conecte-se conosco


Cidades

Mulheres se destacam no curso de Pintor de Obras do projeto Qualifica Cuiabá 300

Publicado

Vicente Aquino

As mulheres estão conquistando cada vez mais espaço em áreas que antes eram predominantemente masculinas. O curso de pintor de obras, oferecido pela Prefeitura de Cuiabá, por meio do projeto Qualifica Cuiabá 300, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), teve metade das 60 inscrições feitas por mulheres.

As atividades são realizadas na Unidade do Centro de Referência de Assistência Social (Cras), no bairro Tijucal. Com algumas desistências nas turmas, as mulheres ficaram em maior número no curso.

O principal diferencial da presença feminina no setor da Construção Civil é que elas são muito mais detalhistas e cuidadosas ao manusear um pincel, por exemplo. Quem garante isso é a aluna Sandra Martins, 56 anos. Segundo ela, quando soube do curso, correu para garantir a vaga por se identificar com a pintura. “A princípio, penso em realizar pequenas obras pessoais, alguns retoques em casa, mas se pintar um serviço estou pronta”, comentou.

Sem perder a feminilidade, com muito estilo, unhas pintadas de vermelho, dona Locila Benedita da Silva, 57 anos, conta que está sendo uma experiência fantástica. “Estou amando o curso, nós mulheres temos tudo para despontar no ramo profissional, pois somos muito mais dedicadas, persistentes, mas sem perder o estilo”, comentou.

Leia mais:  Cuiabá-Prev apresenta prestação de contas à Câmara Municipal

Gilsevan Teixeira dos Santos, professor do Senai no curso de Pintor de Obras reforça a estatística de que a presença da mulher nesse ramo de trabalho está aumentando a cada dia. De acordo com o professor e especialista no assunto, as mulheres estão sendo cada vez mais requisitadas que os homens para as atividades que exigem mais paciência e precisão, como o acabamento das obras, revestimentos de partes externas e a finalização dos detalhes. “Quando a preocupação maior é a estética, a ajuda da força feminina faz a diferença. Hoje, elas ocupam cada vez mais espaços profissionais que antes eram considerados masculinos”, destacou.

Na oportunidade, o professor explicou que as aulas são 99% práticas, onde os alunos colocam a mão na massa literalmente. Além disso, conta Gilsevan, por mais que seja um curso de pintor de obras, os alunos aprendem técnicas inovadoras. “Ensino os meus alunos a não serem mais um na área. O segredo é a inovação, tem que ter um diferencial para se destacar no mercado de trabalho”, frisou ele.

Leia mais:  Consumidores já podem solicitar o bloqueio de ligações das empresas de telecomunicações

O projeto que tem como idealizadora a primeira-dama Márcia Pinheiro, sendo coordenado pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Desenvolvimento Humano (Smasdh) em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), tem como principal objetivo oferecer qualificação a população de baixa renda e com risco de vulnerabilidade.

As atividades estão sendo ministradas nos três turnos (manhã, tarde e noite), com uma média de 20 a 30 participantes em cada turma. Nessa 1ª etapa, serão capacitadas 611 pessoas com término previsto para o dia 13 de setembro. A 2ª etapa do projeto já está com as inscrições abertas e podem ser feitas em uma das 14 unidades dos Cras.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Prefeitura divulga a lista dos classificados para o Curso Preparatório Comunitário

Publicado

por

Gustavo Duarte

A Prefeitura de Cuiabá finalizou nessa sexta-feira (20) a relação dos classificados para a segunda edição do Curso Preparatório Comunitário (CPC). A lista conta com 1.554 nomes, que irão participar do intensivão em sete polos distribuídos pelas diferentes regiões da cidade. As aulas inician já nesta segunda-feira (23). 

Nos polos para o qual se inscreveram, os aprovados deverão comparecer com uma fotocópia do seu RG, CPF e comprovante de residência, a fim de efetivar a matrícula. Em caso de aluno menor de 18 anos, a matrícula deve ser feita com o acompanhamento de um responsável. Aqueles que no dia estabelecido, não comparecerem para realização do processo perderão o direito à vaga.

O CPC foi Idealizado com o objetivo de preparar alunos com baixa renda familiar para as provas de vestibulares e também para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). “O curso pode ser feito por estudantes que já concluíram ou ainda concluirão, até dezembro de 2019, o 3º ano do ensino médio da rede pública ou privada. No segundo caso, é necessário que o aluno seja bolsista e comprove tal condição”, explica o coordenador-geral do CPC, professor Claudio Taques, o Pardal.

Leia mais:  Programação alusiva ao Dia Internacional da Mulher se estenderá por todo o mês de março

Conforme o planejamento da Secretaria de Inovação e Comunicação, pasta responsável pela coordenação do CPC, as aulas serão ministradas na Escola Estadual Presidente Médici (vespertino/noturno), na Unic — Beira Rio (vespertino), Unic — Barão (vespertino/noturno), Escola Estadual Dione Augusta Silva Souza (vespertino/noturno), Escola Estadual Dr. Estevão Alves Corrêa (vespertino), Espaço Cultural Silva Freire (noturno), e no bairro Bela Vista (noturno).

Confiara abaixo as listas dos aprovados em cada polo 

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana