conecte-se conosco


Mato Grosso

Orquestra Sinfônica CirandaMundo dedica concerto de novembro à Jean Sibelius

Publicado

Um concerto inteiramente dedicado à obra do compositor finlandês Jean Sibelius marca a apresentação da Orquestra Sinfônica CirandaMundo em novembro, pela série Cerrado. Sob regência de Murilo Alves, a Orquestra sobe ao palco do Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros na quarta-feira (13.11), às 20h. A entrada, como de costume, é 1kg de alimento entregue na bilheteria do teatro, na noite do concerto.

O repertório reservado para essa homenagem à Jean Sibelius conta, já na abertura, com a famosa Canção da Primavera, seguida da Suíte Karelia, Finlândia e, por fim, o quarto movimento da Sinfonia n°2 em ré menor, Op. 43.

“Preparamos um programa à altura da importância desse compositor fundamental. Um programa grandioso e imponente que mostra toda a suntuosidade da obra de Sibelius. Por ser um compositor importante do pós-romantismo, ou romantismo tardio, Sibelius, mesmo lidando com tipo de organização sonora tão explorada, conseguiu criar obras muito originais. Verdadeiros monumentos orquestrais”, explica Murilo Alves.   

É certo dizer que Jean Sibelius foi um dos mais populares compositores do fim do século 19 e início do século 20. Sua música teve importante papel na formação da identidade nacional finlandesa. Parte fundamental da obra de Sibelius é a sua coleção de sete sinfonias. Assim como Beethoven, Sibelius usou cada uma delas para trabalhar uma ideia musical e desenvolver seu próprio estilo.

Leia mais:  Plano odontológico ligado ao Mato Grosso Saúde atualiza valor das mensalidades

“Um compositor de imenso valor, constantemente exaltado em importantes salas de concerto ao redor do mundo. O que acho fantástico em Jean Sibelius é que ele permaneceu fiel às suas convicções. Num período em que a música já tinha passado por importantes transformações, ele conseguiu obter êxito criando a partir de um procedimento já tão explorado, no caso, o romantismo. O que prova que não estava tão esgoto assim, não é verdade? O vejo tão original quanto qualquer outro inovador”, conclui Murilo. 

Instituto Ciranda

Há 16 anos ininterruptos, o Instituto Ciranda desenvolve um programa de educação musical dedicado a crianças e adolescentes em idade escolar. Em 2019, serão mais de mil jovens atendidos em nove polos de ensino distribuídos pelo Estado. São eles: Cuiabá (bairros Boa Esperança e Dr. Fábio), Poconé, Várzea Grande (Bairro São Matheus), Rondonópolis e Chapada dos Guimarães, além dos polos de João Carro e Água Fria, zona rural de Chapada.

Parte das primeiras gerações de instrumentistas formada pelo Instituto Ciranda, hoje, ensina para novas gerações de músicos, teoria e técnicas, leitura de partituras e prática em conjunto. “Desde sua criação, em 2003, a instituição vem transformando vidas ao tempo em que forma novas plateias, novos instrumentistas, professores e cidadãos”, comemora o maestro Murilo Alves, presidente do Instituto.

Leia mais:  Procon-MT concorre a vagas nos conselhos de usuários das empresas de telecomunicações

O Instituto Ciranda – Música e Cidadania é um dos 32 Pontos de Cultura apoiados pelo Governo de Mato Grosso via Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer.  

Serviço

Orquestra Sinfônica CirandaMundo dedica concerto à Jean Sibelius

Data e hora: Quarta-feira (13.11), às 20h

Local: Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros

Entrada: 1kg de alimento

Livre para todas as idades

Informações: 65 3623-1239

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Proprietários de veículos podem cadastrar principal condutor no Portal do Denatran

Publicado

por

Proprietários de veículos que possuem mais de um motorista podem cadastrar o principal condutor no Portal de Serviços do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) para fins de responsabilidade das multas e pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

O cadastro é uma forma de evitar que o dono do veículo enfrente o atual processo para transferir as pontuações não cometidas por ele no momento da condução do veículo. Sem o cadastro do principal condutor, a responsabilidade referente às penalidades de trânsito fica para o proprietário do veículo, nos casos em que o condutor não for identificado no momento da infração.

A possibilidade de o proprietário do veículo indicar ao órgão executivo de trânsito o principal condutor está prevista na Lei Federal nº 13.495/17, que altera o parágrafo 10 do artigo 257 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

O motorista recomendado, após aceitar a indicação, terá seu nome inscrito em campo próprio do cadastro do veículo no Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam). Dessa forma, mesmo que essa pessoa não seja proprietária do veículo, as infrações cometidas pelo veículo serão direcionadas a ela.  

Leia mais:  Sexta-feira Santa terá peregrinação no Parque Serra Azul, em Barra do Garças

O principal condutor responde pelas multas referentes a circulação, parada e estacionamento do veículo, nos casos em que o condutor não foi identificado no momento do cometimento da infração.

As demais infrações relativas à situação ou a condição do veículo, como licenciamento vencido ou a falta de equipamentos obrigatórios, são de responsabilidade do proprietário, independente de quem esteja na condução do veículo.

Conforme o diretor de Veículos do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT), Augusto Cordeiro, a autarquia já está preparada para receber as informações do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) e registrar no prontuário do veículo e do condutor.

Como cadastrar

O proprietário do veículo pode fazer o cadastro do principal condutor no Portal de Serviços do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran)

Para efetuar a indicação do principal condutor, é necessário que o proprietário do veículo tenha a CNH Digital válida com QR Code. Após acessar o link, basta clicar na opção “meus veículos” e selecionar o veículo para qual será realizada a indicação.

A pessoa indicada receberá um e-mail e deverá clicar no link enviado para confirmar o cadastro e aceitar a indicação.

Leia mais:  Título do campeonato mato-grossense de futebol começa a ser decidido no domingo (14)

Após o procedimento, as sanções sofridas pelo veículo já serão aplicadas diretamente ao principal condutor.

Caso o veículo seja vendido, o principal motorista indicado terá seu nome automaticamente desvinculado do Renavam. Outras hipóteses para a exclusão do nome do condutor são a indicação de outra pessoa para a condição ou um requerimento do próprio condutor ou do proprietário.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana