conecte-se conosco


Mato Grosso

Mato Grosso realiza visita técnica à Rondônia para promover a cultura do café

Publicado

Gestores e técnicos ligados à cadeia produtiva do café participam nesta quarta-feira (15.05) em Porto Velho (RO) do intercâmbio promovido entre os estados para a revitalização da cultura cafeeira. A equipe pretende buscar informações e oficializar parcerias para o fomento da cadeia em Mato Grosso. Rondônia é o quinto maior produtor de café do país e está entre os três maiores estados produtores da espécie Coffea Canephora.

A iniciativa do encontro é da Secretaria de Agricultura Familiar de Mato Grosso (Seaf) e Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), em parceria com a Secretaria de Agricultura de Rondônia (Seagri), Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia (Emater-RO) e Embrapa Rondônia – referência em pesquisa e geração de tecnologia para a cafeicultura. 

A cultura do café vem passando por transformações positivas nos últimos anos no Estado em função da adoção de novas tecnologias de cultivo, principalmente pela utilização de mudas clonais e práticas adequadas de manejo.

De acordo com o Secretário de Estado de Agricultura Familiar, Silvano Amaral, que participa da visita à Rondônia, além das informações técnicas para o incremento das lavouras, Mato Grosso também irá priorizar a capacitação de técnicos em novas tecnologias e o repasse de orientações aos produtores. 

Leia mais:  MPMT recomenda anulação de decreto que suspendeu funcionamento do Procon em Mirassol D´Oeste

“O Governo de Mato Grosso, por meio da Seaf e Empaer, não medirá esforços para expandir a cultura do café pelas demais regiões do estado, assegurando competitividade à nossa produção, não apenas com o aumento na oferta do grão, mas em qualidade e tecnologia. A garantia de aumento na renda do pequeno produtor é outro dos nossos objetivos, senão o principal”, concluiu Silvano.     

Câmara setorial 

Entre as decisões para alavancar a cafeicultura em Mato Grosso, será proposta ao Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável (CEDRS) a criação da Câmara Setorial do Café. Na visita, o secretário Silvano Amaral deve oficializar o convite para que a Embrapa Rondônia integre a Câmara.  

As Câmaras Setoriais são importantes ferramentas para a discussão dos diversos elos da cadeia produtiva, reunindo entidades representativas de produtores, instituições governamentais, terceiro setor, iniciativa privada e outros parceiros do segmento.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

MT registra mais 168 casos de covid-19 em 24h; 67 estão em estado grave

Publicado

por

De acordo com o Boletim Informativo da SES, 1.140 pacientes estão em isolamento domiciliar, 121 hospitalizados e 601 já estão recuperados

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) notificou, até a tarde desta quarta-feira (27), 1.909 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 47 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado. As últimas quatro mortes confirmadas envolveram residentes de Cuiabá, Alto Araguaia, Rondonópolis e Alta Floresta.

Dentre os 20 municípios com maior número de casos de coronavírus estão: Cuiabá (612), Várzea Grande (192), Rondonópolis (148), Tangará da Serra (84), Primavera do Leste (84), Barra do Garças (67), Lucas do Rio Verde (59), Confresa (49), Sorriso (49), Sinop (43), Rosário Oeste (38), Jaciara (34), Alta Floresta (32), Peixoto de Azevedo (25), Nova Mutum (24), Campo Verde (23), Cáceres (22), Pontes e Lacerda (22), Querência (15) e Mirassol D’Oeste (12).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada no Boletim anexado à essa matéria.

Nas últimas 24 horas, surgiram 168 novas confirmações em Acorizal (5), Alta Floresta (13), Alto Araguaia (1), Cáceres (1), Campo Verde (8), Canarana (1), Confresa (2), Cuiabá (49), Denise (1), Guiratinga (1), Ipiranga do Norte (1), Jaciara (4), Jangada (2), Juara (1), Juína (1), Lucas do Rio Verde (11), Mirassol D’Oeste (2), Nova Guarita (3), Nova Mutum (3), Nova Ubiratã (1), Pedra Preta (2), Pontes e Lacerda (3), Primavera do Leste (3), Rondonópolis (12), Rosário Oeste (1), São Pedro da Cipa (1), Sapezal (3), Sinop (7), Sorriso (8), Tangará da Serra (2), Várzea Grande (14) e municípios de outros estados (1).

Leia mais:  Atividades do Rede Cidadã contemplam mais de 9 mil alunos em vulnerabilidade social

O setor técnico ainda informou que foram corrigidos três casos de duplicação em Cuiabá (1), Campo Verde (1) e Nobres (1).

Dos 1.909 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 1.140 estão em isolamento domiciliar e 601 estão recuperados. Há ainda 121 pacientes hospitalizados, sendo 67 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 54 em enfermaria.

No boletim, a SES também divulga que a rede do Sistema Único de Saúde (SUS) dispõe, atualmente, de 258 leitos de UTI e 864 leitos de enfermaria especificamente para pacientes com coronavírus no Estado.

Considerando o número total de casos em Mato Grosso, 49,9% dos diagnosticados são do sexo feminino e 50,1% masculino; além disso, 557 pacientes têm faixa-etária entre 31 a 40 anos. O documento ainda aponta que um total de 6.407 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 294 amostras em análise laboratorial.

Os pacientes são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios. Mais informações estão detalhadas na Nota Informativa divulgada diariamente pela SES disponível neste link, a partir das 17h.

Leia mais:  Mato Grosso Saúde alerta que glaucoma pode levar à cegueira

Cenário nacional

Nesta quarta-feira (27), o Governo Federal confirmou 411.821 casos da Covid-19 no Brasil e 25.598 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, divulgado pelo Ministério da Saúde, o país contabilizava 24.512 mortes e 391.222 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;
– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;
– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Por: repórterMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana