conecte-se conosco


Educação

Matrículas web para unidades da rede estadual começam na terça-feira (07)

Publicado

O processo de matrícula web ocorrerá, exclusivamente, nas unidades escolares que terão as matrículas solicitadas pela internet

O período de matrículas web nas unidades educacionais da rede estadual de Mato Grosso para alunos novos começa na próxima terça-feira (07.01). As matrículas web, bem como o cadastro de usuário, devem ser feitas no site da Seduc.

Conforme a Portaria N° 794/2019, publicada no Diário Oficial do Estado, as matrículas para as duas creches estaduais serão no dia 07 de janeiro. De 09 a 13 de janeiro serão as matrículas para as unidades escolares que iniciarão o ano letivo em 10 de fevereiro de 2020; e de 03 a 09 de março, para as escolas que iniciarão o ano letivo em 23 de março de 2020.

O processo de matrícula web ocorrerá, exclusivamente, nas unidades escolares que terão as matrículas solicitadas pela internet. Confira aqui a relação das escolas que terão matrículas web.

Entende-se por alunos novos, aqueles que não constam na unidade escolar no término do ano letivo de 2019, como os que ingressarão na educação infantil, ensino fundamental e médio, os transferidos de qualquer rede de ensino, bem como os alunos que apresentam situação de desistente e abandono no sistema SigEduca, módulo Gestão Educacional (GED).

Leia mais:  Bolsonaro participa de formatura de sargentos no interior mineiro

Cadastro do Usuário

Antes de solicitar a matrícula web é preciso fazer o cadastro do usuário no site www.seduc.mt.gov.br. O cadastro é a primeira fase do processo para as matrículas web de alunos novos nas escolas estaduais. Ao fazer o cadastro, o sistema gerará o login e a senha de acesso do usuário, que deverá ser usado para fazer a matrícula.

O cadastro para matrículas nas creches poderá ser feito até o dia 07 de janeiro de 2020. Para as unidades escolares que iniciarão o ano letivo em 10 de fevereiro de 2020, o cadastro para matrículas poderá ser feito até 13 de janeiro e para as unidades que iniciarão o ano letivo em 23 de março o cadastro será até 09 de março.

A 2ª fase do processo compreende dois momentos simultâneos que é a solicitação de matrícula web, sendo que, ao confirmar a solicitação, o sistema emitirá uma ficha com as informações cadastradas. A segunda fase é a confirmação da solicitação de matrícula web, que será na unidade escolar, com data e horário de atendimento constante na ficha de solicitação. A matrícula só será efetivada quando validada pela unidade escolar.

Leia mais:  Com orçamento deficitário, Wilson Santos vota contra PLOA/2019

O horário de atendimento para confirmação da matrícula nas escolas que atendem nos três turnos será das 7h às 19h e nas que atendem dois turnos será das 7h às 18h30.

O aluno maior de idade ou o pai e responsável pelo aluno menor de idade deverá comparecer na unidade escolar de opção para confirmação da matrícula, munido dos documentos exigidos na portaria.

Renovação da Matrícula

A renovação de matrícula é a confirmação da continuidade dos alunos integrantes da escola para o ano letivo de 2020 e deverá ser efetivada na unidade escolar pelos pais ou responsáveis pelo aluno menor de idade ou pelo aluno maior de idade. Nas unidades que iniciarão o ano letivo em 10 de fevereiro a confirmação da matrícula foi realizada no período de 09 a 20 de dezembro. Já nas escolas que iniciarão o ano letivo no dia 23 de março de 2020, o período de rematrícula será entre 10 de janeiro e 01 de fevereiro de 2020.

 

Comentários Facebook
publicidade

Educação

Governador manda chamar professores interinos a partir do dia 14

Publicado

por

Prestes ao retorno das aulas na modalidade a distância, o governador Mauro Mendes (DEM) determinou que a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) proceda o chamamento dos professores interior a partir do dia 14 de julho. Os professores passarão por um processo de qualificação e os estudantes iniciam às aulas on-line no dia 3 de agosto.

 

Os professores interinos do Estado já fizeram o processo de contagem de pontos, mas a contratação de cerca de 1,4 mil profissionais foi interrompida por conta da pandemia do novo coronavírus, causador da covid-19.

 

As escolas que não ficaram em greve em 2019 já haviam iniciado o ano letivo de 2020, essas tiveram os interinos recontratados. Mas, as que ficaram em greve não começaram o ano letivo de 2020 e os profissionais não foram contratados. O governo passou a oferecer estudo com base em apostilas, e aula por televisão, somente uma vez por semana e com foco voltado ao Enem.

 

Em mensagem aos professores, o governador disse que um plano está sendo finalizado pela Seduc para retorno das atividades, mas só será colocado em prática depois de ouvir a Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM) e os interessados no tema. Na Assembleia Legislativa uma comissão debate o assunto.

Leia mais:  Bussiki promete fiscalizar implantação de hospital materno-infantil em Cuiabá

 

“O planejamento da Seduc neste momento é reiniciar às aulas, apenas on-line, no dia 3 de agosto. Porque elas poderão ser contabilizadas no calendário escolar deste ano e nós vamos começar a contratar no dia 14 deste mês os professores contratados que poderão compor a grade curricular e a grade necessária para os alunos”, disse.

 

Mauro reforçou que os profissionais irão passar por um processo de qualificação e também os professores efetivos antes do retorno das atividades.

 

O governo ainda não detalhou o plano de retorno das atividades. Aulas on-line já são realidade no setor privado, mas no Brasil todo as escolas públicas ainda estão com dificuldade.

 

A situação em Mato Grosso se agrava já que o estado registra um dos maiores crescimento dos casos de infecção pelo novo coronavírus no Brasil, outro limitador é quanto a internet. O serviço não é ofertado com qualidade na maioria dos municípios do estado.

Por: gazetadigital

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana