conecte-se conosco


Educação

Medicina Univag traz ensino inovador e atrai estudantes de todos os estados

Publicado

Se o seu amor pela Medicina é maior do que qualquer desafio, o Univag- Centro Universitário de Várzea Grande é a escolha certa para você. Com conceitos máximos nas avaliações do Ministério da Educação (MEC), o curso de Medicina do Univag tem chamado a atenção em Mato Grosso e em todo país. Prova disso é a procura e o número de alunos do interior do estado e de outros estados brasileiros.

Na avaliação do MEC, com escala de 01 (mínima) a 05 (máxima) o curso de Medicina Univag recebeu nota máxima, 05.

Outro fator que chama atenção entre os que procuram a Medicina do Univag é o método de ensino inovador, com resgate de valores e uma formação mais humanística e abrangente.

A Aprendizagem Baseada em Problemas (PBL – Problem Basic Learning, sigla em inglês) coloca o acadêmico como sujeito ativo no processo de ensino-aprendizagem e a inserção precoce em práticas na comunidade como principais estratégias para alcançar esses objetivos.

“O Univag oferece uma estrutura única no estado e que se equipara aos melhores centros universitários do país. Contamos com uma metodologia que trabalha a aprendizagem através de soluções de problemas. Semanalmente o conhecimento é aprofundado nos laboratórios de habilidades e morfofuncionais e nas ações ao atendimento da comunidade”, ressaltou o Diretor da Área de Ciências Médicas, professor pós-doutor José Eduardo de Aguilar Siqueira do Nascimento.

Leia mais:  Câmara Municipal de Cuiabá abre inscrições para Coral

No PBL, os alunos discutirão casos clínicos semanais nas tutorias. O aprendizado será aprofundado nos laboratórios de habilidades (médicas, de comunicação e informática) e morfofuncional (integração das disciplinas de anatomia, histologia, patologia e imagens), realizados em conjunto com o atendimento da comunidade.

VESTIBULAR

As inscrições para o vestibular 2019/1 estão abertas e seguem até o dia 05 de novembro. São 60 vagas para período integral. Os candidatos podem se inscrever no site da Vunesp, www.vunesp.com.br, e do Univag, www.medicinaunivag.com.br. O valor da taxa de inscrição é de R$ 280,00.

A prova do processo seletivo acontecerá no dia 22 de novembro (quinta-feira), das 13h30 às 18h, horário local, no campus do Univag, bloco D, localizado na Avenida Dom Orlando Chaves, nº 2655, bairro Cristo Rei, Várzea Grande.

Duas etapas compõem a avaliação: 60 questões de múltipla escolha e redação. O candidato deve estar munido de documento oficial com foto para realizar a prova. As aulas têm previsão de início no dia 18 de fevereiro de 2019.

Leia mais:  Thiago Silva faz indicação para que o governo priorize a entrega de moradias em MT

Para mais informações o telefone é (65) 3688-6006.

Autor: Patricia Xavier
Fonte: Assessoria Univag

Comentários Facebook
publicidade

Educação

Mauro diz que Estado vai comprar computadores e pagar internet para 15,8 mil professores

Publicado

Planos de internet, no valor de R$ 70, poderão ser custeados por até 36 meses e a aquisição de computador novo será creditada em parcela única na conta do beneficiário.

O Governo de Mato Grosso vai custear a compra de computadores novos e planos de internet para 15.890 professores da rede de ensino estadual, em exercício da função. As ajudas de custo serão de até R$ 6.020 por servidor.

O projeto de lei que autoriza a criação de ajuda de custo foi encaminhado para votação da Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (22.03), após ser apresentado aos deputados estaduais pelo governador Mauro Mendes.

“O projeto vai permitir que o Governo deposite um recurso na conta dos professores, para a compra de um notebook de última geração. Além do notebook, vamos custear, durante três anos internet, para que todos os nossos professores dentro da sala de aula possam ter esse equipamento como ferramenta de trabalho para aprimorar a educação de nossos alunos. É mais um investimento que o Governo está fazendo, entre tantos outros, cujo objetivo é melhorar a qualidade do ensino, valorizando os nossos professores”, destacou o governador.

Leia mais:  Thiago Silva faz indicação para que o governo priorize a entrega de moradias em MT

Conforme a proposta, os planos de internet, no valor de R$ 70, poderão ser custeados por até 36 meses e a aquisição de computador novo será creditada em parcela única na conta do beneficiário.

Após ser aprovado pela Assembleia Legislativa, o projeto será regulamentado por decreto, com prazo de quatro dias para operacionalização dos pagamentos, que conforme previsão, devem ser instituídos até 31 de março.

O projeto de lei tem como objetivo a mitigação dos efeitos da pandemia da Covid-19, uma vez que devido às medidas de biossegurança, as aulas e atividades escolares ocorrem de forma não presencial.

“Essa é uma medida acertada, que irá beneficiar toda uma categoria”, avaliou o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, Max Russi, que participou da reunião em que o projeto foi apresentado aos deputados.

Serão beneficiados com a ajuda de custo “professores da educação básica da rede de ensino estadual do quadro efetivo e os sob contrato temporário, em efetiva regência de classe, e ao diretor escolar, coordenador pedagógico, assessor pedagógico, diretor e coordenador regional”.

Leia mais:  Senador Wellington Fagundes e vereadores de Cuiabá visitam Shopping Popular

No entanto, os profissionais temporários utilizarão o equipamento em regime de comodato, ou seja, o computador deverá ser restituído com o fim do contrato de trabalho. Ainda de acordo com o projeto, a ajuda de custo tem caráter indenizatório e correrá com orçamento próprio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc).

“Esse é um grande avanço que estamos realizando com foco na melhoria do ensino aprendizagem. Muitos professores não tinham o equipamento e agora poderão adquirir sem onerar seu custo de vida”, ressaltou o secretário de Educação, Alan Porto.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana