conecte-se conosco


Carros e Motos

Novo BMW Série 3 entra em pré-venda no Brasil, com entregas agendadas para março

Publicado


Salto entre a antiga geração e o novo BMW Série 3 deve ser o maior atrativo para os fãs da marca
Divulgação

Salto entre a antiga geração e o novo BMW Série 3 deve ser o maior atrativo para os fãs da marca

Apresentado no Automóvel, no São Paulo Expo, em novembro último, o novo BMW Série 3 começa a ser vendido no Brasil. A marca abre a pré-venda do sedã na versão 330i M Sport, a mais cara da linha por enquanto, tabelada a R$ 269.950, com entregas esperadas para março. A fabricante ainda confirma que irá vender o sedã na versão 330i Sport por R$ 219.950, mas apenas em junho.

LEIA MAIS: BMW X5: novo SUV inicia pré-venda no Brasil com uma série de novidades

Segundo afirma Roberto Carvalho, diretor comercial da BMW do Brasil: “somos um dos primeiros mercados globais a oferecer o novo BMW Série 3 e ele chega com mais tecnologia e ainda maior prazer de dirigir. Com desenvolvimento de tecnologias de conectividade no Brasil, feitas pela nossa engenharia local, tenho certeza que vamos emocionar ainda mais nossos clientes”.

Equipamentos do novo BMW Série 3


Novo BMW Série 3 traz mais equipamentos, adequando-se à nova geração de tecnologia e conectividade da marca alemã
Divulgação

Novo BMW Série 3 traz mais equipamentos, adequando-se à nova geração de tecnologia e conectividade da marca alemã

O novo Série 3 é vendido com o motor 2.0 turbo, de quatro cilindros, na versão 320i Sport de 184 cv e 30,6 kgfm, enquanto o 330i M Sport conta com 258 cv e 40,7 kgfm. Há, ainda, a versão M340i, com o 3.0 turbo de seis cilindros, que produz 387 cv, mas esta ainda não foi confirmada para o Brasil. Todos eles utilizam câmbio automática Steptronic, de 8 marchas e tração traseira.

Leia mais:  Saiba quais são os 5 compactos mais econômicos até R$ 45 mil

LEIA MAIS: BMW Série 7 2020 é revelado  por completo, após vazamento de imagens

De série, o 330i vem equipado com seis airbags, faróis full-LED, luzes de neblina em LED, controle de estabilidade e tração, pneus run-flat, ar-condicionado digital automático de três zonas, bancos dianteiros esportivos com ajuste elétrico e apoio lombar, teto solar elétrico, abertura do porta-malas por sensor, sistema de som HiFi, rodas de liga leve de 18 polegadas e central multimídia ConnectedDrive com conexão 4G através de um cartão SIM.

LEIA MAIS: BMW X7 é revelado por completo. Mas não estará no Salão do Automóvel

O pacote M Sport ainda adiciona sistema de som da Harman-Kardon, head-up display colorido, assistente de farol alto, fechamento automático do porta-malas, freios e suspensão M Sport, spoilers e saias laterais exclusivas, volante M de couro, rodas de liga leve de 19 polegadas e o painel de instrumentos digital de 12,3 polegadas.

LEIA MAIS: BMW Série 3 estreia nova geração no Salão do Automóvel de 2018

Um dos destaques do novo BMW Série 3 é a adição de um assistente pessoal que responde por comandos de voz. O usuário pode pedir informações sobre o carro e dar comandos como mudar a temperatura do ar-condicionado. A BMW diz que o sistema foi adaptado para funcionar em português. A central multimídia agora está sempre conectada à internet, permitindo obter informações de trânsito em tempo real, enviar dados de manutenção do veículo para a central da marca e outros.

Leia mais:  BMW Série 7 2020 é revelado oficialmente por completo, após vazamento de imagens

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
publicidade

Carros e Motos

Range Rover Sport HST estreia motor, 3.0 de 6 cilindros, eletrificado

Publicado

por


Range Rover Sport chega com novo conjunto mecânico pensado para entregar suavidade, eficiência e confiabilidade
Divulgação

Range Rover Sport chega com novo conjunto mecânico pensado para entregar suavidade, eficiência e confiabilidade

A Land Rover lança a série especial HST do SUV Range Rover Sport. Segundo a marca, a novidade se destaca por combinar o novo motor 3.0 de 6 cilindros em linha da família Ingenium a um sistema híbrido leve. O lançamento representa, com este tipo de hibridização, o primeiro passo para consolidar o plano da marca britânica de oferecer uma versão eletrificada em cada gama a partir de 2020. De acordo com a marca, ainda não há previsão de chegada do carro ao Brasil.

LEIA MAIS: Range Rover Velar SVAutobiography é lançado com motor de 550 cv

Desenvolvido e produzido em Wolverhampton (Reino Unido), o novo motor do Range Rover Sport aposta nos recursos de tecnologia e substitui o V6 usado até então pelo grupo. A marca diz que os motores de seis cilindros em linha são melhor balanceados do que os modelos V6 e, neste caso especificamente, promete otimizar a eficiência energética em todas as condições de operação.

Leia mais:  Confira 5 passos, os cuidados e o que fazer para uma boa compra de seminovo

LEIA MAIS: Range Rover de mais de R$ 1 milhão chega com tudo o que dá em luxo

Entre outras sofisticações, o motor do SUV premium traz sistema de sobrealimentação com dois turbos e um compressor volumétrico elétrico, além do sistema híbrido leve que faz uso de um pequeno motor elétrico para auxiliar na redução do consumo e garantir força extra em situações de alta demanda. Segundo a marca, desenvolve um total de 400 cv e 56 kgfm, capazes de uma aceleração de 0 a 100 km/h em 6,2 segundos, velocidade máxima de 225 km/h, consumo de 10,7 km/l, reduções de 12% nas emissões de CO2 e 75% na emissão de partículas.

LEIA MAIS: Land Rover Discovery Sport e Evoque, feitos no Brasil, ganham motor 2.0 flex 

Conjunto de última geração no Range Rover Sport


Range Rover Sport estreia o sistema híbrido rm conjunto com o motor seis cilindros em linha. Veja o que a marca tem a dizer
Divulgação

Range Rover Sport estreia o sistema híbrido rm conjunto com o motor seis cilindros em linha. Veja o que a marca tem a dizer

Segundo os executivos da Land Rover declaram: “Os recursos avançados, incluindo um supercharger elétrico, garantem desempenho e respostas para o Range Rover Sport, enquanto o sistema inteligente MHEV coleta energia para melhorar a economia de combustível e reduzir as emissões”. A novidade está estreando neste momento do Range Rover Sport, mas certamente chegará a outros modelos do grupo em breve.

Leia mais:  Vendas de automáticos no Brasil vão superar as de manuais em 2019

LEIA MAIS: Range Rover Evoque passa a ter versão de luxo Autobiography, com 290 cv

As vendas do Range Rover Sport acabam de ser iniciadas no Reino Unido, com preço de 81 mil libras (cerca de R$ 389.500 numa conversão direta). No visual, as novidades da série incluem capô em fibra de carbono, bancos dinâmicos elétricos com 16 opções de ajuste, pinças de freio vermelhas, detalhes cromados e paleta de cores com as tonalidade Santorini Black, Fuji White, Indus Silver, Firenze Red e Carpathian Grey. As novidades eram o que o consumidor da marca esperava, uma vez que já necessitava de uma atualização.

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana