conecte-se conosco


Cidades

Mesário aponta arma de fogo para eleitor e acaba preso em Cuiabá

Publicado

Um mesário foi levado para o “cadeião” do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) por mostrar arma de fogo a um eleitor após uma discussão. O caso ocorreu na Escola Estadual Alina do Nascimento Tocantins, no Bairro Cidade Alta, em Cuiabá.

O suspeito é agente penitenciário. O juiz da 1ª Zona Eleitoral, Geraldo Fidelis, comentou o caso durante entrevista à imprensa. “Teve uma situação delicada, de um mesário que é agente penitenciário, não devia ter sido convocado, mas foi, e ele usa arma de fogo, tem essa prerrogativa, e lamentavelmente levou à sessão, e lá é um lugar que não pode haver qualquer tipo de constrangimento, é um lugar de liberdades democráticas”, comentou.

 

Até o momento, esta foi a ocorrência  de maior gravidade nos colégios eleitorais de Cuiabá.

Conforme informações do Boletim de Ocorrência, a vítima que acompanhava sua mãe, uma senhora de 75 anos, informou que a idosa estava tendo dificuldades na urna.  E que em razão disso, cobrou a mesa de mesários para que fosse ajudá-la, porém o ignoraram. Com isso, ele foi tentar a ajudar a mãe e nesse momento, o mesário ” se levantou, foi em sua direção e o empurrou seguidas vezes, o levando para fora da sala.

A vítima ainda informa que o processo de votação da sua mãe foi finalizado sem que ela o concluísse. Acompanhada do irmão, a vítima retornou ao  local de votação para colher explicações, onde foram ameaçados pelo mesário “, que sacou uma arma de fogo, fazendo com que os demais mesários corressem.

Leia mais:  Procon orienta consumidor sobre propaganda enganosa

 

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Prefeitura publica calendário de pagamento do IPTU; veja datas

Publicado

A Prefeitura de Cuiabá estabeleceu a programação para pagamento do IPTU em 2021, que deve começar a partir de 1º de março. O Decreto nº 8.285, que determina o cronograma, foi publicado na Gazeta Municipal.

 

Assim como em outras edições, o pagamento poderá ser feito em cota única ou em até oito parcelas. O valor mínimo de cada parcela será de R$ 57,26.

 

Aqueles que não tiverem débitos de anos anteriores e optarem por quitar o IPTU em cota única até o dia 14 de abril, terão desconto de 10%. Os carnês serão enviados para todos os contribuintes que contam no Cadastro Imobiliário do Município.

 

Já as guias do IPTU de imóveis territoriais deverão ser retiradas nos postos de atendimentos do Município ou por meio do site.

 

A retirada presencial poderá ser feita no Centro Integrado de Atendimento ao Contribuinte (CIAC), nas Lojas de Atendimento ao Contribuinte (LAC-Norte e LAC-SUL), e em outros postos de atendimento que serão indicados pela Prefeitura de Cuiabá.

Leia mais:  Comércio deverá divulgar medidas de prevenção à Covid-19

 

Outra informação que o munícipe deverá ficar atento é em relação ao pedido de isenção do pagamento, que neste ano poderá ser feito no período de 1º de junho a 30 de julho, com validade até 2024.

 

Caso a solicitação seja indeferida, será concedido um prazo de 30 dias, a partir da ciência do contribuinte quanto à decisão, para que o valor seja pago sem desconto e sem a incidência de juros e multa.

 

“De acordo com os termos do art. 5º da Lei nº 5.355/2010, alterado pela Lei nº 5.797/2014, estão isentos do Imposto Predial e Territorial Urbano os imóveis residenciais com valor venal atualizado igual ou inferior a R$ 33.921, excluindo-se os imóveis territoriais, comerciais, unidades autônomas desdobradas com cadastro individualizado para fins tributários, chácaras de recreio e garagens de edifícios”, explica o decreto municipal.

 

Veja calendário de pagamento: 

 

Primeira parcela e cota única: 14 de abril

 

Segunda parcela: 14 de maio

 

Terceira parcela: 14 de junho

Leia mais:  PM e mais 5 ficam feridos em batida na BR-163, em MT

 

Quarta parcela: 14 de julho

 

Quinta parcela: 13 de agosto

 

Sexta parcela: 14 de setembro

 

Sétima parcela: 14 de outubro

 

Última parcela: 12 de novembro

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana