conecte-se conosco


Cidades

O Significado da Semana Santa

Publicado

Nos momentos mais importantes do calendário litúrgico, os fiéis se aproximam da maior celebração da Igreja: a ressurreição de Cristo no domingo de Páscoa.

A Semana Santa é a celebração do Mistério da Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus e demonstração da Paixão dos próprios fiéis, que durante todo o período da Quaresma, através de sacrifícios diários, se entregam por amor a Cristo e celebram a Páscoa.

Os dias que, neste ano, se estendem entre 28 de março e 4 de abril, tem significados específicos: O Domingo de Ramos abre a Semana Santa. É a celebração da entrada de Jesus em Jerusalém, quando foi aclamado pelo povo, que cortou ramos de árvores e folhagens para cobrir o caminho pelo qual o Senhor passava.Jesus estava montado em um jumentinho, símbolo da humildade, mas foi recebido pelo povo como um rei enquanto a multidão clamava “Hosana ao Filho de Davi!”. Quando os sacerdotes da época viram a maneira como Ele era amado pelo povo de Jerusalém, foram tomados pela inveja e começaram a tramar a condenação e morte de Cristo.

Segunda-feira Santa

Dia no qual se recorda a prisão de Jesus Cristo (Embora sua prisão será
recordada com mais força litúrgica na quinta-feira Santa, após a traição de Judas).

Terça-feira Santa

Na Terça-Feira Santa são celebradas as Sete Dores da Virgem Maria. É
também conhecido como o dia de penitência, no qual os cristãos cumprem
promessas de vários tipos, ou o dia da memória do encontro de Jesus e Maria no caminho ao Calvário.

Leia mais:  Prefeitura paga salário de servidores nesta sexta-feira (30)

Quarta-feira Santa

Em muitas igrejas celebra-se neste dia a Procissão do Encontro de Nosso
Senhor dos Passos e Nossa Senhora das Dores. Os homens saem de um local da Igreja carregando a imagem de Nossa Senhor e as mulheres carregam a imagem de Nossa Senhora em direção ao seu encontro.

Quinta-feira Santa

Na manhã da quinta-feira, nas catedrais das dioceses, o bispo se reúne com o seu clero para a Celebração do Crisma, na qual são abençoados os santos óleos que serão usados na administração dos sacramentos do Batismo, Ordenação de Padres e Bispos, Crisma e Unção dos Enfermos.

A noite são relembrados os três gestos de Jesus durante a Última Ceia: a Instituição da Eucaristia, o exemplo do Lava-pés, com a instituição  de um novo mandamento (ou “ordenança”) e a instituição do sacerdócio. É nesse momento que Judas Iscariotes sai para entregar Jesus por trinta moedas de prata. Além disso, é nesta noite que Jesus é preso, interrogado e, no amanhecer da sexta-feira, açoitado e condenado.

A igreja fica em vigília ao Santíssimo, relembrando os sofrimentos de Jesus, que tiveram início nesta noite. A igreja já se reveste de luto e tristeza, desnudando os altares (quando são retirados todos os enfeites, toalhas, flores e velas). Todos esses gestos são realizados para simbolizar que Jesus já está preso e consciente do que vai acontecer.

Sexta-feira Santa

Dia em que a Igreja recorda a morte de Jesus. É celebrada a Solene Ação Litúrgica, Paixão e a Adoração da Cruz. A recordação da morte de Jesus consiste em quatro momentos: A Liturgia da Palavra, Oração Universal, Adoração da Cruz e Rito da Comunhão.

Leia mais:  Gabarito preliminar do Concurso da Assistência Social já está disponível

Sábado Santo

É um dia de espera, silêncio, perseverança no jejum. Os cristãos, junto ao sepulcro de Jesus, aguardam por sua ressurreição.
No final do sábado é celebrada a Solene Vigília Pascal, que se inicia com a Bênção do Fogo Novo e do Círio Pascal. Durante a Vigília, proclama-se a Páscoa através do canto do Exultet e faz-se a leitura de 14 passagens da Bíblia, percorrendo toda a história da salvação. Canta-se o Glória e o Aleluia, que não foram entoados durante todo o período quaresmal, e a celebração é encerrada com a Liturgia Eucarística.

Domingo Santo

É o momento mais importante para a fé cristã. Dia em que Jesus vence a morte e ressuscita. A Páscoa é estendida por mais cinquenta dias, até o Domingo de Pentecostes.

Acompanhe a Semana Santa no Santuário da Mãe Aparecida por meio das
transmissões realizadas no Facebook e Youtube.
Domingo de Ramos:
Segunda-feira Santa: 19h
Terça-feira Santa: 19h
Quarta-feira Santa: 19h
Quinta-feira Santa: 15h e 19h
Sexta-feira Santa: 10h, 14h, 16h e 19h
Sábado Santo: 19h
Domingo de Páscoa: 9h, 11h e 19h

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

AL e polícia civil já investigam denúncias de maus tratos e negligência em hospital de Cuiabá

Publicado

Além da Polícia Civil que já abriu investigação contra o Hospital São Judas Tadeu para averiguar denúncias de negligência e maus-tratos contra pacientes, a Câmara Municipal de Cuiabá também vai apurar a situação diante da gravidade dos relatos feitos pela técnica de enfermagem, Amanda Delmondes Benício. Até o momento, os casos de quatro pacientes já são de conhecimento público.

Na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Elizeu Nascimento (PSL) apresentou requerimento, na sessão do dia 5 de abril, para que a técnica de enfermagem compareça ao Legislativo Estadual para esclarecer as graves denúncias feitas por ela num boletim de ocorrência na Polícia Civil e também em entrevistas para a imprensa. Depois que a profissional de saúde, que trabalhou durante 50 dias no hospital particular, denunciou o caso na Polícia Civil e na imprensa, familiares de alguns pacientes também estão registrando ocorrências policiais e buscando veículos de comunicação para relatar situações semelhantes.

A delegada Luciani Barros Pereira de Lima conduz a investigação preliminar instaurada pela Delegacia da Capital, situada no bairro Planalto. Ela ouviu a técnica de enfermagem no dia 7 de abril e garante que todas as denúncias feitas pela profissional serão apuradas.

Segundo informações, a Polícia Civil já teria conhecimento de pelo menos sete boletins de ocorrência registrados por familiares de pacientes vítimas de maus-tratos no Hospital São Judas Tadeu. Dentre os pacientes que passaram pelo hospital no período em que Amanda Delmontes ainda trabalhava no local, e que segundo ela, sofreram maus-tratos e foram negligenciados, estão o major da Polícia Militar, Thiago Martins de Souza, de 34 anos, que morreu em decorrência de complicações da Covid-19, na madrugada do dia 3 e o professor Toshio Doi, de 68 anos, que faleceu na madrugada do dia 10.

Leia mais:  Natal da Gente segue com programação até o dia 06 de janeiro em Cuiabá

A técnica de enfermagem Amanda Delmondes afirmou que o professor Toshio Doi foi outra vítima de maus-tratos até ela intervir na situação. “No caso do senhor Toshio, tem a câmera, eu deixei a porta aberta e falei: vocês não vão deixar ele morrer não. Ele caiu da cama, eu fiz uma conchinha nele com lençol, a moça que recolhe sangue falou que vocês não podem fazer isso, ele não tem uma gase, mas eu vou tirar a gaze dele. Ela foi na sala do médico que só mandou levar. Pegou uma maca sem colchão, sem nada, eu ainda coloquei um travesseiro para que a cabeça dele não batesse. Ele estava roxo desfalecendo. O fisio falou que ele estava com a nova bactéria e nada poderia ser feito. Eu falei: pode sim”, contou ela.

Em nota, o presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, Juca do Guaraná Filho (MDB), confirmou que a Casa vai apurar as denúncias. Ele solicitou ao presidente da Comissão Permanente de Saúde, Previdência e Assistência Social, o vereador Dr. Luiz Fernando (Republicanos), para apurar denúncia de suposto maus-tratos que o servidor Toshio Doi e outros pacientes teriam sofrido bem como as demais denúncias feitas contra o hospital.

Leia mais:  Mais de 500 mudas serão plantadas pelo Verde Novo neste sábado (11)

DIÁRIAS DE ATÉ R$ 10 MIL 

Em entrevista à TV Cidade Verde, uma mulher que tinha familiar internado do no Hospital São Judas Tadeu, relatou que além de pagar R$ 10 mil na diária, ainda era preciso pagar medicamentos à parte se houvesse necessidade de inclusão no tratamento. Além, disso segundo ela, era cobrado mais R$ 150 por dia somente para alimentação do paciente.

Além da PC, Assembleia e Câmara de Cuiabá, o Conselho Regional de Medicina e também de Enfermagem apuram as denúncias. O hospital segue funcionando normalmente.

por: Folha Max

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana