conecte-se conosco


Esportes

Morre o jornalista e comentarista esportivo Sérgio Noronha 

Publicado

O jornalista e comentarista esportivo Sérgio Noronha, chamado carinhosamente de seu Nonô, morreu hoje (24) aos 87 anos, no Hospital Rio Laranjeiras, na zona sul do Rio, vítima de uma parada cardíaca, após contrair uma pneumonia há 10 dias.

Noronha sofria de Alzeheimer e era morador do Retiro dos Artistas, em Jacarepaguá, desde novembro de 2018, levado pelo amigo e árbitro de futebol Arnaldo Cezar Coelho.

Noronha morou durante anos em Ipanema, na zona sul do Rio, e era frequentador assíduo da praia, onde ia todas as manhãs e mantinha a pele bronzeada de quem curtia o mar.

Um dos grandes jornalistas e comunicadores da sua geração, Sérgio Noronha se destacou no jornal, no rádio e na TV. Era carioca, nasceu no dia 28 de dezembro de 1932 e estudou Letras na Faculdade Lafayete. Em 1959, virou repórter do Jornal do Brasil e trabalhou ainda nos jornais Diário Carioca, Correio da Manhã e Última Hora, além das revistas Senhor e TV Guia.

Manteve durante anos uma coluna diária sobre futebol no Jornal do Brasil e depois se mudou para o rádio e a televisão. No rádio participou de mesas redondas e comentários de jogos em várias emissoras e também na televisão, onde comentava os jogos nas transmissões esportivas, como na Rede Globo, onde atuou ao lado de Galvão Bueno e Arnaldo Cezar Coelho. Fez parte também das equipes da TV Educativa, atual TV Brasil, Tupi, TV Rio e no Canal SporTV.

Leia mais:  Filho de Schumacher disputará Fórmula 2 pela equipe Prema na próxima temporada

Depois de deixar a Rede Globo, onde trabalhou por mais de duas décadas, em Janeiro de 2009 assinou contrato com a TV Bandeirantes para comentar o Campeonato Carioca na emissora. Foi também comentarista do canal pay-per-view Premiere. Também fez parte dos Debates Populares, do programa Haroldo de Andrade, na Rádio Globo, onde participava da mesa de debatedores que discutia os temas em destaque do dia.

O horário do velório e o local do enterro ainda não foram definidos pelo Retiro dos Artistas. Noronha sempre morou sozinho e não tinha parentes próximos.

Edição: Fábio Massalli

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Fórmula 1 cancela GP Brasil este ano em Interlagos

Publicado

A Fórmula 1 cancelou hoje (24) o Grande Prêmio (GP) do Brasil que ocorreria em 15 de novembro. Será a primeira vez, desde 1973, que a corrida não será realizada no país. O anúncio feito nesta sexta-feira (24) por meio de nota oficial da  Fórmula One Management, organizadora do evento. 

Além do GP do Brasil no autódromo de Interlagos, também foram cortadas da temporada deste ano outras três provas: Canadá, Estados Unidos e México. As corridas estavam previstas para acontecer entre outubro e novembro, com exceção do GP do Canadá, que seriam em em junho.

O prefeito da cidade de São Paulo, Bruno Covas, comentou a decisão durante coletiva de imprensa sobre a situação da pandemia do novo coronavírus (covid-19), em São Paulo. Covas disse que a prefeitura vai respeitar a decisão dos organizadores da Fórmula 1. No entanto, ressaltou que a capital paulista, em novembro, estará em situação melhor do que nas cidades onde já ocorreram corridas este ano. Covas afirmou ainda que as tratativas pra renovação do contrato da Fórmula 1 em Interlagos no ano que vem continuam. O contrato termina este ano.

No início deste mês, o chefe da Mercedes, o austríaco Toto Wolff, já havia se pronunciado sobre a inviabilidade de realização do GP no país. Na ocasião, ele revelou o teor da conversa que teve com o diretor executivo da F1, o norte-americano Ross Brown, sobre o risco de realizar o GP no Brasil diante do descontrole da pandemia do novo coronavírus (covid-19) no país.

Leia mais:  Presidente da CBF garante que Neymar participará da Copa América

Por meio de mensagem publicada o Twitter, os organizadores comentaram a decisão.

“Com a pandemia da COVID-19 em curso, significa que, infelizmente, não será possível competir no Brasil, EUA, México e Canadá este ano. Esperamos voltar na próxima temporada para as Américas para fazer um show para nossos fãs apaixonados da região.” e ainda completou em nota publicada no site – “Também queremos prestar homenagem aos nossos incríveis parceiros nas Américas e esperamos voltar com eles na próxima temporada, quando mais uma vez conseguirem emocionar milhões de fãs ao redor do mundo.”

Por meio de nota oficial, a  assessoria de comunicação da empresa Interpub, responsável pelo GP Brasil, disse: “Sobre as notícias divulgadas hoje, 24/07/2020, dando conta do cancelamento do GP Brasil de Fórmula 1 e das demais corridas das Américas, comunicamos que não recebemos até o presente momento nenhuma comunicação oficial da Federação Internacional de Automobilismo e, dessa forma, não poderemos nos manifestar”.

A Fórmula 1 deveria iniciar em março, mas teve de ser adiada por causa da explosão de casos de covid-19 pelo mundo. Ao todo, 15 provas já foram afetadas pela insegurança sanitária, sendo que sete delas (Austrália, Mônaco, França, Holanda, Azerbaijão, Cingapura, Japão, Brasil, Canadá, Estados Unidos e México) foram canceladas. Já outras quatro provas acabaram adiadas (Bahrein, Vietnã, China e Espanha).

Leia mais:  Coluna – Futebol e paradesporto, uma parceria possível

Por outro lado, mais três circuitos foram confirmados para a temporada 2020. Em Nürburgring (GP da Alemanha), acontecerá em 11 de outubro. Já o de Portimão (GP de Portugal) aparece como novidade. Ele foi agendado para 25 de outubro, e será a primeira vez que o Circuito Internacional de Algarve sediará uma corrida de F1. O país não recebia um evento de Campeonato Mundial da categoria desde 1996. Por fim, o de Ímola (GP da Emilia Romagna) está marcado para 1º de novembro, na Itália.

Com o calendário revisado devido à pandemia, os organizadores da Fórmula 1 reiteraram o objetivo de completar o Campeonato Mundial com a disputa de 15 a 18 provas. Inicialmente era previsto 22 circuitos. O encerramento da competição deverá acontecer em dezembro, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos.

Por Rafael Monteiro – Repórter da Rádio Nacional – Rio de Janeiro

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana