conecte-se conosco


Mato Grosso

Ouvidores do Estado recebem treinamento do Programa REM

Publicado

Ouvidores do Estado de Mato Grosso receberam um treinamento sobre o programa REM. A capacitação fez parte da Semana do Ouvidor, que incluiu palestras, mesa de debate e workshop, entre segunda e terça-feira (11 e 12). O evento foi organizado pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) em parceria com a Controladoria Geral do Estado (CGE) e a Cooperação Técnica Alemã GIZ.

A secretária de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti, destacou a  importância da ouvidoria dentro do Programa REM. “Todos que fazemos parte do programa, direta ou indiretamente, somos responsáveis pelo seu sucesso e execução. Nesse aspecto a ouvidoria é importantíssima pelo objetivo de fortalecimento institucional de órgãos ligados diretamente ao programa”, falou durante a abertura do evento.

Taiguara Alencar, Diretor do Projeto REM/GIZ, reforçou a necessidade do programa ser nivelado pelo corpo de ouvidores do Estado. “O programa REM tem uma importância vital em Mato Grosso pela quantidade de floresta e o modelo econômico estadual, sendo que ele paga por resultados na conservação ambiental. O canal aberto vai ajudar ainda mais nessa integração”.

Leia mais:  PM desarticula quadrilha com quase nove quilos de maconha em Primavera do Leste

A servidora da Sema e coordenadora do Projeto REM, Ligia Vendramin , explicou que o programa é grandioso pelo volume de recursos e de beneficiários. “O programa atinge a agricultura familiar, produtores de pequeno e médio porte, população indígena e tradicional. Ter essa ponte beneficiária sem dúvida é a parte mais importante do programa, pois vai monitorar na ponta para colaborar com o controle do desmatamento”.

Concelio Ribeiro, ouvidor setorial da Sema, explicou que o treinamento é uma determinação do  banco KfW, da Alemanha, responsável pelo repasse de recursos. “Ficou acertado que tudo que se refere ao REM vai ser direcionado à ouvidoria da Sema, mas todas as secretarias envolvidas podem receber algum tipo de denúncia de assuntos que envolvem o programa, então será um elo de ligação. É uma determinação do banco da Alemanha que a ouvidoria participe com êxito do processo de administração do programa, então, foi um ótimo aprendizado já que muitos ouvidores não conheciam o REM”.

Palestras

Entre as palestras envolvendo o Programa REM foram debatidos temas como: Mudanças no Clima; Salvaguardas de REDD+; programa REM em Mato Grosso; o papel e a importância da Ouvidoria no Programa REM; desafio da Ouvidoria no programa REM, seus beneficiários e possíveis divergências. Os palestrantes e mediadores foram servidores da Sema, ouvidores do Estado de Mato Grosso e representantes da Cooperação Técnica alemã GIZ e do observatório florestal.

Leia mais:  Curso em olericultura orgânica qualifica15 reeducandas de Nova Xavantina

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Militares concluem o estágio sobre emergências com produtos perigosos

Publicado

por

O Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso realizou nesta sexta-feira (24.05) o encerramento do 3º Estágio de Primeira Resposta a Emergências com Produtos Perigosos. A cerimônia aconteceu no auditório da Polícia Rodoviária Federal, em Cuiabá. Concluíram o estágio 17 militares do Corpo de Bombeiros e dos Batalhões de Transito da PM e da Polícia Militar Ambiental. 

O estágio visa capacitar os militares de forma atualizada para, diante de uma ocorrência, promover o isolamento, colher informações sobre o produto perigoso e atender possíveis vítimas. Foram 40 horas de atividade que começaram no dia 13 de maio, contendo aulas teóricas e práticas. “É de grande importância termos profissionais capacitados para atuarem nesse tipo de ocorrência”, disse o Tenente Saboia, da Companhia de Atendimento a Emergências com Produtos Perigosos, do BEA e coordenador do Estágio.

O Coronel Silvio Bernardes, Diretor de Ensino, Instrução e Pesquisa (DEIP) do CBM afirmou que “cada vida salva vale o investimento em ensino dentro do CBM”. A diretoria é responsável pelo planejamento e realização de todos os cursos e estágios ocorridos no Corpo de Bombeiros. O Comandante geral do CBMMT, Coronel BM Alessandro Borges, destacou que esse estágio “é uma atividade integrada entre o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar, duas instituições imprescindíveis à sociedade”. 

Leia mais:  Unidade de Sorriso terá projeto de remição pela leitura

Participaram do encerramento os comandantes dos sete Comandos Regionais do CBM distribuídos pelo estado. A Companhia de Emergências com Produtos Perigosos é integrante do Batalhão de Emergências Ambientais do CBMMT. 

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana