conecte-se conosco


Brasil / Mundo

Nissan é quinta montadora a paralisar produção no Brasil e dará férias coletiva

Publicado

A montadora Nissan informou nesta quarta-feira (24), em nota, que vai adotar férias coletivas em seu complexo industrial de Resende, no Rio de Janeiro, paralisando a produção entre os dias 26 de março e 9 de abril. O motivo é o agravamento da pandemia do novo coronavírus. É a quinta montadora a anunciar a interrupção nas linhas de produção no país.

“Buscando garantir a segurança de seus funcionários como parte do esforço de reduzir o impacto da pandemia, adaptar a empresa ao cenário atual dos desafios enfrentados pelo setor automotivo e garantir a continuidade do negócio, a Nissan decidiu adotar férias coletivas em seu complexo industrial de Resende de 26 de março a 9 de abril”, informou a empresa em nota.

Segundo a montadora, a produção será retomada no dia 12 de abril.

Volkswagen , Scania e Volvo também já anunciaram a paralisação da produção nas fábricas do ABC paulista nos próximos dias. Nesta terça-feira (23), a alemã Mercedes-Benz também informou que vai parar a fabricação de veículos nas fábricas de São Bernardo do Campo, no ABC paulista, e em Juiz de Fora, Minas Gerais, por conta da pandemia de Covid-19.

Leia mais:  CCJ da Câmara aprova admissibilidade da proposta de reforma tributária

Além da pandemia, as montadoras enfrentam falta de algumas peças, o que também vem comprometendo a cadeia produtiva.
Fonte: Economia

Comentários Facebook
publicidade

Brasil / Mundo

Lula ultrapassa Bolsonaro na corrida para 2022

Publicado

A nova rodada da pesquisa XP-Ipespe sobre a disputa presidencial para 2022 mostra que, a cerca de um ano e meio da eleição presidencial de 2022, o ex-presidente Lula e o presidente Jair Bolsonaro permanecem tecnicamente empatados na liderança, mas agora com o petista numericamente à frente. Ele tem 29% das intenções de voto ante 28% de Bolsonaro. Sergio Moro e Ciro Gomes vêm na sequência, com 9% cada. No levantamento anterior, Lula tinha 25%, e Bolsonaro, 27%. Nas simulações de segundo turno, Lula também está numericamente à frente de Bolsonaro, com 42% a 38% — na pesquisa do início de março, Bolsonaro tinha 41% e Lula, 40%. Em outros cenários testados, o presidente Bolsonaro aparece empatado com Moro, ambos com 30%, e com Ciro Gomes, ambos com 38%. Foram realizadas 1.000 entrevistas de abrangência nacional nos dias 29, 30 e 31 de março. A margem de erro máxima é de 3,2 pontos percentuais para o total da amostra.

Comentários Facebook
Leia mais:  Governo explica: como saber se CPF foi usado por terceiros
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana