conecte-se conosco


Polícia

Operação de combate a pirataria apreende mais de 520 calçados em comércio da Capital

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Mais de 520 produtos supostamente falsificados foram apreendidos em uma mais uma ação integrada de combate a pirataria deflagrada, na manhã desta segunda-feira (03.02), pela Delegacia Especializada do Consumidor (Decon) da Polícia Judiciária Civil e Procon Municipal.

A operação foi deflagrada para apurar uma denúncia recebida pelos órgãos de defesa do consumidor sobre um estabelecimento comercial, localizado no bairro Morada da Serra, em que eram comercializados tênis réplicas de marcas famosas a preços muito abaixo ao de mercado.

No comércio, os policiais apreenderem 525 calçados possivelmente piratas, sendo 326 pares de tênis da marca Nike, 136 pares da marca Adidas, 15 pares Asics, 10 New Balance, 8 pares de chinelos Nike, 8 chinelos Adidas e 20 chinelos da marca Puma. Em frente ao estabelecimento, havia um anúncio de dois pares de tênis pelo valor de R$ 100.

O proprietário da empresa não estava no local no momento da ação, sendo a vendedora encaminhada à Decon como testemunha junto aos produtos apreendidos. O Procon Municipal lavrou auto de constatação referente aos produtos apreendidos no estabelecimento.

Leia mais:  Polícia Civil prende homicida foragido de Tocantins que utilizava nome de irmão para não ser descoberto

Segundo o delegado da Decon, Antonio Carlos de Araújo, ficando comprovado a infração, o responsável poderá responder pelas condutas referentes ao comércio de produtos falsificados ou pirateados estão tipificadas no artigo 190, inciso 1 da Lei 9.279/96,  do Código de Propriedade Industrial, pena detenção de 3 meses a 1 ano;  artigo 7, inciso 7, VII, da Lei  8.137/90 da lei contra as Relações de consumo, pena de 2 a 5 anos ou multa; por fraudes no comércio, previsto no artigo 175, inciso I do CPB, e ainda por infrações praticadas dentro do Código de Defesa do Consumidor (Lei 8.078/90 em seu artigo 67).

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

PRF prende condutor alcoolizado em Cuiabá/MT

Publicado

Central de Comando e Controle recebeu denúncia de usuários e repassou informações para equipe de plantão
Um homem, de 39 anos, foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), ao ser flagrado dirigindo um caminhão sob influência de álcool, na noite de domingo (09), em Cuiabá.

Por volta de 20h49, a equipe que fiscalizava na BR-364, recebeu informação, através da Central de Comando e Controle, sobre usuários relatando que um veículo Daf/XF105 FTS 460a, de cor amarela e placas de Bom Princípio/RS, era conduzido por um homem alcoolizado.

A equipe localizou o caminhão e submeteu o condutor ao teste do etilômetro que resultou em 1,22 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões. Valores a partir de 0,34 mg/L configuram crime de trânsito.

O veículo foi recolhido ao pátio contratado, sendo a ocorrência encaminhada para a Polícia Civil.

Destaca-se a importância em comunicar o 191, sempre que o usuário presenciar atitudes imprudentes. Devido a esse tipo de denúncia que a PRF conseguiu intervir no trânsito de um veículo conduzido por motorista embriagado, evitando acidentes e resguardando a vida do próprio motorista e de terceiros.

Leia mais:  Parceria entre PRF, MP e judiciário busca reduzir crimes de trânsito em Rondonópolis

SECOM PRF MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana