conecte-se conosco


Cidades

Merenda escolar terá alimentos produzidos no Estado

Publicado

O prefeito Emanuel Pinheiro acompanhado do secretário adjunto de Turismo, Marcelo Ires receberam nesta quinta-feira (06.12), a visita do vereador professor Messias e da diretoria da Coopnoroeste/Lacbom, do município de Araputanga que venceu uma licitação para fornecer no próximo ano letivo, produtos alimentícios que irão fazer parte do cardápio da merenda escolar das instituições de ensino de Cuiabá.

Na oportunidade, Pinheiro reforçou essa ser mais uma marca de sua gestão, trabalhar para o fortalecimento da agricultura familiar e do mercado interno. “Temos uma variedade de produtos produzidos no Estado. Devemos valorizar nossos produtores locais que trabalham com o mesmo nível de competência de outras localidades. Isso contribui para geração de emprego e renda”, disse.

Conheço a história dessa cooperativa que tem 43 anos de criação, mencionou Pinheiro. “Por isso fico muito satisfeito e tranquilo em saber que nossas crianças serão atendidas com produtos de excelente qualidade, o que irá contribuir com a nossa política nutricional na promoção de práticas alimentares adequadas e saudáveis”, disse o prefeito.

Leia mais:  Vendedor, atendente e operador de telemarketing estão entre as mais 80 vagas do Sine

O presidente da Coopernorte, Mizael Barreto apresentou os produtos produzidos com a marca Lacbom que serão distribuídos. “Somos uma cooperativa consolidada em Mato Grosso com muitos anos de serviços prestados no ramo de alimentos. Temos o compromisso em produzir e distribuir produtos dentro dos padrões exigidos pela Vigilância Sanitária. De antemão posso garantir que vamos atender com excelência a Prefeitura de Cuiabá. Esse será apenas o primeiro de muitas parcerias a serem firmadas”, declarou.

A Coopnoroeste é uma cooperativa do ramo agropecuário com 43 anos de fundação. Possui um quadro social de cerca de 1200 produtores. O Leite Longa Vida (Integral‚ Desnatado e Semi-Desnatado) é o principal produto comercializado. Além de produzir os seguintes produtos lácteos: Queijos Prato‚ Mussarela‚ Provolone‚ Coalho‚ Doce de Leite Pastoso‚ Doce de Leite com Coco‚ Bebida Láctea Lacbinho de Morango e Salada de Fruta 1 Litro.

A comercialização dos produtos no estado de Mato Grosso é de aproximadamente 80%‚ e 20% são comercializadas em outros estados. “O Município só tem a ganhar com a entrada dessa grande cooperativa regional. Com todo esse tempo no mercado já pode comprovar que tem garantia e procedência”, declarou o vereador Professor Messias.

Leia mais:  Final de semana tem show solidário, tributo ao ABBA, estreia no cinema e final do Super Bowl

 

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Mato Grosso registra 43 mortes em 24h; UTIs continuam lotadas

Publicado

Taxa de ocupação está em 97% para UTIs adulto e em 59% para enfermarias

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta sábado (10.04), 328.805 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 8.530 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado. Foram 43 mortes apenas nas últimas 24 horas.

Foram notificadas 1.356 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 328.805 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 12.804 estão em isolamento domiciliar e 305.369 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 518 internações em UTIs públicas e 513 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 97,92% para UTIs adulto e em 59% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (70.086), Rondonópolis (24.674), Várzea Grande (21.290), Sinop (16.565), Sorriso (12.044), Tangará da Serra (11.179), Lucas do Rio Verde (10.796), Primavera do Leste (9.553), Cáceres (7.114) e Alta Floresta (6.392).

Leia mais:  Mutirão de Conciliação Fiscal é prorrogado até dia 31 de outubro

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 293.671 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 1.515 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na sexta-feira (09), o Governo Federal confirmou o total de 13.373.174 casos da Covid-19 no Brasil e 348.718 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 13.279.857 casos da Covid-19 no Brasil e 345.025 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste sábado (10).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

Leia mais:  Pinheiro lamenta morte de irmão de ex-prefeito

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana