conecte-se conosco


Agricultura

Novo laboratório tem o maior nível de biossegurança para patógenos agrícolas e animais.

Publicado

Além de referência de diagnóstico, pode apoiar pesquisas acadêmicas, resultando na descoberta de novas vacinas e métodos de detecção de doenças. Inauguração será no dia 7.
O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) vai inaugurar no dia 7 de dezembro, em Campinas (SP) o primeiro laboratório da América do Sul de alta segurança para diagnóstico de doenças aviárias, localizado dentro do Laboratório Nacional Agropecuário (Lanagro/SP). O novo centro de análises possui nível de biossegurança 3 AG (agricultura), o mais alto nível de biossegurança para laboratório que trabalha com patógenos agrícolas e animais.

A nova unidade irá aumentar a capacidade de diagnóstico do Lanagro, possibilitando melhor atendimento ao setor produtivo nacional e internacional. O projeto foi focado na identificação de doença de aves, mas concebido para ser multipropósito, podendo ser utilizado para diagnóstico de outras doenças dos animais, em caso de necessidade.

Nos 300 metros quadrados de área biocontida (que impede escape de vírus), será executado, de forma segura, o circuito completo de isolamento e definição do grau de multiplicação de microrganismos. A utilização de métodos moleculares possibilitará a identificação rápida de doença em caso de emergência sanitária.

Leia mais:  Arábia Saudita vai importar do Brasil material genético bovino e avícola.

Além de ser unidade de referência para o diagnóstico animal, o laboratório pode apoiar pesquisas acadêmicas, resultando na descoberta de novas vacinas e métodos de detecção de doenças.

A localização da unidade é estratégica, devido a sua proximidade com o Aeroporto Internacional de Viracopos, que agiliza o recebimento de amostras para análise laboratorial.

O Lanagro SP, onde foi instalada a nova unidade, já é reconhecido pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) como um dos dez laboratórios do mundo a atuar como referência no diagnóstico da Influenza Aviária e Doença de Newcastle.

Hub Laboratorial

A Secretaria de Defesa Agropecuária (SDA) trabalha na implantação do sistema Hub Laboratorial para centralizar todas as informações de amostras dos seis Lanagros existentes e da rede de 450 laboratórios credenciados no país. A cada ano, são feitas cerca de 33 milhões de análises laboratoriais pela rede do Mapa e credenciados. O secretário de Defesa Agropecuária, Luis Rangel, avalia que o Hub irá proporcionar maior grau de transparência, reivindicado por importadores. O sistema é voltado ao combate de fraudes ou quaisquer desvios de finalidade em análises laboratoriais. O foco inicial do sistema são as análises de Salmonella e Listeria em carcaças de frango.

Leia mais:  Safra pode repetir recorde com 238,4 milhões de toneladas

O Hub Laboratorial vai rastrear as amostras desde a coleta na propriedade até o resultado final da análise. As informações serão acessadas em tempo real, com acompanhamento da custódia da amostra (guarda), manutenção do material, insumos aplicados, análises realizadas, permitindo o controle e a auditoria de todas as ações envolvidas. Os laboratórios, por sua vez, poderão planejar melhor seu trabalho.

Mais informações à Imprensa
Coordenação geral de imprensa
[email protected]

Comentários Facebook
publicidade

Agricultura

PNUD e Governo abrem oportunidade de consultoria na área de agricultura familiar

Publicado

por

O objetivo da consultoria é a construção do Sistema Estadual Integrado da Agricultura Familiar (SEIAF MT)

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), órgão da Organização das Nações Unidas (ONU), e o Governo de Mato Grosso, no âmbito do projeto Parceria para Economia Verde em Mato Grosso (PEV-MT/PAGE), lançaram o processo de seleção para contratação de consultor visando à construção de proposta metodológica para o desenvolvimento, implementação e operacionalização do Sistema Estadual Integrado da Agricultura Familiar (SEIAF MT). O prazo final para o envio das propostas é nessa sexta-feira, 14/12, e o edital pode ser acessado pelo link http://www.br.undp.org/content/brazil/pt/home/operations/jobs.html.

O SEIAF MT é um proposta contida no Plano Estadual da Agricultura Familiar – PEAF MT (http://www.seaf.mt.gov.br/PEAF) para implementação da Política Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável da Agricultura Familiar (Lei Estadual nº 10.516 de 2017) e do próprio Plano por meio da integração de instâncias governamentais e não governamentais, municipais, estaduais e federais, que tenham atuação com a agricultura familiar de Mato Grosso.

O SEIAF MT proposto é um Sistema Estadual inédito no Brasil, assim como existe em âmbito federal o Sistema Único de Saúde (SUS), Sistema Único de Assistência Social (SUAS) e o Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (SISAN), por exemplo. Um sistema no sentido colocado é um conjunto de elementos que se interligam com vistas ao cumprimento de um fim, nesse caso, a implementação de uma política pública.

Leia mais:  Safra pode repetir recorde com 238,4 milhões de toneladas

Na prática, o SEIAF MT será instituído por meio de um Decreto Governamental e operacionalizado via portarias emitidas pela Secretaria de Estado de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários (SEAF) que o coordenará. Para que o Sistema seja implementado, há necessidade de apoio de consultoria para definir seus componentes e atribuições, o funcionamento e operacionalização (protocolos, manuais operativos, fluxos de gestão), e a forma de adesão dos municípios ao Sistema, incluindo a orientação para a adesão e estruturação dos elementos municipais necessários para tal.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana