conecte-se conosco


Mato Grosso

Motorista transportando quase 200 kg de droga em caminhão carregado de adubo

Publicado

A PM apreendeu 199,5 kg de maconha em 73 tabletes no domingo (28.10), por volta das 18h, sendo transportados em um caminhão dirigido por Vagner Targino dos Santos, 30 anos, quando parou num posto de combustível em Lucas do Rio Verde. A informação era de que o caminhão carregado estaria em situação suspeita. O dono do veículo identificou uma situação anormal por meio do rastreamento do veículo.

O proprietário do veículo, E.T., 51 anos, se deslocou até o ponto do rastreamento, Posto Sabiá, para conversar com o motorista e encontrou o mesmo com outra pessoa de comportamento estranho na cabine. Mas, numa distração do proprietário, o suspeito Vagner Targino fugiu. O outro, Aloisio Pinto de Moraes Júnior, 28 anos, também teria tentado, mas foi impedido por populares permanecendo dentro da cabine até a chegada da polícia, que percebeu o forte odor de maconha. Os 73 tabletes (199,5 kg) de maconha estavam dentro do caminhão.

Vagner teria sido contratado como motorista e teria outro comparsa identificado como Maicon. Segundo o proprietário, o caminhão deveria estar vazio e, no entanto, estava carregado de adubo. A Guia de Transporte do material foi levada pelo suspeito.

Leia mais:  Peritos em computação da Politec participam de operação de combate à pirataria digital

Aloizio Pinto de Moraes Júnior foi conduzido para a Delegacia de Polícia Judiciária Civil de Lucas do Rio Verde.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Servidor é preso por roubar pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras

Publicado

Foram desviados pelo menos 12 pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras, causando um prejuízo de aproximadamente R$ 35 mil.

Um servidor público suspeito de desviar pneus de veículos da prefeitura de Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá, prestou esclarecimentos na delegacia do município. Segundo a Polícia Civil, ele deve responder pelo crime de peculato.

As investigações começaram no dia 22 de março, quando o prefeito Adilson Gonçalves de Macedo registrou um boletim de ocorrência denunciando o suposto desvio.

O delegado Wilyney Santana Borges disse que várias buscas foram realizadas, até que o suspeito acabou confessando o crime. Em depoimento, ele contou que os pneus foram repassados para um comerciante como parte do pagamento na aquisição de um carro dele de luxo.

Os pneus desviados eram de veículos da Secretaria Municipal de Urbanismo.

De acordo com a polícia, nas investigações, foi apurado que pneus adquiridos para serem utilizados nas automóveis da secretaria foram desviados nos meses de novembro e dezembro de 2020, por um servidor  que exercia funções no setor de frotas da Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

Leia mais:  Peritos em computação da Politec participam de operação de combate à pirataria digital

Segundo o delegado, os indícios apontados no inquérito indicam que foi possível constatar o desvio de pelo menos 12 pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras, causando um prejuízo de aproximadamente R$ 35 mil.

A Polícia Civil informou que o investigado pela venda dos pneus deverá responder ação penal pelo crime de peculato, vez que na época dos desvios, exercia o cargo de funcionário público. Já o comerciante que recebeu os pneus desviados, em troca de pagamento, responderá pelo crime de receptação.

A delegacia de Barra do Garças continua as investigações para saber se havia a conivência ou participação de outros servidores municipais, envolvidos no caso dos pneus desviados.

Por G1 MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana