conecte-se conosco


Esportes

Mulher de Luiz Adriano rouba a cena no Allianz Parque, mas leva puxão de orelha

Publicado

O Palmeiras venceu o Fluminense por 3 a 0 na última terça-feira (10) em jogo adiado da 16ª rodada com um hat trick de Luiz Adriano, que a cada gol marcado olhava para a torcida e fazia um coração com a mão. O motivo? Sua esposa, Ekaterina Dorozhko, estava assistindo de camarote o Alviverde vencer com facilidade o tricolor carioca.

Leia também: Gafe! Luiz Adriano fala sobre seu primeiro gol com a camisa do “Flamengo”

luiz adriano arrow-options
Instagram

Mulher russa do atacante Luiz Adriano


A russa , que vem chamando atenção desde que Luiz Adriano chegou ao Palmeiras , compareceu ao Allianz Parque  com uma calça e um top que deixava sua barriga à mostra, usou as redes sociais para compartilhar uma foto momentos antes da partida e sua beleza voltou a ser assunto, mas o que também foi muito comentado foi o fato dela estar usando um conjunto da Adidas, ex-patrocinador do clube alviverde, que agora é da Puma.

Leia também: Palmeiras acerta contratação de centroavante Luiz Adriano, do Spartak Moscou

“Adidas??? O patrocinador é Puma”, escreveu um torcedor. “Adidas não”, disse outro. “E aí Puma? Patrocina a moça”, comentou outro palmeirense. “Adidas não, agora é puma”, escreveu mais um.


Leia também: Polêmico, Felipe Melo leva vida de empresário fora dos gramados

Leia mais:  Emerson Fittipaldi acumula dívidas com bancos que ultrapassam R$ 23 milhões

Teve até torcedor que reclamou além da conta e viu preto e branco na roupa da mulher de Luiz Adriano . “Preto e branco não”, disse um torcedor, mas logo apareceram outros palmeirenses defendendo a moça.

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Martine Grael e Kahena Kunze estarão em Tóquio 2020

Publicado

por

As campeãs olímpicas Martine Grael e Kahena Kunze garantiram, no último final de semana, a participação na próxima edição dos Jogos Olímpicos. A vaga, em Tóquio, na disputa da classe 49er FX de vela, foi garantida no mundial realizado em Geelong (Austrália).

As brasileiras, que ficaram com o ouro nos Jogos do Rio (2016), carimbaram o passaporte para Tóquio ao terminarem o mundial na 12ª posição.

Além de Martine e Kahena, o final de semana também foi de classificação olímpica para Marco Grael e Gabriel Portilho. Eles defenderão o Brasil na classe 49er ao encerrarem o Mundial de Geelong na 13ª posição.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook
Leia mais:  Multicampeão, lateral Júnior retorna da aposentadoria e assina com Formosa-GO
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana