conecte-se conosco


Esportes

NBA House chega a São Paulo com experiência única para o fã de basquete

Publicado


fachada nba house
Flavia Matos/ IG

NBA House 2019 abre em São Paulo no próximo dia 30 de maio

Na próxima quinta-feira (30) começa a série final da NBA entre Golden State Warriors e Toronto Raptors e neste mesmo dia, na cidade de São Paulo abre a NBA House, localizada no estacionamento do Shopping Eldorado (Avenida Rebouças, 3.970 – Pinheiros), zona sul da capital.

Leia também:  Vice-presidente do Cruzeiro faz ameaças a reporter durante entrevista; assista

Com telões, exposição do troféu Larry O’Brien, camisas e tênis históricos e várias ativações de marcas parceiras, os fãs do basquete terão uma experiência única na NBA House
2019.

“A casa foi desenhada nos mínimos detalhes, pensada com carinho em cada espaço para garantir que o público viva experiências únicas no universo da NBA. Vamos receber os fãs aos finais de semana, com uma programação que mistura diversão, entretenimento, paixão e inovação, e à noite, para acompanhar os jogos das finais da liga
. Vamos surpreender, a NBA House vai fazer história em São Paulo”, afirma o Head da NBA no Brasil, Rodrigo Vicentini.

A expectativa dos organizadores é que o espaço receba 25 mil pessoas entre o dia 30 de maio e 16 de junho. Ao todo são 3.000 m² divididos em piso elevado e piso térreo. Os fãs terão acesso a bebidas (água e cerveja Budweiser) e comidas.

Apesar dos últimos dois anos o público de São Paulo ter frequentado o espaço NBA Finals, na Avenida Paulista, essa é a primeira vez que a NBA House aterrissa no Estado. Só existiram seis edições desse evento até o momento (Londres, Madrid, Nova York/Brooklyn e Rio de Janeiro).

Leia mais:  “Somos uma vergonha como país”, diz Benedetto sobre final fora da Argentina

Atrações principais


mascote atlanta hawks
Reprodução

“Harry, the Hawk” é o mascote do Atlanta e estará na NBA House 2019

Além da partida entre Warriors x Raptors
, os fãs de basquete poderão ver de perto o “Harry, The Hawk”, o mascote do Atlanta Hawks, dançarinas do Los Angeles Lakers (Lakers Girls) e do Chicago Bulls (Luvabulls), o time de enterradas do Hawks e Chicago, além de influenciadores digitais do ramo e cantores como o rapper Filipe Ret, MC Soffia e Manu Gavassi.

Na casa também tem espaço interativo para quem curte vídeo games com realidade aumentada; um circuito de velocidade em que o torcedor pode mostrar suas habilidades; um espaço Nescau para o jogo um contra um, além de uma quadra de basquete para treinar uns arremessos.

Os pais podem levar seus filhos para a casa. Lá existe um espaço kids com piscina de bolinhas, oficina de Slime, pintura, mini-tabela e muito mais.

Como bônus, quem visitar a NBA House 2019 terá a oportunidade de ver bem de perto o troféu Larry O’Brien,
entregue ao time campeão da temporada. Camisas de jogadores consagrados como Magic Johnson, Michael Jordan, Larry Bird e Julius Erving, além de tênis e bolas especiais, estão no setor de memorabilia
.

Na saída, o torcedor passa por dentro da NBA Store que conta com diversos artigos da liga como camisetas oficiais, camisas de times, bonés, bolsas, canecas, meias, toucas e muitos outros. Também tem tamanho infantil.

Leia mais:  Hungria e Austrália empatam na Copa do Mundo sub-17

Leia também: Jejum e oração: O Ramadã interfere no desempenho de atletas muçulmanos?

Para quem gosta de basquete a NBA House
é um prato cheio. Confira abaixo os valores dos ingressos e disponibilidade de datas. Para comprar clique aqui
.

  • Fan Day (fins de semana com programação diurna) R$ 50,00 inteira e R$ 25,00 meia-entrada
  • Game Night (noites de exibição dos jogos) R$ 150,00 inteira e R$ 75,00 meia-entrada

PROGRAMAÇÃO

30 de maio

Game Night – JOGO 1 – a partir das 19h

1° de junho

1ª sessão Fan Day – 14h30min – 17h30min
2ª sessão Fan Day – 18h às 21h

2 de junho

1ª sessão Fan Day – 14h30min – 17h30min
Game Night – JOGO 2 – a partir das 19h

5 de junho

Game Night – JOGO 3 – a partir das 19h

7 de junho

Game Night – JOGO 4 – a partir das 19h

8 de junho

1ª sessão Fan Day – 14h30min – 17h30min
2ª sessão Fan Day – 18h às 21h

9 de junho

1ª sessão Fan Day – 14h30min – 17h30min
2ª sessão Fan Day – 18h às 21h

10 de junho

Game Night – JOGO 5* – a partir das 19h

13 de junho

Game Night – JOGO 6* – a partir das 19h

15 de junho

1ª sessão Fan Day – 14h30min – 17h30min
2ª sessão Fan Day – 18h às 21h

16 de junho

1ª sessão Fan Day – 14h30min – 17h30min
2ª sessão Fan Day** – 18h às 21h
Game Night – JOGO 7* – a partir das 19h

* se necessário

** caso não tenha JOGO 7

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Fórmula 1 cancela GP Brasil este ano em Interlagos

Publicado

A Fórmula 1 cancelou hoje (24) o Grande Prêmio (GP) do Brasil que ocorreria em 15 de novembro. Será a primeira vez, desde 1973, que a corrida não será realizada no país. O anúncio feito nesta sexta-feira (24) por meio de nota oficial da  Fórmula One Management, organizadora do evento. 

Além do GP do Brasil no autódromo de Interlagos, também foram cortadas da temporada deste ano outras três provas: Canadá, Estados Unidos e México. As corridas estavam previstas para acontecer entre outubro e novembro, com exceção do GP do Canadá, que seriam em em junho.

O prefeito da cidade de São Paulo, Bruno Covas, comentou a decisão durante coletiva de imprensa sobre a situação da pandemia do novo coronavírus (covid-19), em São Paulo. Covas disse que a prefeitura vai respeitar a decisão dos organizadores da Fórmula 1. No entanto, ressaltou que a capital paulista, em novembro, estará em situação melhor do que nas cidades onde já ocorreram corridas este ano. Covas afirmou ainda que as tratativas pra renovação do contrato da Fórmula 1 em Interlagos no ano que vem continuam. O contrato termina este ano.

No início deste mês, o chefe da Mercedes, o austríaco Toto Wolff, já havia se pronunciado sobre a inviabilidade de realização do GP no país. Na ocasião, ele revelou o teor da conversa que teve com o diretor executivo da F1, o norte-americano Ross Brown, sobre o risco de realizar o GP no Brasil diante do descontrole da pandemia do novo coronavírus (covid-19) no país.

Leia mais:  Coluna – Para uns, um avanço. Para outros, um tormento

Por meio de mensagem publicada o Twitter, os organizadores comentaram a decisão.

“Com a pandemia da COVID-19 em curso, significa que, infelizmente, não será possível competir no Brasil, EUA, México e Canadá este ano. Esperamos voltar na próxima temporada para as Américas para fazer um show para nossos fãs apaixonados da região.” e ainda completou em nota publicada no site – “Também queremos prestar homenagem aos nossos incríveis parceiros nas Américas e esperamos voltar com eles na próxima temporada, quando mais uma vez conseguirem emocionar milhões de fãs ao redor do mundo.”

Por meio de nota oficial, a  assessoria de comunicação da empresa Interpub, responsável pelo GP Brasil, disse: “Sobre as notícias divulgadas hoje, 24/07/2020, dando conta do cancelamento do GP Brasil de Fórmula 1 e das demais corridas das Américas, comunicamos que não recebemos até o presente momento nenhuma comunicação oficial da Federação Internacional de Automobilismo e, dessa forma, não poderemos nos manifestar”.

A Fórmula 1 deveria iniciar em março, mas teve de ser adiada por causa da explosão de casos de covid-19 pelo mundo. Ao todo, 15 provas já foram afetadas pela insegurança sanitária, sendo que sete delas (Austrália, Mônaco, França, Holanda, Azerbaijão, Cingapura, Japão, Brasil, Canadá, Estados Unidos e México) foram canceladas. Já outras quatro provas acabaram adiadas (Bahrein, Vietnã, China e Espanha).

Leia mais:  “Somos uma vergonha como país”, diz Benedetto sobre final fora da Argentina

Por outro lado, mais três circuitos foram confirmados para a temporada 2020. Em Nürburgring (GP da Alemanha), acontecerá em 11 de outubro. Já o de Portimão (GP de Portugal) aparece como novidade. Ele foi agendado para 25 de outubro, e será a primeira vez que o Circuito Internacional de Algarve sediará uma corrida de F1. O país não recebia um evento de Campeonato Mundial da categoria desde 1996. Por fim, o de Ímola (GP da Emilia Romagna) está marcado para 1º de novembro, na Itália.

Com o calendário revisado devido à pandemia, os organizadores da Fórmula 1 reiteraram o objetivo de completar o Campeonato Mundial com a disputa de 15 a 18 provas. Inicialmente era previsto 22 circuitos. O encerramento da competição deverá acontecer em dezembro, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos.

Por Rafael Monteiro – Repórter da Rádio Nacional – Rio de Janeiro

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana