conecte-se conosco


Mato Grosso

Ouvidoria passa a atender também pelo WhatsApp

Publicado

A Controladoria Geral do Estado (CGE-MT) disponibilizou ao cidadão mais um canal de atendimento da Rede de Ouvidorias do Governo de Mato Grosso. Agora, a Ouvidoria do Estado conta com o aplicativo WhatsApp para o recebimento de denúncias, reclamações, sugestões e elogios. O lançamento do chamado Ouv-Zap foi realizado nesta sexta-feira (15.03) como parte da programação alusiva ao Dia do Ouvidor, oficialmente celebrado em 16 de março.

O novo canal funciona pelo número (65) 98476-6548 e, com exceção de chamadas telefônicas, todas as funcionalidades poderão ser utilizadas, seja por meio de mensagens de texto, áudios, fotos ou vídeos. Após o recebimento da demanda pelo WhatsApp, a Ouvidoria fornecerá como resposta o número de protocolo para o acompanhamento da demanda no sistema Fale Cidadão.

Secretário-controlador geral do Estado, Emerson Hideki Hayashida, no lançamento do Ouv-Zap

O secretário-controlador geral do Estado, Emerson Hideki Hayashida, argumentou que a Ouvidoria não poderia mais ficar fora do WhatsApp, já que 70% dos brasileiros têm acesso à internet pelo celular e que o Brasil já tem mais de um smartphone ativo por habitante.

“Agora, em qualquer lugar, a qualquer momento, durante 24 horas por dia, o cidadão poderá acionar a Ouvidoria e enviar fotos, vídeos e áudios, inclusive, no exato momento da ocorrência dos fatos”, destacou.

Leia mais:  Novo Fethab garantirá retomada de obras e manutenção de rodovias em MT

Segundo o secretário-controlador, a disponibilização do Ouv-Zap é mais uma forma de facilitar o contato do cidadão com o Governo de Mato Grosso e fomentar o controle social como auxílio ao controle interno.

“Sozinho, o controle interno não consegue ver tudo, alcançar tudo. É preciso a soma de esforços do controle interno e do controle social. Até porque o cidadão tem conhecimento de causa sobre a prestação dos serviços públicos e pode ajudar com propriedade os gestores a melhorarem as políticas públicas, de acordo com os legítimos anseios e necessidades da população”, disse.

Superintendente de Ouvidoria da CGE, Vilson Nery, em entrevista sobre o Ouv-Zap

A disponibilização do novo canal é resultado da diretriz estratégica da CGE de empoderamento da Ouvidoria do Estado. “A ideia é construir um modelo no qual a Ouvidoria seja a defensora do povo. A CGE quer cada vez mais estruturar as ouvidorias setoriais para que sejam, de fato, o elo da administração pública com o cidadão em demandas específicas e coletivas, sempre fazendo a defesa da boa administração e das boas práticas”, pontuou o superintendente de Ouvidoria da Controladoria, Vilson Nery.

Na manhã desta sexta-feira (15.03), ouvidores setoriais estiveram na Praça Alencastro, em Cuiabá, para uma panfletagem acerca do novo canal e das demais formas de atendimento. A ação envolveu ouvidores das seguintes instituições: Meio Ambiente (Sema), Saúde (SES), Educação (Seduc), Segurança Pública, Justiça e Administração Penitenciária (Sesp), Planejamento e Gestão (Seplag), Procuradoria Geral do Estado (PGE), Infraestrutura (Sinfra), Departamento de Trânsito (Detran), Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI) e Polícia Civil, além da Defensoria Pública, como órgão parceiro.

Leia mais:  Controladorias fomentam controle social junto a estudantes da UFMT

Outras formas de acesso

A Ouvidoria do Estado de Mato Grosso está organizada em rede, ou seja, as ouvidorias de cada órgão e entidade estão interligadas pelo mesmo sistema eletrônico (Fale Cidadão) para registro das manifestações da sociedade e seguem diretrizes comuns de atuação estabelecidas pela CGE.

Além do WhatsApp, as demais formas de contato com a Ouvidoria continuam funcionando normalmente: discagem gratuita pelo 0800-647-1520, ligação local pelo número 162 e registro pelo endereço www.ouvidoria.mt.gov.br/falecidadao (redirecionamento está disponível em todos os sites dos órgãos). Tem também o aplicativo “MT Cidadão”, que pode ser baixado gratuitamente no http://www.mtcidadao.mt.gov.br.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Operação conjunta apreende 432 kg de drogas e prende traficante procurado pela PF

Publicado

por

Uma operação conjunta entre Polícia Federal, Grupo Especial de Fronteira (Gefron) e Polícia Militar de Comodoro resultou na apreensão de 432,8 quilos de cocaína transportados em 10 fardos em duas caminhonetes S-10. Quatro pessoas foram presas e armas também foram apreendidas na manhã de terça-feira (19.03), em local de difícil acesso na zona rural do município.

A investigação da Polícia Federal era de que um avião pousaria com o carregamento no município de Comodoro (677 a Oeste de Cuiabá), às margens do Rio Guaporé. Entre os presos está Valter Antônio Sisconeto. Ele é investigado pela PF como um traficante da região, que usava rios e estradas vicinais para o transporte das drogas. O local onde foi feita a prisão fica a cerca de quatro horas da sede do município de Comodoro.

Foi necessário trator para tirar uma das caminhonetes apreendida

Além dele, também foram presos Gilmar Duarte da Silva, Alexandre Aparecido da Silva e Osmar. Com exceção de Alexandre, todos os outros três presos já haviam sido presos pela Polícia Federal em 2013 com um carregamento de 200 quilos de entorpecentes.

Leia mais:  CGE ressalta o papel da Ouvidoria no controle interno da gestão

Além da droga, foram encontradas duas carabinas, um revólver, uma pistola .45 e várias munições. Em um sítio que o suspeito Valter Sisconeto (foto) utilizava como base foram encontradas mais armas e munições.

Os quatro foram levados para a sede da Polícia Federal em Cáceres e serão encaminhados para presídio do município.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana