habitante.

“Agora, em qualquer lugar, a qualquer momento, durante 24 horas por dia, o cidadão poderá acionar a Ouvidoria e enviar fotos, vídeos e áudios, inclusive, no exato momento da ocorrência dos fatos”, destacou.

Leia mais:  Taques e Mauro discutem processo de transição no Palácio Paiaguás

Segundo o secretário-controlador, a disponibilização do Ouv-Zap é mais uma forma de facilitar o contato do cidadão com o Governo de Mato Grosso e fomentar o controle social como auxílio ao controle interno.

“Sozinho, o controle interno não consegue ver tudo, alcançar tudo. É preciso a soma de esforços do controle interno e do controle social. Até porque o cidadão tem conhecimento de causa sobre a prestação dos serviços públicos e pode ajudar com propriedade os gestores a melhorarem as políticas públicas, de acordo com os legítimos anseios e necessidades da população”, disse.

Superintendente de Ouvidoria da CGE, Vilson Nery, em entrevista sobre o Ouv-Zap

A disponibilização do novo canal é resultado da diretriz estratégica da CGE de empoderamento da Ouvidoria do Estado. “A ideia é construir um modelo no qual a Ouvidoria seja a defensora do povo. A CGE quer cada vez mais estruturar as ouvidorias setoriais para que sejam, de fato, o elo da administração pública com o cidadão em demandas específicas e coletivas, sempre fazendo a defesa da boa administração e das boas práticas”, pontuou o superintendente de Ouvidoria da Controladoria, Vilson Nery.

Na manhã desta sexta-feira (15.03), ouvidores setoriais estiveram na Praça Alencastro, em Cuiabá, para uma panfletagem acerca do novo canal e das demais formas de atendimento. A ação envolveu ouvidores das seguintes instituições: Meio Ambiente (Sema), Saúde (SES), Educação (Seduc), Segurança Pública, Justiça e Administração Penitenciária (Sesp), Planejamento e Gestão (Seplag), Procuradoria Geral do Estado (PGE), Infraestrutura (Sinfra), Departamento de Trânsito (Detran), Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI) e Polícia Civil, além da Defensoria Pública, como órgão parceiro.

Leia mais:  PM prende homem com mandado em aberto e arsenal de armas e munições

Outras formas de acesso

A Ouvidoria do Estado de Mato Grosso está organizada em rede, ou seja, as ouvidorias de cada órgão e entidade estão interligadas pelo mesmo sistema eletrônico (Fale Cidadão) para registro das manifestações da sociedade e seguem diretrizes comuns de atuação estabelecidas pela CGE.

Além do WhatsApp, as demais formas de contato com a Ouvidoria continuam funcionando normalmente: discagem gratuita pelo 0800-647-1520, ligação local pelo número 162 e registro pelo endereço www.ouvidoria.mt.gov.br/falecidadao (redirecionamento está disponível em todos os sites dos órgãos). Tem também o aplicativo “MT Cidadão”, que pode ser baixado gratuitamente no http://www.mtcidadao.mt.gov.br.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Militares concluem o estágio sobre emergências com produtos perigosos

Publicado

por

O Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso realizou nesta sexta-feira (24.05) o encerramento do 3º Estágio de Primeira Resposta a Emergências com Produtos Perigosos. A cerimônia aconteceu no auditório da Polícia Rodoviária Federal, em Cuiabá. Concluíram o estágio 17 militares do Corpo de Bombeiros e dos Batalhões de Transito da PM e da Polícia Militar Ambiental. 

O estágio visa capacitar os militares de forma atualizada para, diante de uma ocorrência, promover o isolamento, colher informações sobre o produto perigoso e atender possíveis vítimas. Foram 40 horas de atividade que começaram no dia 13 de maio, contendo aulas teóricas e práticas. “É de grande importância termos profissionais capacitados para atuarem nesse tipo de ocorrência”, disse o Tenente Saboia, da Companhia de Atendimento a Emergências com Produtos Perigosos, do BEA e coordenador do Estágio.

O Coronel Silvio Bernardes, Diretor de Ensino, Instrução e Pesquisa (DEIP) do CBM afirmou que “cada vida salva vale o investimento em ensino dentro do CBM”. A diretoria é responsável pelo planejamento e realização de todos os cursos e estágios ocorridos no Corpo de Bombeiros. O Comandante geral do CBMMT, Coronel BM Alessandro Borges, destacou que esse estágio “é uma atividade integrada entre o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar, duas instituições imprescindíveis à sociedade”. 

Leia mais:  Municípios do Consórcio Alto do Rio Paraguai participam de capacitação no GeoCidades

Participaram do encerramento os comandantes dos sete Comandos Regionais do CBM distribuídos pelo estado. A Companhia de Emergências com Produtos Perigosos é integrante do Batalhão de Emergências Ambientais do CBMMT. 

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana