conecte-se conosco


Esportes

Organizada do Cruzeiro tenta invadir Centro de Treinamento do clube

Publicado

Lance

Torcedores do Cruzeiro protestam contra diretoria do clube arrow-options
Reprodução/Twitter

Torcedores do Cruzeiro protestam contra diretoria do clube

O dia foi tumultuado no Cruzeiro. Pelo terceiro dia seguido, um grupo de torcedores, formado por integrantes de uma organizada do clube, protestou contra a diretoria, apoiou Rogério Ceni e cobrou dos jogadores. O local do protesto foi a Toca da Raposa II, onde a equipe se prepara para os jogos.

Leia também: Schumacher usou nome falso e se escondeu em cobertor para entrar em hospital

Os cerca de 50 torcedores presentes ao protesto, estavam com faixas direcionadas à diretoria do Cruzeiro . O clima esquentou quando os presentes tentaram invadir a Toca da Raposa para cobrar diretamente dos atletas, que entraram por um portão alternativo do CT da Raposa. 

Os torcedores foram impedidos pela PM e seguranças do clube. Não houve mais transtornos, nem contato físico com jogadores ou comissão técnica. 

O carro do lateral Egídio foi cercado, pois não passou pela entrada alternativa e teve de escutar as demandas dos torcedores. Thiago Neves também foi alvo dos manifestantes, mas sem contato direto com eles. 

Leia mais:  Pressionado, Raí segue no São Paulo e ‘repreende’ Cuca por expor jogadores

A organizada Máfia Azul promete fazer protestos até o fim do Brasileiro e mostra que mudou radicalmente de lado, já que possuía um contrato com a atual gestão do Cruzeiro no valor de 8 mil reais mensais até 2020, além de terem recebido 80 mil reais em outro aporte do clube segundo denúncia do “Fantástico”, da TV Globo, em maio passado. 

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Martine Grael e Kahena Kunze estarão em Tóquio 2020

Publicado

por

As campeãs olímpicas Martine Grael e Kahena Kunze garantiram, no último final de semana, a participação na próxima edição dos Jogos Olímpicos. A vaga, em Tóquio, na disputa da classe 49er FX de vela, foi garantida no mundial realizado em Geelong (Austrália).

As brasileiras, que ficaram com o ouro nos Jogos do Rio (2016), carimbaram o passaporte para Tóquio ao terminarem o mundial na 12ª posição.

Além de Martine e Kahena, o final de semana também foi de classificação olímpica para Marco Grael e Gabriel Portilho. Eles defenderão o Brasil na classe 49er ao encerrarem o Mundial de Geelong na 13ª posição.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook
Leia mais:  PSG prepara barca de dispensa e sonha com jogador do Liverpool
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana