conecte-se conosco


Polícia

Mulher grávida é presa transportando cloridrato de cocaína de MT para o Maranhão

Publicado

Assessoria/PJC-MT

Uma jovem grávida, tentando transportar mais de 2 quilos de cloridrato de cocaína para o estado do Maranhão, foi presa pela Polícia Judiciária Civil nesta terça-feira (19.11), no Terminal Rodoviário de Cuiabá.

O trabalho foi realizado por equipes da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE) em conjunto com a Delegacia Especial de Fronteira (Defron). A suspeita, J.L.L., 20 anos, foi autuada em flagrante delito por tráfico interestadual de drogas.

As diligências começaram após troca de informações entre a delegacia de Cuiabá e a do município de Caxias, no estado maranhense, sobre uma pessoa do sexo feminino que havia saída da região da fronteira mato-grossense carregando entorpecente.

Com base nas informações levantadas, policiais civis da DRE passaram a monitorar a Rodoviária de Cuiabá, quando na manhã desta terça-feira (19), conseguiram identificar a suspeita que transportava dois pacotes de cloridrato de cocaína em uma mala.

Entrevistada, a jovem contou que levaria a droga para a cidade de Caxias para ser comercializada, bem como receberia o valor de R$ 2 mil pelo transporte, assim que desembarcasse no Maranhão.

Leia mais:  Polícia Civil cumpre mandado de prisão contra suspeito de crime sexual

Diante dos fatos, J.L.L., que está gestante de seis meses, foi conduzida para a DRE, interrogada e posteriormente autuada por tráfico interestadual de drogas. Após a confecção dos autos, a mulher foi conduzida para audiência de custódia ficando à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Caminhoneiro com CNH falsa e mandado de prisão em aberto é preso pela PRF

Publicado

por

Condutor disse que havia comprado a documentação no estado de São Paulo.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu um homem que conduzia um veículo com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) falsa, na BR 364 em Rondonópolis/MT nessa quarta-feira (3).

A equipe fiscalizava no Km 198, quando abordou um caminhão Atego 2425 que transportava uma carga de laranjas. Ao solicitar os documentos do veículo , o motorista apresentou CNH em seu nome. Durante consultas no sistema, foi constatado que o documento era falso.

Ao ser questionado, o condutor admitiu que havia comprado sua CNH em São Paulo e que possuía os dados de seu irmão.

Após a checagem, também foi encontrado um mandado de prisão em aberto contra o caminhoneiro por associação ao tráfico. Diante disto, L.P. foi encaminhado para a Polícia Federal e o veículo foi conduzido para o pátio da PRF no município.

Fonte: PRF MT
Comentários Facebook
Leia mais:  Delegados da DERRFVA e GCCO são homenageados com Título de Cidadão Mato-Grossense
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana