conecte-se conosco


Política

Max Russi e prefeito buscam soluções para saúde e habitação de Barra do Garças

Publicado

Caixa alega mudança de governo e garante retomada das obras de casas populares

Foto: Marcos Lopes

O primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, o deputado Max Russi, e o prefeito de Barra do Garças, Roberto Farias, cumpriram agenda nessa quinta-feira (14) no governo do estado e na Superintendência  da Caixa Econômica Federal de Mato Grosso. Nas pautas, foram apresentadas reivindicações quanto a crise na saúde municipal e a busca da retomada das obras de 1500 casas populares, paralisadas desde 2014.

A interrupção dos repasses ao hospital regional da cidade, desde o ano passado, por parte do Executivo Estadual, tem gerado dificuldades a gestão. Russi e Farias cobraram soluções ao governador Mauro Mendes, que assegurou regulamentar a aplicação do aporte mensal e procurar medidas para sanar a dívida com o município, que ultrapassa R$ 14 milhões.

"Na data de ontem nós fizemos o pagamento de R$ 800 mil reais. É pouco ainda, frente as dificuldades e frente principalmente a dívida, que o estado tem com Barra do Garças. Mas nós iremos, nos próximos meses, manter essa regularidade de pagar todo mês uma parcela, daquilo que é devido pelo estado e, na seqüência, encontrarmos os mecanismos e o recurso, para que possamos então fazer a regularização dessa dívida, que o estado tem com Barra do Garças e com todos os municípios", garantiu o governador.

Leia mais:  Vereador Dr. Xavier reforça solicitação na Secretaria de Obras para atender Barra do Pari

Essa declaração levou certo alívio ao prefeito Roberto Farias, que está otimista."Eu , como prefeito, e a Câmara de vereadores, daremos esse voto de confiança ao governador", afirmou.

Para o deputado Max Russi, a atenção do governo do estado as questões apresentadas pelos municípios é fundamental para o que as demandas sejam efetivamente resolvidas. Ele avaliou a reunião como positiva. "O pagamento de parte dessa dívida não resolve os problemas, mas ameniza e facilita para o que prefeito Roberto possa estar tocando os trabalhos no município", ponderou.

Conforme dados da Secretaria Municipal de Barra do Garças, no Hospital Regional são atendidos 8 municípios, que estão pactuados. Só para se ter uma idéia, no ano passado a unidade registrou 13.822 internações, 2.571 cirurgias, 50.989 exames laboratoriais, 6.014 raios-x, 1.440 partos, 2.520 ultrassonografias e 1.532 eletrocardiogramas.

Casas Populares

A outra agenda cumprida foi na Superintendência da Caixa Econômica Federal de Mato Grosso. As cobranças do prefeito Roberto Farias, intermediadas pelo deputado Max Russi, são para uma maior agilidade na conclusão das 1500 casas do Residencial Carvalho I, II e III.

Leia mais:  Secretários garantem asfalto e regularização fundiária em alguns Bairros de Cuiabá

Essas obras foram paralisadas em 2014, retomadas posteriormente e, conforme  o chefe do Executivo Municipal, enfrentam morosidade para uma finalização. "Novamente deu um estabilizada", alegou.

Segundo o prefeito a Caixa Econômica declarou uma naturalidade nessa paralisação, devido a mudança do governo federal. "Dentro do cronograma da Caixa até setembro de 2019 será entregue, mas pode haver um atraso, devido a esse ajuste técnico. ", argumentou.

O deputado Max Russi considerou o encontro como produtivo e assegura que vai acompanhar todo o processo. "São pessoas que necessitam, famílias que precisam, que estão cobrando que cobram do agente político local. Estaremos buscando as respostas definitivas desses encaminhamentos", garantiu.

Fonte: ALMT
Comentários Facebook
publicidade

Política

Saad emplaca três projetos de lei na sessão desta quinta (23)

Publicado

por

style”font-family: arial, helvetica, sans-serif font-size: 13px”>Três projetos de autoria do vereador Ricardo Saad (PSDB) foram apreciados durante a sessão plenária desta quinta-feira (23). Destes, dois já passaram pela fase de parecer e entraram em primeira votação.
Trata-se da matéria que institui no município de Cuiabá a Semana de Atenção da Pessoa com Diabetes, a ser comemorado anualmente na semana que incluir o dia 14 de Novembro, data em que é comemorado o Dia Mundial do Diabetes.
A intenção do parlamentar é alertar a população cuiabana quanto à importância de prevenção da doença, bem como de seu diagnóstico precoce.
Para tanto, a proposta é intensificar nesta semana ações como divulgação dos principais sintomas e as unidades de tratamento que atendam por meio do Sistema Único de Saúde, promover debates sobre o tratamento e a importância do diagnóstico precoce, e ainda estimular os cidadãos cuiabanos a realizarem exames específicos periódicos voltados para o diagnóstico do Diabetes.
“Precisamos chamar a atenção da população para a importância da prevenção e também diagnóstico precoce do diabetes. Então, a relevância e pertinência desta lei estão justificadas na importância da atenção aos primeiros sintomas do diabetes para o sucesso do seu tratamento”, enfatizou Saad.
A outra proposta, inclui no calendário oficial de eventos do município a caminhada pelo fim da violência contra a mulher, a ser realizada na primeira semana do mês de maio.
“Se faz necessário tornar oficial a proposta de uma caminhada em prol de divulgar e provocar a sociedade pra mobilizar e se envolver para combater a violência contra a mulher brasileira. Diga de passagem que a “Caminhada pelo fim da Violência contra a Mulher”, já e uma realidade e vem sendo realizada com apoio de muitas frentes de combate contra a violência da mulher, restando ser incluída no calendário oficial do município”, explicou.
Ambas propostas foram aprovadas por unanimidade. Elas retornam a pauta de votação na próxima semana para votação final. Após isso, elas são encaminhadas para sanção do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB).
Ainda passou por votação na sessão desta terça (23) o parecer da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) acerca do projeto de lei que institui a semana de conscientização, prevenção e combate a Sepse no município.
A Sepse é um conjunto de manifestações graves em todo o organismo produzidas por uma infecção. Antigamente ela era conhecida como septicemia ou infecção no sangue. Hoje é mais conhecida como infecção generalizada.

Kamila Arruda | Câmara Municipal de Cuiabá

Leia mais:  Vereador Julio Pinheiro é homenageado pela Câmara

Imprimir Voltar Compartilhar:  

Fonte: Câmara de Cuiabá
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana