conecte-se conosco


Polícia

Mendes diz que pagará o 13º de todos os servidores no dia 20

Publicado

O governador Mauro Mendes (DEM) anunciou no final da manhã desta terça-feira (10) que todos os servidores do Executivo estadual receberão o décimo terceiro salário no dia 20 de dezembro.

 

O anúncio foi feito durante um encontro de Mendes com secretários, deputados, servidores e jornalistas no Palácio Paiaguás.

 

No evento, Mendes fez um balanço do primeiro ano de Governo, recordando medidas que foram tomadas desde janeiro para reduzir gastos e elevar a arrecadação.

 

“Se nós melhoramos nosso caixa é porque muita gente colaborou. Um apagar de uma luz acesa desnecessariamente contribui para baixar a conta de energia do Estado.[…] E isso nos permite neste momento anunciar que no dia 20 de dezembro o 13º estará depositado na conta de todos vocês”, afirmou o governador.

 

Com o anúncio, o Executivo pretende injetar na economia cerca de R$ 1,06 bilhão apenas no mês de dezembro. O montante representa o total com folha salarial mais o benefício do servidor. Nesta terça-feira (10)  o Paiaguás pagou a folha relativa a novembro.

Leia mais:  Em Cáceres, policiais civis arrecadam brinquedos e doces e fazem alegria de crianças carentes

 

Pagando o décimo terceiro ainda em dezembro, Mendes encerra o primeiro ano de governo tendo quitado 14 folhas salariais, uma vez que o décimo terceiro relativo a 2018 foi dividido em quatro vezes nos primeiros meses de sua gestão.

Durante discurso, Mendes lembrou que o pagamento do décimo terceiro só será possível devido a diversos esforços realizados em conjunto com os poderes. Uma das medidas citadas foi o projeto de lei aproivado no Legislativo que traz mudanças na política de incentivos fiscais, no método de cobrança do ICMS e aumenta impostos para setores da indústria, comércio e agronegócio.

“Nós precisamos tomar medidas duras. Remédio apropiado normalmente não é um remédio doce. No governo, como em um empresa que tem um grave problema, é preciso tomar as medidas necessarias”, ressaltou.

Trajetória

Em uma breve análise da gestão, Mendes lembrou ainda que quando assumiu o Paiaguas, em janeiro, o Estado devia fornecedores, escalonava os salários e possuía déficits com a saúde de muitos municípios.

“É o jogo do ganha, ganha. Ganha servidor, cidadão, e os nossos fornecedores. Porque um Estado equilibrado consegue pagar os fornecedores. Quem paga em dia compra melhor, quem compra melhor, economiza e pode comprar mais, e quem compra mais movimenta a economia. Isso gera um circulo virtuoso que traz consequências positivas”.

Leia mais:  PRF prende homem com droga e mercadoria sem nota fiscal em Pontes e Lacerda/MT

“Eu dizia na minha campanha que gostaria de entregar um Estado muito melhor do que pegamos. Se hoje nós estamos melhorando é porque os senhores aqui, e centenas de outros servidores e contribuintes também fizeram sua parte”, completou.

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Marido de avó é preso após menina de 7 anos passar mal e contar a médicos sobre abusos em MT

Publicado

Por Bruno Henrique, TV Centro América

Um homem de 40 anos foi preso, nessa quinta-feira (24), suspeito de estuprar a neta da mulher dele, de 7 anos, na casa onde moram em Vera, a 486 km de Cuiabá. A própria criança foi quem contou aos médicos os abusos sofridos.

De acordo com a Polícia Militar, a menina foi levada em uma unidade de saúde pela mãe após passar mal na casa da avó.

Devido ao estado de saúde, ela foi encaminhada de Vera para um hospital de Sorriso, no norte do estado. No local, a criança foi examinada pelos médicos, que descobriram infecções e ferimentos graves nas partes íntimas da menina.

Ao questioná-la, a menina contou aos profissionais que era abusada pelo marido da avó. O hospital acionou a polícia, em seguida, que fez a prisão do suspeito.

Ainda conforme a PM, os médicos acreditam que, pela gravidade das infecções, a criança estava sendo abusada há algum tempo pelo suspeito.

Leia mais:  PRF prende homem com droga e mercadoria sem nota fiscal em Pontes e Lacerda/MT

A mãe e a avó da menina disseram aos policiais que não desconfiavam da situação.

O caso é investigado pela Polícia Civil.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana