conecte-se conosco


Esportes

Messi abre o jogo sobre possível volta de Neymar ao Barça, Bola de Ouro e CR7

Publicado


Messi falou sobre uma possível volta de Neymar ao Barcelona:
Reprodução / AP

Messi falou sobre uma possível volta de Neymar ao Barcelona: “Acho complicado”

O atacante argentino Lionel Messi é de poucas palavras e não costuma dar muitas entrevistas. Mas, nesta semana, o craque do Barcelona deu algumas declarações ao jornal espanhol “Marca” e falou sobre muitos assuntos, como Neymar, Cristiano Ronaldo e Bola de Ouro.

Leia também: Copa ruim e ausência em premiações individuais marcam o 2018 de Messi

Questionado sobre o possível retorno do atacante brasileiro ao Barça – atualmente ele defende o PSG -, Messi
disse que gostaria de reeditar a parceria, mas ponderou.

“Acho complicado. Gostaria que voltasse pelo que significa, tanto como jogador quanto para o vestiário. Somos amigos, vivemos coisas bonitas aqui dentro, outras nem tanto, mas passamos muito tempo juntos. Acho muito difícil que deixe Paris. O PSG não vai deixar Neymar
sair”, comentou.

Sobre a Bola de Ouro, vencida pelo croata Luka Modric, o camisa 10 do Barcelona admitiu que já sabia que não conseguiria levar o prêmio pela sexta vez.

Leia mais:  A história de Carlos Kukín Flores: o grande ícone do futebol alternativo

Leia também: Messi é eleito melhor jogador do mundo por revista britânica; Modric é o 4°

“Eu sabia que não ia ganhar este ano. Quando escutei os candidatos ao prêmio, já sabia que não ia estar lá e depois nem esperei para ver se terminaria em terceiro ou quinto”, disse Messi, que acabou ficando mesmo na quinta posição.


O argentino Lionel Messi ganhou a Bola de Ouro cinco vezes
EFE/Valeriano Di Domenico

O argentino Lionel Messi ganhou a Bola de Ouro cinco vezes

O argentino falou também sobre Cristiano Ronaldo
, que surpreendeu ao deixar o Real Madrid no meio do ano para jogar na Juventus.

“Ele foi um grande jogador para o Real Madrid e para o Campeonato Espanhol. Foi um período muito bonito aquele que vivemos juntos na competição. Cada um de nós tentamos vencer com sua equipe e foi uma rivalidade saudável e muito legal para os torcedores”, disse o jogador do Barça.

“No início da temporada disse que o Real Madrid é um grande clube, um dos melhores do mundo e com jogadores de sobra. Mas Cristiano faria falta em qualquer equipe. Marca muitos gols em cada temporada e além disso te dá muitas outras coisas no campo”, completou.

Leia mais:  Vexames recentes: Relembre confrontos entre Brasil e Paraguai na Copa América

Leia também: Messi recebe sua quinta Chuteira de Ouro: “Jogo no Barcelona, fica mais fácil”

Por fim, Lionel também afirmou que gostaria de voltar a trabalhar com o técnico Pep Guardiola, que hoje comanda o Manchester City, com quem compartilhou grandes conquistas no Barcelona
.

“Apesar de ser difícil, gostaria de voltar a trabalhar com Guardiola. É um dos melhores treinadores do mundo. Por isso gostaria, mas aviso que isso é complicado”, finalizou Messi
em entrevista ao “Marca”.

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Martine Grael e Kahena Kunze estarão em Tóquio 2020

Publicado

por

As campeãs olímpicas Martine Grael e Kahena Kunze garantiram, no último final de semana, a participação na próxima edição dos Jogos Olímpicos. A vaga, em Tóquio, na disputa da classe 49er FX de vela, foi garantida no mundial realizado em Geelong (Austrália).

As brasileiras, que ficaram com o ouro nos Jogos do Rio (2016), carimbaram o passaporte para Tóquio ao terminarem o mundial na 12ª posição.

Além de Martine e Kahena, o final de semana também foi de classificação olímpica para Marco Grael e Gabriel Portilho. Eles defenderão o Brasil na classe 49er ao encerrarem o Mundial de Geelong na 13ª posição.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook
Leia mais:  Comprou no camelô? Gafe em camisa de Rafael Sóbis no Inter viraliza na internet
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana