conecte-se conosco


Mato Grosso

MT lidera ranking de casamentos duradouros

Publicado

O tempo médio de duração dos casamentos em Mato Grosso foi de 13,7 anos em 2017, segundo pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

É a maior duração da região, porém, em nível nacional, o estado ocupa a 17ª colocação no quesito.

Foram registrados 17.544 casamentos em Mato Grosso em 2017, um aumento de 1,25% em relação a 2016 (17.327 registros). Em Cuiabá, o número caiu de 4.167 casamentos para 3.967 registros em 2017 – queda de 4,80%.

O tempo médio de duração do casamento no Brasil foi de 14 anos em 2017, ou seja, Mato Grosso ficou abaixo da média nacional.

Há 10 anos, em 2007, o tempo médio de duração do casamento era de 18,7 anos em Mato Grosso, segundo o IBGE.

Portanto, houve uma redução de 5 anos no tempo médio de duração do matrimônio no estado na última década.

À época, Mato Grosso ocupava a 6ª colocação entre as Unidades da Federação e estava acima da média nacional (17,5 anos).

Leia mais:  Cultivo de flores será nova frente de trabalho em penitenciária feminina

Divórcios

Segundo o IBGE, foram registrados 5.261 divórcios em Mato Grosso em 2017, de acordo com as Estatísticas do Registro Civil. A população com mais de 20 anos em todo o estado foi estimada em 2.312.462 pessoas.

Segundo o IBGE, a taxa geral de divórcio (por mil habitantes com 20 anos ou mais) foi de 2,28 em Mato Grosso em 2017.

A taxa é inferior à média do Brasil (2,48) e à do Centro-Oeste (2,55), sendo mais alta apenas do que a taxa de Goiás (2,01) na região.

Mato Grosso apresenta a 15ª maior taxa geral de divórcio entre os 27 estados brasileiros – a maior taxa é a de Mato Grosso do Sul (3,58) e a menor é a do Maranhão (1,01).

Na pesquisa, considera-se o lugar da ação do processo ou lavratura da escritura.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Novo gestor de Chapada troca todos os secretários e traz ex-prefeito na equipe

Publicado

O novo prefeito de Chapada dos Guimarães (67 km ao norte de Cuiabá), Osmar Froner (MDB) anunciou a equipe de secretários que irá compor sua gestão, com a troca de todos os nomes do primeiro escalão. Entre os nomes anunciados está o ex-prefeito do município, Gilberto Mello.

Gilberto até chegou a apresentar a candidatura para a prefeitura, mas precisou ser substituído após ser barrado pela Lei da Ficha Limpa. Ele assume a Secretaria Municipal de Governo, um dos cargos mais importantes do secretariado.

Na Secretaria de Administração, o comando será do biólogo e bacharel em direito Marcos Soares Souza. Já a Secretaria de Planejamento e Orçamento é de responsabilidade do bacharel em história e pós-graduado em Gestão de Cidades, Aislan Sebastião Cunha Galvão.

A Secretaria de Finanças foi assumida pelo ex-vereador e técnico em contabilidade Dagoberto Garcia Belufi. A Educação será comandada pelo professor Benedito Antônio de Oliveira Lechner.

A pasta de Esporte e Lazer será gerida pelo empresário e líder comunitário Mauro José Conceição de Paula. A Secretaria de Saúde terá como gestora a enfermeira e ex-vereadora, Rosa Maria Blanco Manzano.

Leia mais:  Seciteci realiza programação especial para o Dia Nacional da Ciência

Para a Assistência Social, o prefeito escolheu a bacharel em direito e ex-conselheira tutelar Fernanda Ferreira da Silva. Já a Secretaria de Turismo, Cultura e Meio Ambiente tem como titular o publicitário e empresário Alexandre Parreira Severino.

 

Luis Carlos de Freitas, que é geólogo, economista e ex-prefeito de Chapada dos Guimarães, assumiu a Secretaria de Agricultura. E a Procuradoria Geral do Município fica a cargo da bacharel em direito Rosana Costa Itacaramby. (Com informações da assessoria)

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana