conecte-se conosco


Cidades

MT tem mais de 1 mil vagas de emprego

Publicado

O Sistema Nacional de Emprego (Sine), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc), inicia a semana com 1.215 vagas de emprego disponíveis. As oportunidades estão espalhadas em diversas áreas nas 28 unidades do Sine instaladas em Mato Grosso.

Em Cuiabá e Várzea Grande, são 168 oportunidades de emprego para as áreas de: motorista entregador, pedreiro, instalador de sistemas eletrônicos de segurança, motorista carreteiro, soldador, atendente de mesa, eletricista, auxiliar de linha de produção, entre outros. Além dessas, 13 vagas são para as Pessoas com Deficiência (PCDs) nas áreas de auxiliar de limpeza, auxiliar administrativo e técnico de suporte ao usuário de tecnologia da informação.

Entre os municípios com mais oportunidades, destaca-se Lucas do Rio Verde (332 km da capital) com 253 vagas nas áreas de assistente de operações audiovisuais, camareira de hotel, esteticista, operador de processo de produção, safrista, servente de obras, professor de inglês, auxiliar administrativo.

Em Sapezal, (559 km da capital) são 234 vagas de emprego. Entre as áreas ofertadas estão, operador de máquina agrícola, auxiliar de agricultura, auxiliar administrativo, trabalhador agropecuário em geral, motorista de caminhão, técnico em segurança do trabalho e vigia.

Leia mais:  NOTA DE ESCLARECIMENTO

No município de Rondonópolis (216 Km da capital) foram disponibilizadas 226 vagas, dentre elas: operador de empilhadeira, vaqueiro, pedreiro, auxiliar de linha de produção, consultor de vendas, auxiliar de armazenamento, borracheiro, caldeireiro soldador.

Conforme o painel de vagas, em Água Boa (741 km da capital) são 85 vagas disponíveis, como: pedreiro, técnico de enfermagem, operador de pá carregadeira, estoquista, recepcionista de hotel, garçom, estoquista e estofador de móveis.

Atendimento

Além do trabalho de intermediação de mão-de-obra, o Sine realiza serviço de habilitação do seguro-desemprego, emissão de carteira de trabalho e previdência social. É preciso verificar na unidade a disponibilidade das vagas, que são ofertadas diariamente.

Os interessados podem comparecer aos postos de atendimento, portando documentos pessoais e comprovante de residência, facilitando os trâmites do atendimento. Procure os postos mais próximos de sua residência.

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Prefeitura publica calendário de pagamento do IPTU; veja datas

Publicado

A Prefeitura de Cuiabá estabeleceu a programação para pagamento do IPTU em 2021, que deve começar a partir de 1º de março. O Decreto nº 8.285, que determina o cronograma, foi publicado na Gazeta Municipal.

 

Assim como em outras edições, o pagamento poderá ser feito em cota única ou em até oito parcelas. O valor mínimo de cada parcela será de R$ 57,26.

 

Aqueles que não tiverem débitos de anos anteriores e optarem por quitar o IPTU em cota única até o dia 14 de abril, terão desconto de 10%. Os carnês serão enviados para todos os contribuintes que contam no Cadastro Imobiliário do Município.

 

Já as guias do IPTU de imóveis territoriais deverão ser retiradas nos postos de atendimentos do Município ou por meio do site.

 

A retirada presencial poderá ser feita no Centro Integrado de Atendimento ao Contribuinte (CIAC), nas Lojas de Atendimento ao Contribuinte (LAC-Norte e LAC-SUL), e em outros postos de atendimento que serão indicados pela Prefeitura de Cuiabá.

Leia mais:  Prefeito participa da inauguração das obras de duplicação da BR163/364

 

Outra informação que o munícipe deverá ficar atento é em relação ao pedido de isenção do pagamento, que neste ano poderá ser feito no período de 1º de junho a 30 de julho, com validade até 2024.

 

Caso a solicitação seja indeferida, será concedido um prazo de 30 dias, a partir da ciência do contribuinte quanto à decisão, para que o valor seja pago sem desconto e sem a incidência de juros e multa.

 

“De acordo com os termos do art. 5º da Lei nº 5.355/2010, alterado pela Lei nº 5.797/2014, estão isentos do Imposto Predial e Territorial Urbano os imóveis residenciais com valor venal atualizado igual ou inferior a R$ 33.921, excluindo-se os imóveis territoriais, comerciais, unidades autônomas desdobradas com cadastro individualizado para fins tributários, chácaras de recreio e garagens de edifícios”, explica o decreto municipal.

 

Veja calendário de pagamento: 

 

Primeira parcela e cota única: 14 de abril

 

Segunda parcela: 14 de maio

 

Terceira parcela: 14 de junho

Leia mais:  NOTA DE ESCLARECIMENTO

 

Quarta parcela: 14 de julho

 

Quinta parcela: 13 de agosto

 

Sexta parcela: 14 de setembro

 

Sétima parcela: 14 de outubro

 

Última parcela: 12 de novembro

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana