conecte-se conosco


Cidades

Numerólogo Marcio Mussel, vem a Cuiabá com Palestra em busca do meu caminho.

Publicado

Palestrante, consultor em desenvolvimento humano com foco espiritual Brasileiro. Marcio Mussel é numerólogo, ciência tão antiga quanto à história do universo.

A Numerologia era conhecida pelos fenícios, babilônios, egípcios, gregos, romanos, chineses, árabes e caldeus, ensinada e praticada desde os mais remotos tempos, tendo atravessado os períodos mais tormentosos da vida do planeta.

Após uma experiência de 17 anos, transitando por empresas de médio e grande porte atuando na área de Treinamento, Marcio Mussel  decide iniciar em 1984 uma nova jornada pessoal, profissional e espiritual dirigida especificamente à evolução da alma humana. Atualmente dedica-se profissionalmente ao campo da Numerologia e Kabbalah, integrando a sensibilidade intuitiva ao conhecimento oculto dos números  com a finalidade única de auxiliar as pessoas no processo de expansão da consciência e o encontro com o  coração.

Entre as diversas consultas que realiza o numerólogo é conhecido em todo país pelo trabalho do Mapa Numerológico um poderoso instrumento de diagnóstico, elaborado a partir do nome completo e data de nascimento da pessoa. Sua interpretação requer profundidade, intuição, cultura esotérica, habilidade associativa, além do compromisso de ajuda ao próximo. A proposta básica é facilitar a compreensão dos fatos da vida com a mudança nos padrões do viver, dependendo unicamente do livre-arbítrio de cada um.

Leia mais:  Titular da Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico conhece modelo de gestão da CEAGESP

Márcio tem agenda confirmada ainda neste primeiro semestre na Capital Mato-grossense Com a Palestra, “Em busca do meu Caminho”, como identificar o caminho da vida através da Numerologia.

No dia 26 de Abril, às 19h no auditório do SENAI – Avenida 15 de novembro, na região do bairro do Porto. Os convites estão sendo vendidos em diversos pontos da cidade e podem ser adquiridos pelos telefones; 98175-0246 / 99928-4172/ 99900-9023.

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Mais de 12 mil mídias piratas são apreendidas em Ação Integrada de fiscalização

Publicado

por

Divulgação

O Procon Municipal foi parceiro mais uma vez da ação de fiscalização da Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor (Decon), deflagrada nesta terça-feira (21), no combate a pirataria na capital.

Por meio de uma operação integrada, mais de doze mil mídias piratas, entre CD’s e DVD’s, foram apreendidos no local conhecido como “Shopping China”, no Centro de Cuiabá. O estabelecimento é formado por várias pequenas lojas, denominadas “boxes” de comercialização de produtos, sendo dois pontos alvos da operação.

Os fiscais do Procon realizaram autos de constatação e de infração dos produtos apreendidos no estabelecimento. “Ao Órgão de Defesa dos Direitos do Consumidor de Cuiabá, cabe toda parte administrativa. Será aberto um processo e em seguida a notificação dos proprietários, sendo dado um prazo de dez dias para apresentação da defesa. Apesar de comum entre a sociedade, a prática de vender mídias piratas é crime e não se admite a aplicação do princípio da adequação social”, informou o secretário adjunto de Defesa do Consumidor, Gustavo Costa.  

Leia mais:  Defesa Civil alerta população para alguns cuidados nesse período de chuvas

De acordo com o titular da Decon, Antônio Carlos Araújo além de comercializar os produtos ilícitos, os proprietários dos boxes também não possuíam alvará de funcionamento. ”Os envolvidos com o comércio irregular serão interrogados, sendo instaurado inquérito policial para apuração da conduta e responsabilização dos envolvidos”, destacou o delegado.  

“As pessoas devem ficar atentas e logo desconfiar ao depararem com produtos, sendo vendidos a preços bem diferentes do que regularmente são encontrados no mercado. Muitos lojistas estão utilizando da prática irregular de propaganda enganosa, de forma a atrair os clientes, o que se configura como crime e está em desacordo com o Código de Defesa do Consumidor. Ao perceberem casos semelhantes, as pessoas devem procurar o Órgão de Defesa do Consumidor para fazer a denúncia”, conclui o secretário.

Para concluir, o secretário reforça ainda que além do prejuízo na arrecadação de impostos, a pirataria ainda gera desemprego, desencadeia prática de concorrência desleal e alimenta o crime organizado.

 

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana