conecte-se conosco


Mato Grosso

MT Hemocentro completa 25 anos salvando vidas em Mato Grosso

Publicado

Fundado em 15 de março de 1994, o MT Hemocentro completa 25 anos de trabalho voltado para salvar vidas diariamente. O único banco de sangue público do Estado é responsável pela execução da Política Nacional de Sangue do Ministério da Saúde, que contempla diversos serviços ofertados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e garante a cobertura hemoterápica e hematológica de qualidade à população de Mato Grosso.

Diretora da unidade especializada, Silvana Salomão destaca que a data é comemorada pelos servidores com a sensação de dever cumprido. De acordo com ela, os números são motivadores e revelam essa satisfação.

Por ano, a média de doações de sangue na sede e coleta externa realizada pelo Hemobus chega a 18 mil bolsas – sendo que cada bolsa pode salvar quatro vidas. No interior, são mais 12 mil bolsas coletadas em Hospitais Regionais administrados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), cujos bancos de coleta são coordenados pelo MT Hemocentro.

Além desses serviços, por mês, são tratados aproximadamente 700 pacientes no ambulatório do banco de sangue, que recebem transfusão de concentrado de hemácias, plaquetas, plasma e crioprecipitado (para paciente com doença autoimune).

Doadores

O setor de Captação de Doadores de Sangue busca sensibilizar a população para o ato da doação de sangue, utilizando ferramentas de humanização e estratégias educativas, a fim de fidelizar os doadores e efetivar parcerias habituais com empresas e instituições representativas da sociedade em geral.

Leia mais:  Escola Técnica de Alta Floresta abre processo seletivo para três novos cursos

“A doação de sangue deve ser voluntária, anônima e altruísta, não devendo o doador, de forma direta ou indireta, receber qualquer remuneração ou benefício em virtude de sua realização, o que torna a tarefa do MT Hemocentro ainda mais desafiadora. Dessa forma, é atribuição da Captação de Doadores de Sangue instigar e mobilizar a sociedade para ser doadora voluntária. Essa é uma tarefa diária e o acesso às informações seguras e verídicas sobre a doação de sangue, com objetivo de assegurar a segurança transfusional, são realizadas de maneira rotineira por meio de palestras externas, eventos públicos e reportagens”, enfatizou a diretora do MT Hemocentro, Silvana Salomão.

A missão de conquistar novos doadores é executada por uma equipe de multiprofissionais; as tarefas desenvolvidas são coordenadas por profissionais de Serviço Social, de Pedagogia, Enfermagem, Psicologia, Comunicação Social, com apoio de Técnicos Administrativos.

O trabalho não consiste apenas na coleta de doação. A captação desenvolve também a manutenção dos estoques sanguíneos e, para tal, torna-se imprescindível em todos os serviços de hemoterapia, cotidianamente, o incentivo às campanhas, parcerias de doação de sangue e a fidelização dos doadores, explica Salomão.

Durante a atuação dos profissionais da Captação de Doadores, percebe-se, ainda hoje, que o tema envolve mitos e tabus comuns em qualquer área do país, com relação ao medo do desconhecido, temor sobre a dor ou possibilidade de contaminação, tamanho da agulha, regularidade das doações, afinar ou engrossar as veias, por exemplo.

Leia mais:  Desenvolve-MT reduz custos e se prepara para ampliar receita

Por isso, a diretora conclui o assunto ao reforçar que, para desmitificar essas crenças, é importante educar a população sobre a importância da doação de sangue de forma responsável e consciente.

Serviço

O MT Hemocentro atende à demanda sanguínea dos prontos-socorros de Cuiabá e de Várzea Grande, do Hospital Universitário Júlio Müller, do Hospital Municipal São Benedito e do Hospital Metropolitano de Várzea Grande. A unidade também é suporte para as 16 unidades de Coleta e Transfusão distribuídas na Hemorrede Estadual.

Para mais informações ou agendamento de campanha para a coleta de doação interna e externa (Hemobus), entre em contato pelo número: (65) 3623-0044.

Para agendar palestra, Hemotur, doação por aférese ou campanha, entre em contato:

Fone: 3623-0044. Ramal 221.

E-mail: [email protected]

Sugestão de Pauta

O quê: MT Hemocentro comemora 25 anos salvando vidas.

Dia: 15 de março de 2019 (sexta-feira)

Horário: 08h

Café da manhã com homenagem aos doadores fidelizados mais antigos.

Local: MT Hemocentro, Rua 13 de Junho, Centro-Sul, 1055.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Setor de alimentação escolar da Seduc realiza curso sobre prestação de contas

Publicado

por

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc), por meio da Coordenadoria de Alimentação Escolar (CAE), realizou nesta segunda-feira (20), um curso de capacitação de prestação de contas da alimentação escolar, nas dependências da Escola Estadual Leovegildo de Melo, no CPA, na Capital. Participaram 30 profissionais da educação da rede estadual de ensino, entre diretores, secretários escolares e assessores pedagógicos de Cuiabá. 

Segundo a supervisora Leila Abutakka, da CAE, o curso foi focado na parte física da prestação de contas. Os participantes aproveitaram para tirar todas as dúvidas, pois no caso de prestação com erro, a documentação volta à unidade escolar para que as incorreções sejam sanadas.

“A parte física começa desde o pregão, que é o chamamento dos fornecedores, que são habilitados a vender os produtos. Nossa formação é no sentido de fazer a prestação de contas correta, desde o início da compra”, destaca. Ela cita o caso de comprar em gramas e pagar por quilo. Nesse caso, é necessária a conversão, pois, caso contrário, o gestor acaba tendo prejuízo”, frisa.

Leia mais:  Escolas estaduais realizam “Roda de Conversa” para traçar diagnóstico das unidades

Outro detalhe ressaltado no curso foi a questão da doação de produtos, como carne fresca, leite in natura, que precisam de comprovação de origem, com o registro no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). A supervisora lembra que existe uma lista de produtos que podem ser doados, mas é preciso anexar uma declaração junto com a prestação de contas.

Para os participantes, o curso foi de suma importância, pois muitas dúvidas foram esclarecidas. “Achei esclarecedor, pois, foi feito um passo-a-passo de tudo. Estou começando como gestora e como saí da sala de aula para a direção, estou encontrando algumas dificuldades, por isso, anotei tudo”, avalia Sylvana Alexandre Redes, diretora da Escola Estadual Djalma Ferreira de Souza.

O diretor da EE Leovegildo de Melo, Olício Dias Moreira Filho, que está em seu segundo mandato, também saiu satisfeito do curso. “Muito interessante a formação. Eu já sabia alguns temas, mas é importante relembrar. O importante é não deixar a prestação de contas voltar”, frisa.

Leia mais:  Seciteci fecha parceria que visa oferecer capacitação a 1,5 mil pessoas

Três polos

O curso prosseguiu na terça-feira (21), na EE Estevão Alves Corrêa, no Tijucal, com participação de escolas da região sul da Capital; e na quarta-feira (22), na EE Presidente Médici, com escolas da região oeste de Cuiabá.    

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana