conecte-se conosco


Política

ONG se reúne com presidente da Câmara em busca de benefícios às crianças autistas

Publicado

O presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, Misael Galvão (PSB) recebeu em seu gabinete na tarde desta quarta-feira (08) representantes da Organização Não Governamental (ONG) Ação Azul e servidores da Assembleia Legislativa de Mato Grosso para tratar sobre o autismo.
Na oportunidade, foram repassados ao parlamentar algumas das dificuldades enfrentadas por quem sofre com este transtorno.
Diante disso, Misael garantiu que o Parlamento Municipal irá realizar uma audiência pública visando discutir os problemas mais agravantes da causa, como a necessidade de profissionais qualificados para atuarem como Cuidador de Aluno com Deficiência (CAD).
“Essa é a Casa de Leis, por isso que nosso slogan é você presente. Hoje recebemos a Juliana que é presidente do projeto com toda equipe trazendo essa situação dos autistas e já tomamos os encaminhamentos imediatos. Primeiro vamos convocar uma audiência pública para tratar as questões de políticas públicas, trazer todos os órgãos envolvidos para que possamos criar soluções”, explicou Galvão.
A presidente da ONG, Juliana Fortes, ressalta a importância dessa união entre os poderes para solucionar os problemas da causa. “Estamos buscando a união, pois de fato a união faz a força. Buscamos o legislativo, executivo, judiciário e a vinda aqui hoje é justamente para estreitar a relação do município com a associação de mães de autistas”.
Além da audiência, ainda ficou acordado entre as partes que serão estudados e criados novos projetos de leis que beneficiam as crianças autistas.

Câmara Municipal de Cuiabá

Leia mais:  Vereadores eleitos deixam registrado as suas passagens pelo parlamento Cuiabano

Imprimir Voltar Compartilhar:  

Comentários Facebook
publicidade

Política

Davi anuncia para esta quarta instalação da comissão mista da reforma tributária

Publicado

por

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, anunciou que a comissão mista da reforma tributária será instalada nesta quarta-feira (19). A declaração foi dada a jornalistas logo após ele ter recebido o governador de São Paulo, João Doria, na residência oficial do Senado. Segundo Davi, os 50 membros já foram indicados pelos líderes partidários. Serão 25 senadores e 25 deputados que, segundo o presidente, ajudarão na consolidação de um texto comum.

— Naturalmente, a construção de uma matéria tão importante, aguardada há décadas, tem vários atores envolvidos. Os estados, com legitimidade, têm se posicionado em relação a alguns pontos da reforma. Mas todos aqueles governadores com quem tenho conversado são favoráveis, porque a reforma desburocratiza a vida das pessoas.

A comissão especial servirá para debater os textos que tramitam na Câmara PEC 45/2019, no Senado PEC 110/2019 e o a ser enviado pelo governo, com vistas à definição de um projeto de conciliação. Assim como Davi, João Doria também destacou a importância de buscar um acordo sobre a matéria, mas disse que deverá haver uma posição conjunta dos estados sobre o assunto.

Leia mais:  Vereadores eleitos deixam registrado as suas passagens pelo parlamento Cuiabano

— Minha posição coincide com a do presidente Davi Alcolumbre: é conciliar todos os textos, buscando a melhor alternativa, e com diálogo. A intenção é estabelecer pontos em comum para este debate. Não é uma visão de São Paulo, mas do Brasil. E o Fórum de Governadores contribuiu nesse sentido — avaliou.

Fonte: Agência Senado

Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana