conecte-se conosco


Polícia

Motorista de ônibus escolar é preso por estupro de adolescente em Campos de Júlio

Publicado

Assessoria | PJC-MT

O motorista de ônibus escolar do município de Campos de Júlio, Delson Verdecio de Gusmão, 39 anos, foi preso em cumprimento de mandado de prisão preventiva, por estupro mediante violência contra uma estudante de 15 anos. O mandado foi cumprido no final da tarde de quarta-feira (14).

A prisão foi solicitada pela Polícia Civil, após comunicação feita na  Delegacia no dia 2 de outubro deste ano, referentes a atos que iniciaram em setembro, mas que por medo não foram denunciados antes pela vítima.

 A adolescente  compareceu na Delegacia acompanhada de uma conselheira tutelar. A vítima contou que os abusos iniciaram em setembro, quando ela retornava para casa após as aulas. A garota  relatou que no dia 26 de setembro, o suspeito iniciou investigadas contra ela, a puxando pelos braços na tentativa de beijá-la. Nessa ocasião, diante da negativa da menina, o suspeito tocou em suas partes íntimas.

Na madrugada de  28 de setembro, aproveitando que estava sozinha com a vítima no ônibus escolar, o suspeito parou o veículo no meio do trajeto de sua casa até a escola e a puxou novamente pelos braços, empurrou para um banco e manteve relação sexual com ela. No retorno da escola o suspeito investiu novamente, mas acabou desistindo diante de pessoas que estavam trabalhando perto do local onde o ônibus estava parado.

Leia mais:  Polícia Civil de Colíder cumpre prisão de homem suspeito de tráfico e uso de notas falsas

O delegado Gilson Silveira classificou o crime de alta gravidade devido ao contato do motorista com crianças e adolescentes. “Uma situação extremamente grave por envolver transporte de alunos  da escola municipal. Ele praticou um estupro contra uma aluna mediante violência e várias vezes atos libidinosos”, disse o delegado.

 

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Polícia Civil prende jovem e apreende adolescente por atuação com tráfico em Rondonópolis

Publicado

por

Assessoria | PJC-MT

Um jovem foi preso e um menor apreendido pela Polícia Judiciária Civil, na manhã desta sexta-feira (06.12), no município de Rondonópolis (212 km ao Sul de Cuiabá), por envolvimento com o comércio de drogas na região.

A ação deflagrada pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) resultou também na apreensão de mais de 4 quilos de maconha, além de uma arma de fogo (revolver de calibre 22) com numeração suprimida.

Lorran Freitas Vieira, 20, foi autuado em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico e por porte, posse, aquisição, transporte ou fornecimento de arma de fogo com identificação adulterada.

Já o adolescente L.P. de 17 anos responderá ato infracional análogo ao crime de porte, posse, aquisição, transporte ou fornecimento de arma de fogo com identificação adulterada.

Os suspeitos eram investigados há alguns meses por atuar com a venda de drogas na região do bairro Cidade de Deus. Conforme apurado, os suspeitos usavam aplicativo  WhatsApp para comercializar o entorpecente.

Leia mais:  Polícia Civil cumpre 9 mandados na 2ª etapa da operação Heracles

Durante trabalho de monitoramento, os investigadores conseguiram abordar os investigados na manhã de sexta-feira (06), em uma casa no bairro Sagrada Família. Na ocasião, acontecia intensa movimentação de pessoas, porém algumas conseguiram fugir no momento da chegada dos policiais.

Em poder dos suspeitos, foram encontrados quatro tijolos de maconha, além de diversos pedaços da mesma substância e outra porção de pasta base de cocaína. Questionado, o menor L.P. revelou que tinha em casa uma arma de fogo, proveniente de um furto praticado em um sítio na zona rural do município.

O adolescente também contou que estava planejando um roubo de veículo em Rondonópolis e em seguida outro assalto a uma fazenda nas proximidades da cidade de Pedre Preta.

Diante dos fatos, Lorran Freitas Vieira e o infrator foram conduzidos à Derf de Rondonópolis, onde foi lavrado o flagrante. O preso foi apresentado para audiência de custódia ficando à disposição da Justiça e o menor responderá pelo ato infracional em liberdade.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana