conecte-se conosco


Mato Grosso

Mauro Mendes prevê queda de 30% na arrecadação e admite atrasar salários

Publicado

O governador Mauro Mendes (DEM) admitiu  que é provável um atraso no pagamento dos servidores públicos do Estado no mês de abril por força da baixa na arrecadação trazida pela redução das atividades econômicas e no recolhimento dos impostos entre “20% e 30% no fim deste mês”.

“Tomara que isso não aconteça, mas essa é a previsão.

Olha a quantidade de carro que tá andando na rua. Se vai andar menos carro, vai entrar menos dinheiro do ICMS do combustível; se as empresas param, há menos energia elétrica, e isso significa novamente menos ICMS desse setor.

Sem dinheiro, como é que a gente paga em dia?”, argumentou.

O chefe do Executivo afirmou ainda que o mesmo vale para a iniciativa privada e seus trabalhadores e por isso pediu compreensão aos público, lembrando que a dificuldade do momento é para todos, em especial aos autônomos, garçons e diaristas, por exemplo, que vão provavelmente viver dificuldades ainda maiores.

“A minha vontade é pagar todo mundo, minha vontade é liberar todo mundo de pagar ICMS, agora, como vou pagar salário se não entra dinheiro no Estado?

Leia mais:  Cuiabá e Várzea Grande reduzem números de homicídios, roubos e furtos

Meu desejo é pagar todo mundo, vamos torcer para que o dinheiro que entra no governo permita isso”, resumiu.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Na disputa pela prefeitura em Pontal do Araguaia Adelcino é o mais rico, Leandro tem ensino superior e Pastor não tem bens

Publicado

O pequeno Município de Pontal do Araguaia, localizado a 500 quilômetros de Cuiabá, fica entre as cidades de Barra do Garças – MT e Aragarças em Goiás. Possui cerca de sete mil moradores entre a zona Urbana e Rural e 4.947 eleitores que devem comparecer às urnas nas eleições  deste 15 de setembro. As eleições que acontecem sempre em outubro teve seu calendário alterado devido a Pandemia do Covid-19.

Até agora três candidaturas foram registradas no Tribunal Eleitoral. Adelcino Francisco (MDB), Leandro Cardoso (PSB) e o Pastor Júnior do PSL.

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral que divulga as candidaturas e patrimônios declarados pelos candidatos junto a Justiça Eleitoral Adelcino Francisco Lopo (MDB), da coligação “Pontal do Araguaia rumo ao novo tempo” é o mais rico. Entre terrenos, lotes urbanos e rurais, e conta corrente ele declarou  2.042.839.64 milhões. Adelcino tem ensino médio.

O segundo candidato com maior bem declarado é o atual presidente da câmara Leandro Cardoso (PSB), da coligação “Avança Pontal”  ele declarou ao TRE possuir uma casa no residencial Araguaia Center adquirido pelo programa Minha casa minha vida no valor de 250,000,00, entre quotas de capital empresa futura c f c veículos, e saldo em conta bancária foi declarado, 308,170,51 mil.  Leandro Cardoso tem Ensino Superior.

Leia mais:  Agentes apreendem 171 celulares e cadernos com anotações de crimes

Já o terceiro a declarar  foi o Pastor Jair Junior (PSL) o partido não coligou com nenhum partido e segue isolado na disputa. Pastor Jair declarou a Tribunal Eleitoral que não possui bens.  Pastor Jair Junior, tem ensino médio incompleto.

 

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana