conecte-se conosco


Política

Max Russi propõe que emendas impositivas sejam destinadas a ações de combate ao coronavírus

Publicado

Parlamentar defende investimento na construção de mais unidades de terapia intensiva e atenção maior no atendimento às famílias em situação de vulnerabilidade

Uma das alternativas de combate ao coronavírus em Mato Grosso, sugeridas pelo deputado Max Russi (PSB) nesta quarta-feira (01) na Assembleia Legislativa, propõe a autorização de remanejamento emergencial de emendas parlamentares durante o período de calamidade pública no estado. O Projeto de Lei 247/2020 de Russi tem por base a projeção dos impactos socioeconômicos e financeiros, decorrentes da pandemia causada pelo Covid-19.

A intenção do novo texto, acrescido à Lei no 10.986, de 05 de novembro de 2019 que aborda as diretrizes para a elaboração da Lei Orçamentária de 2020, é garantir o investimento prioritário da saúde neste período de enfrentamento.

O deputado Max Russi reforça que esse é momento em que a união de todos os parlamentares se torna mais do que essencial. “Todos podemos nos esforçar para que mais recursos cheguem a quem precisa.”, complementou.

Max Russi lembra ainda que as emendas atualmente são impositivas, no entanto tem vinculação em percentuais com diversas áreas, como educação, cultura e esporte. O deputado defende, principalmente, a abertura de novas unidades de terapia intensiva (UTIs) nos hospitais e uma atenção efetiva para o social, principalmente quanto ao atendimento das famílias em situação de vulnerabilidade.

Leia mais:  Posto da PRF próximo à Serra de São Vicente será readequado, afirma superintendente

“A opção, neste momento, é a gente poder fazer essa destinação e poder atender a população, abrir novos leitos de UTI, enfim, fazer o que for necessário e possível para que possamos trazer segurança e tranquilidade às famílias mato-grossenses, ao nosso povo que está angustiado, aflito e que precisa sim de definições, tanto na área da saúde, como também na área social’, finalizou.

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Semana terá mínima de 12°C em Chapada e 16°C em Cuiabá

Publicado

por

A semana terá temperaturas mais amenas em todo o estado. A previsão é de mínima de 12° em Chapada dos Guimarães e 16°C em Cuiabá. Há alerta de baixa umidade em várias cidades.

A previsão do Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (Cptec) aponta mínima de 18°C e máxima de 33°C nessa segunda-feira (1). Já a terça-feira (2) também será de temperatura amena, com variação entre 17°C e 28°C.

A quarta-feira (3) deve ter mínima de 16°C e máxima de 32°C. Na quinta-feira (4) os termômetros marcam entre 21°C e 35°C. Já a sexta-feira (5) deve ser mais quente, com temperaturas entre 24°C e 36°C.

Em Chapada dos Guimarães (67 km ao Norte), as temperaturas variam entre 12°C e 30°C no decorrer da semana.

Em Cáceres (225 km a Oeste), os termômetros marcam entre 14°C e 35°C nos próximos dias.

A previsão aponta variação de temperatura entre 14°C e 33°C para Sinop (500 km a Norte).

O Centro de Previsão do Tempo aposta mínima de 14°C e máxima de 35°C para a semana em Rondonópolis (215 km ao Sul).

Leia mais:  Comissão de Saúde discute processo de regulação em Mato Grosso

Não chove nos próximos dias e o Cptec tem alerta de baixa umidade para dezenas de cidades.

Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana