conecte-se conosco


Cidades

Nova linha de ônibus é implantada para atendimento da demanda do HMC

Publicado

Luiz Alves

A prefeitura de Cuiabá criou a linha de ônibus 251 para atender a demanda de transporte coletivo do Hospital Municipal de Cuiabá – Dr. Leony Palma de Carvalho, que teve sua sexta e última etapa inaugurada nesta segunda-feira (18).

A medida, adotada pela Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), possibilitará uma maior agilidade no percurso que sai da Estação Alencastro, no centro de Cuiabá, direto para o hospital.

De acordo com a Semob a previsão é de que a nova linha atenda, a partir desta quarta-feira (20), cerca de 2 mil passageiros por dia. “Para a localidade já existia a linha 380, recentemente inaugurada, que liga a região do CPA, Jardim Vitória, Rodovia Emanuel Pinheiro sem passar pelo centro, ao HMC. Outra que já fazia a rota é a 250, que também saí da Estação Alencastro, passa pela unidade hospitalar e finaliza a viagem no Terminal da Antártica”, comenta o secretário de Mobilidade Urbana, Antenor Figueiredo.

Segundo o diretor da Pasta, Nicolau Budib, ainda continua em análise o incremento de novas linhas para atendimento da demanda da região. Caso haja maior necessidade, o aumento na circulação ou a colocação de mais ônibus será adotado pelo Município.

Leia mais:  Mais de 13 mil candidatos farão prova objetiva no próximo domingo, 1º de dezembro

“Agora, com o HMC funcionando em sua totalidade, sabemos que o fluxo será bem maior. Por isso, de imediato já colocamos essas linhas à disposição da população. É claro que este é um primeiro passo dentro de nosso planejamento de mobilidade e continuamos observando o desempenho. Nossa intensão é sempre garantir ao usuário a maior celeridade e conforto possível durante a viagem e, nesse sentido, também instalamos um ponto de embarque e desembarque dentro do hospital”, explica o diretor. 

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Seminário discute inclusão a programas do Governo Federal e permanência no campo

Publicado

por

Davi Valle

Agricultores familiares, pesquisadores e especialistas no setor se reuniram no 4º Seminário de Agricultura Familiar de Cuiabá, na quarta-feira (4). O evento, promovido pela Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, discutiu as alterações mercadológicas e o acesso de produtores da Baixada Cuiabana a programas do Governo Federal.

De acordo com a titular da Pasta, Débora Marques, o encontro está em consonância com as principais demandas do setor, acompanhando seus processos de inclusão e transformação. “O olhar direcionado a este nicho demonstra que a Prefeitura tem responsabilidade, o que possibilita que a Secretaria preste assistência técnica lá na ponta, colocando em diálogo os produtores e as entidades de pesquisa”, disse.

Na ocasião também foi lançada a revista Saberes da Terra, com um balanço das ações voltadas ao setor e orientações aos produtores. “Acreditamos que o diálogo seja o melhor caminho para que possamos atender a estas demandas e agora esta proposta foi coroada com a revista. Ela servirá como uma ferramenta para informação dos agricultores e manterá este canal de contato aberto com a Secretaria.”

Leia mais:  Donos de trailers têm mais 90 dias para deixarem avenida 'point' de Várzea Grande

O Seminário contou com apoio da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e Empresa Mato Grossense de Pesquisa Assistencia e Extensao Rural (EMPAER), que enviaram especialistas para ministrar palestras. Assim, ao longo da manhã foram abordados temas como a Agricultura Familiar em Âmbito Nacional; Crédito Rural e Como Aumentar o Número de Jovens no Campo.

O representante do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) em Mato Grosso, José de Assis Guaresqui, destaca a importância da valorização da agricultura familiar, responsável por suprir as demandas urbanas. “O destaque que temos na balança comercial não se restringe à produção em larga escala, e este olhar para o pequeno é fundamental para que possamos avançar.”

Também participaram do evento os vereadores Vinícius Hugueney, Orivaldo da Farmácia e Luís Claudio; o presidente do Sindicato Rural de Cuiabá, Celso Nogueira; o representante do Sicred, Osvaldo Biazi e a coordenadora do SIM de Várzea Grande, Kely Enciso.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana