conecte-se conosco


Agricultura

Ministro em exercício participa da abertura da AgroBrasília, na capital federal

Publicado

O ministro em exercício Marcos Montes (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) participou nesta terça-feira (13) da abertura da 12º edição da Feira Internacional dos Cerrados (AgroBrasília). O evento, que acontece até o dia 18 de maio, faz parte do calendário das grandes feiras do agronegócio brasileiro.

Para Marcos Montes, a AgroBrasília reúne agricultura familiar, tecnologia, empresariado e o cooperativismo. “Com essa mistura, através das cooperativas, aqui encontramos um ambiente altamente favorável para mostrar ao Brasil que só nesse caminho é que pode dar certo”, disse o ministro em exercício.

No evento, Montes disse que a ministra Tereza Cristina está trabalhando com a área econômica do governo na elaboração do Plano Safra 2019/2020, que deve ser lançado no início de junho.  

“A ministra Tereza Cristina, juntamente com a equipe econômica, e abonada pelo presidente Jair Bolsonaro, que também é um entusiasta do campo, um defensor do produtor rural, está buscando tudo o que é possível para termos um crédito à altura do produtor rural. Estamos esbarrando na questão fiscal e às vésperas da aprovação da Reforma da Previdência, enquanto isso o governo se equilibra no que tem, mas priorizando esse setor que é responsável pelo equilíbrio da nossa balança comercial”, destacou.

Leia mais:  Em Minas, Tereza Cristina dá início à campanha nacional de vacinação contra febre aftosa

Montes também pediu ao governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, atenção à questão da regularização fundiária no DF. “É fundamental que o Brasil inteiro tenha a possibilidade de igualdade de condições. Aqueles que não têm a sua titulação não podem buscar financiamento, e a competição fica desequilibrada”, disse.

A AgroBrasília é a maior feira de agropecuária do Centro-Oeste e uma das cinco maiores do país. Neste ano, a expectativa é que 120 mil pessoas passem pelo Parque Ivaldo Cenci, a cerca de 60 km de Brasília. A expectativa para esta edição é de uma movimentação de R$ 1,5 bilhão em negócios.

Mais informações à imprensa:Coordenação-geral de Comunicação Social
[email protected]

Fonte: MAPA GOV
Comentários Facebook
publicidade

Agricultura

Governo Federal lança 2ª edição do Prêmio BNDES de Boas Práticas para Sistemas Agrícolas Tradicionais

Publicado

por

O edital da 2ª Edição do Prêmio BNDES de Boas Práticas para Sistemas Agrícolas Tradicionais será lançado no Rio de Janeiro, na próxima quinta-feira (23), durante a programação da Green Rio, evento que ocorre anualmente como uma plataforma de negócios sustentáveis. O lançamento contará com a presença da ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento- Mapa) e do presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Joaquim Levy, entre outras autoridades. 

O objetivo da premiação é reconhecer, divulgar e dar visibilidade às boas práticas de salvaguarda e conservação dinâmica de bens culturais imateriais associados ao agro e à sociobiodiversidade nos sistemas agrícolas tradicionais (SAT) do Brasil. As práticas reconhecidas contribuem para a sustentabilidade ambiental, social e econômica de agricultores familiares e de povos e comunidades tradicionais.

A iniciativa do BNDES tem parceira do Instituo do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), do Mapa, da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO).

Serão premiadas até dez ações consideradas boas práticas de salvaguarda e conservação dinâmica de Sistemas Agrícolas Tradicionais já realizadas, ou com etapas concluídas, tendo como base a data de publicação do edital.
Os três primeiros colocados receberão R$ 70 mil e os demais sete colocados receberão R$ 50 mil. Será realizado evento de premiação e capacitação aos vencedores, promovido pelas instituições organizadoras do Edital.

Leia mais:  Painel debate ações anticorrupção e visa chamar a atenção de empresas para o Selo de Integridade

Inscrições

As inscrições ficarão abertas entre 10 de junho e 31 de outubro. Podem se candidatar instituições de direito privado, sem fins lucrativos, com existência mínima de dois anos, contados na data de publicação do edital. As instituições devem, ainda, comprovar composição ou parceria com comunidades de agricultores tradicionais.

As regras e o formulário para a inscrição da segunda edição do Prêmio BNDES SAT estarão disponíveis no site: www.bndes.gov.br/premiosat2 a partir de 10 de junho. Dúvidas e questões podem ser enviadas para o e-mail premiosatbndes [email protected]

Os vencedores da primeira edição não poderão concorrer no novo edital. No ano passado, foram contemplados 15 sistemas agrícolas tradicionais. Os cinco primeiros colocados foram: A Associação de Mulheres Trabalhadoras Rurais do Médio Mearim (Maranhão), Associação dos Produtores Rurais de Vereda (Minas Gerais), Associação dos Remanescentes de Quilombo de São Pedro (São Paulo), Associação Comunitária Rural de Imbituba (Santa Catarina) e o Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada (Bahia).

Conheça mais sobre a primeira edição

Leia mais:  Publicação de regras de acesso da pesca tem competência restrita à secretaria da área

Serviço:Lançamento da 2ª edição do Prêmio BNDES de Boas Práticas para Sistemas Agrícolas Tradicionais
Horário: 16h
Local: Green Rio, Marina da Glória, Rio de Janeiro
http://www.greenrio.com.br/

Fonte: MAPA GOV
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana